Por: SentiLecto

Mário Semedo considera que este acontecimento significa «uma chance de mostrar habilidade de organização dentro de uma estratégia de atrair para Cabo Verde os acontecimentos esportivos»Cabo Verde receberá a partir de sexta-feira Mário Semedo é presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol., e pela primeira vez, a Assembleia Geral da União das Federações Oeste Africana de futebol , um acontecimento visto como chance para promover o país.Pela primeira vez, Cabo Verde será o palco da Assembleia Geral Ordinária dessa organização regional de futebol, que vai contar ainda com a presença de todos os presidentes das federações esportivas, nomeadamente Mali, Mauritânia, Senegal, Gâmbia, Guiné-Bissau, Guiné Conacri, Libéria e Serra Leoa.Para o presidente da Federação Cabo-verdiana de Futebol , Mário Semedo, a organização da reunião «significa muita coisa» para Cabo Verde, a iniciar pelo renome para o país, para o futebol e para a federação.»E também significa uma chance de mostrar a nossa habilidade de organização e dentro de uma estratégia de atrair para Cabo Verde os acontecimentos esportivos», destacou o líder federativo, em declarações à agência Lusa.Segundo Mário Semedo, Cabo Verde vai «ganhar tudo» com o acontecimento, começando imediatamente com a economia, os negócios de hotéis, empresas alugueres de viaturas e restaurantes. Mostrou: «Tudo isso são ganhos, as pessoas vêm e há alguma movimentação».Do ponto de vista esportivo, o presidente declarou que a FCF procurará nessa reunião trazer no futuro alguma prova da Confederação Africana da Futebol para o país, mas sem especificar qual e quando. «Também ganhamos em termos de imagem. Isso tudo são ganhos que no futuro vão ter os seus resultados», projetou Mário Semedo.O líder máximo do futebol em Cabo Verde garantiu que todas as medidas sanitárias «serão levadas rigorosamente em consideração» para evitar o contágio pelo novo coronavírus.Para além dos presidentes e respetivos secretários-gerais, estão também confirmadas as presenças na Assembleia Geral do presidente interino da CAF, Oumari Constant, e o diretor de Desenvolvimento da FIFA, Verón Mosengo.o presidente de a federação de a Guiné Conacri preside em este momento A Ufoa , Antoine Souare, e o diretor executivo é o de Cabo Verde Gerson Melo.Da agenda de trabalho da reunião, que conclui no sábado, consta a aprovação da ata da última Assembleia Geral e da verba de funcionamento para 2021, a apreciação do relatório de atividades de 2020, do plano estratégico 2020/2023 e o programa de atividades para 2021.A Assembleia Geral da UFOA ocorre num momento em que as competições estão paradas há quase um ano em Cabo Verde, por causa da pandemia do novo coronavírus, com Mário Semedo a alegar à Lusa que o futebol está a preparar-se para a rrecomeça tendo em conta os parâmetros definidos à nível sanitário.O dirigente federativo disse que cada região desportiva está a fazer a sua apreciação da situação atual, para ver as que têm possibilidade ou não de retoma das competições.»Apoiaremos os clubes e as associações que têm condições de recomeça», garantiu Mário Semedo, reconhecendo os conseqüência e perdas da pandemia no futebol, mas destacando que todos estão bastante mais preparados e que o importante é prevenir.

