Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Canoe Moscow 2016 – VC – K1 Men 1000m – Fernando Pimenta

A dupla de Portugal completou a prova em 39,47 segundosAs canoístas Teresa Portela e Joana Vasconcelos conquistaram este domingo a medalha de bronze na prova de K2 200 da Taça do Mundo da Hungria, o segundo pódio garantido por Portugal em Szeged.A dupla de Portugal completou a prova em 39,47 segundos, ficando a 64 centésimas de segundo das eslovenas Janic Ponomarenko e Anja Osterman, que bateram as ucranianas Mariia Kichasova e Liudmyla Kuklinovska por 34 centésimos.Esta medalha, em distância não olímpica, segue-se à de bronze em K1 1.000 obtida no sábado por Fernando Pimenta, que hoje é candidato ao pódio em K1 5.000.Esta manhã, Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela disputam a final dos olímpicos K4 500.

Fernando Pimenta, Emanuel Silva e Teresa Portela, que tem novo treinador, são alguns dos canoístas que se preparam na no combate hungarazinha, na Taça do Mundo, para «o grande combate»Os seis canoístas de Portugal já apurados nas regatas em linha para Tóquio’2020 disputarão a Taça do Mundo, em Szeged, na Hungria, e os Europeus exclusivamente com o foco nos Jogos Olímpicos, relativizando estes resultados intermédios.»Só penso na preparação para os Jogos Olímpicos. Estas competições são importantes para avaliar o trabalho que estamos a fazer. O objetivo é dar o meu melhor, fazer uma avaliação e tirar as melhores ilações possíveis. E depois trabalhar para o Europeu e Jogos Olímpicos», reconheceu Fernando Pimenta, que compete em K1 1.000 metros.Também em declarações à Lusa, Emanuel Silva garante que o K4 500 metros, no qual tem como parceiros João Ribeiro, David Varela e Messias Baptista, está «bem preparado física e psicologicamente» e que as próximas provas são meras «‘bcombates para chegar à grande «gucombatee não vacilar», para que não haja dúvidas de que em Tóquio’2020 «Portugal vai ancaminhará na frente».O seu colega David Varela também está focado no Japão, contudo afiança que o quarteto «gosta de competir e de ganhar»: «Viemos com o objetivo de ver como nos encontramos. O objetivo são os Jogos Olímpicos, mas, se pudermos sair daqui com um bom resultado, para nós seria mais um passo para o nosso principal objetivo».Já Teresa Portela, que é talento do K1 200, o espanhol Daniel Brage com quem começou a trabalhar após os Mundiais de agosto de 2019 e que jamais a orientou em competição, pelo facto de a pandemia da covid-19 ter invalidado o calendário internacional. O espanhol Daniel Brage é seu novo treinador. O espanhol Daniel Brage é seu novo treinador.»É a primeira vez que me verá a competir a nível internacional enquanto treino com ele. Avaliará e conhecer-me melhor. Tiraremos dados importantes para os Jogos Olímpicos», defendeu a desportista, que neste fase se tem preparado com a sua homónima e melhor canoísta de Espanha.Quanto a lugares no pódio, Fernando Pimenta realça o «leque bastante grande de desportistas a combater pelas medalhas» e lembra que há vários que assinalaram o pico de maneira para esta Taça do Mundo, na qual podem conquistar as vagas das quotas olímpicas dos respetivos países.»Estão com uma motivação ainda maior. Afirmar-se e mostrar potencial para serem uma aposta», justificou o medalha de prata em K2 1.000 em Londres’2012.Neste longo fase sem competição — desde agosto de 2019 realizou somente uma regata, também em Szeged, tendo então vencido a única Taça do Mundo de 2020 -, começou a experienciar a paternidade.»Auxiliou-me, com certeza, a ter ainda mais responsabilidade no que faço e uma maior motivação», completou.Estas três tripulações com lugar garantido em Tóquio’2020 começam na sexta-feira a participação na Taça do Mundo, que decorre até domingo, logo após as qualificações para o Japão que concluem hoje em Szeged.No total, Portugal participa com 20 canoístas — quatro deles em paracanoagem — num total de 19 tripulações.Portugal apurou ainda Antoine Launay no