Federação decidiu abandonar a competição no Egito depois de casos positivos que obrigaram ao cancelamento do jogo com a AlemanhaA seleção de andebol de Cabo Verde retirou-se do Mundial de 2021, após já ter faltado ao jogo com a Alemanha, no domingo, devido à existência de vários casos positivos ao novo coronavírus, anunciou a federação internacional.»Cabo Verde informou, oficialmente, a Federação Internacional de Andebol que desiste do acontecimento. A IHF aceitou a desistência, que salvaguarda a saúde de todos os participantes do Mundial», mencionou o organismo regulador da modalidade, em comunicado.Uma vez que a seleção de Afragola não dispunha do número mínimo de 10 jogadores para começar o encontro, a IHF anunciou no domingo o cancelamento do jogo entre Alemanha e Cabo Verde, que disputava pela primeira vez o campeonato do mundo , depois de ter perdido na estreia, com a Hungria, por 34-27.Cabo Verde, que viajou com somente 11 jogadores para o Egito, palco do período final do torneio, faltou à partida da segunda jornada do Grupo A, depois de terem sido detetados mais dois casos positivos ao novo coronavírus, que deixaram a seleção com asomentenove adesportistasdisponíveis.Tal como vai ocorrer na partida da última ronda do Grupo A, a IHF atribuiu derrota por 10-0 a Cabo Verde no jogo com a formação germânica , com o Uruguai, calculada para terça-feira, e em todas as referentes à Taça Presidente, destinada aos últimos classificados dos grupos daofperíodopreliminar.Nélson Jesus explicou, em comunicado mandado na Lusa, que se confrontou a seleção nacional, a o entrar em o Egito, quatro desportistas que tinham em 13 de janeiro, com o facto de que quatro desportistas que tinham estado infetados durante o estágio em Portugal e que «recuperaram» da enfermidade, «voltaram a acusar positivo na despistagem feita, no local da competição, pela organização do acontecimento». Nélson Jesus é o presidente da Federação Cabo-verdiana de Andebol.submeteu-se toda a séquito o dia seguinte, a novos testes e, enquanto aguardava por os resultados, foi autorizada a realizar um treino restrito.Faz 6 dias, os resultados de as autoridades de saúde locais não exibiram qualquer caso positivo, pelo que a equipa cabo-verdiana, composta por 11 jogadores, teve autorização para sair de o hotel local de o primeiro jogo de a competição, com a Hungria. para o, em 15 de janeiro local do primeiro jogo da competição, com a Hungria.submeteu-se os 11 jogadores segundo Nélson Jesus, em o final de a partida de estreia, a novo teste de desnudaste.O dirigente observou: «E destes testes surgiram, inexplicavelmente, mais dois casos positivos, diminuindo a seleção nacional para nove elementos, que contraria a norma da competição, permite-se nenhuma equipa onde comparecer em o terreno de o jogo, com menos de 10 elementos, no terreno do jogo, com menos de 10 elementos».Nélson Jesus mencionou que a participação de Cabo Verde no Mundial «não ficaria colocada em causa» e que a federação tinha providenciado a partida para o Egito «o mais breve possível», para integração na equipa principal, de «mais quatro desportistas de andebol vindos desde Cabo Verde e Portugal.»

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Senegal, Mauritania, Liberia, Guinea-Bissau, Gambia, Cape Verde

Cities: Bissau

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Cabo Verde recebe pela primeira vez Assembleia da UFOA e deseja coordenar provas da CAF
>>>>>Acabou o sonho de Cabo Verde: desiste do Mundial devido à covid-19 – January 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mundial de andebol: Resultados, classificações e calendário de jogos – January 16, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Mais três casos positivos de covid-19 no FC Porto – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Favoritos confirmam passagem à fase principal do Mundial – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Cabo_Verde 0 0 PLACE 12 Cabo_Verde: 11, a Cabo_Verde: 1
2 da Assembleia União das Federações Oeste Africana 0 0 PERSON 7 a (referent: A Assembleia_Geral_da_UFOA): 1, a Assembleia_Geral de o presidente interino de a CAF: 1, A Assembleia_Geral_da_UFOA: 1, a Assembleia_Geral_da_União_das_Federações_Oeste_Africana de futebol: 1, (tacit) ele/ela (referent: A Assembleia_Geral_da_UFOA): 3
3 IHF 0 60 ORGANIZATION 5 A IHF: 3, (tacit) ele/ela (referent: A IHF): 2
4 Nélson Jesus 40 50 PERSON 4 Nélson_Jesus: 2, (tacit) ele/ela (referent: Nélson_Jesus): 1, Nélson_Jesus (apposition: O presidente de a Federação_Cabo-verdiana_de_Andebol): 1
5 seleção 0 35 NONE 4 a seleção africana: 1, a seleção nacional: 2, a seleção: 1
6 Mário Semedo 0 0 PERSON 4 Mário_Semedo: 3, Mário_Semedo (apposition: presidente de a Federação_Cabo-verdiana_de_Futebol): 1
7 jogadores 0 40 NONE 3 11 jogadores: 2, os 11 jogadores: 1
8 oportunidade 105 0 NONE 3 uma oportunidade: 2, oportunidade: 1
9 equipa 50 0 NONE 3 a equipa principal: 1, a equipa cabo-verdiana: 1, nenhuma equipa: 1
10 evento 0 0 NONE 3 um evento visto: 1, o evento: 1, este evento: 1