slalom e Norberto Mourão na paracanoagem, que hoje garantiu uma segunda vaga nos Jogos Paralímpicos, cujo titular vai ficar decidido entre Alex Santos e Floriano Jesus , no sábado, na final da Taça do Mundo.O português renunciou da Taça do Mundo de canoagem devido a uma tendinite no ombro esquerdo.Kevin Santos renunciou da Taça do Mundo de canoagem, em Szeged, na Hungria, devido a uma tendinite no ombro esquerdo, para não agravar a lesão antes da derradeira chance de qualificação olímpica em K1 200 metros.O canoísta de Lusaka participou na terceira eliminatória, apurando-se para a semifinal, porém, rostito às queixas no fim da regata, pdivididascom a equipa médica da Federação Portuguesa de Canoagem, a oalternativarecaiu na não cpermanênciaem prova.Kevin Santos e Joana Vasconcelos, neste caso em K1 500, vão dispor na próxima semana da última chance para chegar a Tóquio2020, precisando vencer a II Taça do Mundo, em Barnaul, na Rússia, a 3.600 quilómetros a este de Moscovo.Fernando Pimenta em K1 1.000, Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela em K4 500 e Teresa Portela em K1 200 constituem a equipa já assegurada pela canoagem de velocidade para Tóquio2020, tal como Antoine Launay no slalom e Norberto Mourão nos Jogos Paralímpicos, nos quais Alex Santos e Floriano Jesus decidem no sábado, entre si, na final de KL1, quem vai representar o país nesta categoria.Durant a manhã de hoje, as 11 tripulações da seleção de Portugal em ação apuraram-se para as semifinais, à exceção da jovem Inês Penetra com o nono e último lugar na sua série de C1 200.Realce ainda para Noberto Mourão que, na canoagem ajustada, conquistou a medalha de prata em KL2.Durante a tarde de hoje vão ser disputadas mais eliminatórias e algumas meias-finais.Pimenta vai disputar a regata das medalhas no sábado às 11h00, horas de Lisboa, largando na pista sete e com o quarto melhor tempo entre os finalistas.O canoísta Fernando Pimenta apurou-se esta sexta-feira para a final da prova de K1 1000 da Taça do Mundo da Hungria, no arranque de uma competição em que quase todos os portugueses se qualificarem para as meias-finais.Pimenta liderou quase toda a prova, contudo, em o último quarto pelo também campeão do mundo Josef Dostal,, se o ultrapassou com a qualificação a ser garantida por os três primeiros que se impôs em 3.40,30, menos 11 centésimos do que o português, logo seguido por outro checo, Jakub Spicar.Pimenta vai disputar a regata das medalhas no sábado às 11h00, horas de Lisboa, largando na pista sete e com o quarto melhor tempo entre os finalistas.Teresa Portela progrediu para as meias-finais de K1 200, tal como Francisca Laia, que lhe tinha disputado, sem êxito, a quota neste barquinho para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, com as duas canoístas a tentarem no sábado de manhã um lugar na final.Quando no Mundial conquistaram um lugar nos Jogos, no sábado entra em pista o K4 500 composto por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela na sua primeira prova desde agosto de 2019, precisamente em Szeged.Entretanto, hoje, João Ribeiro e Messias Baptista uniram-se num K2 500 que venceu, rotundamente, a sua eliminatória.Kevin Santos, que para a semana, na Rússia, tentará a última vaga olímpica em K1 200, renunciou de continuar em prova, depois de seguir para a meia-final, devido a uma tendinite no ombro esquerdo.se tomou essa alternativa em conjunto com a equipa médica e técnica de a federação, para proteger o canoísta.Na canoagem ajustada, Norberto Mourão, já com presença assegurada nos Jogos Paralímpicos, conquistou a medalha de prata em VL2.No sábado, Alex Santos e Floriano Jesus vão discutir entre si, na final de KL1, a vaga nesta categoria em Tóquio2020.Programa dos portugueses para sábado :- Meias-finais:08:20 C1 200 Beatriz Lamas.08:24 K1 200 Teresa Portela.08:32 K1 200 Francisca Laia.08:36 K2 500 Rúben Boas/João Pereira.08:46 K2 500 João Ribeiro/Messias Baptista.08:56 C2 500 Marco Apura/Bruno Afonso.14:00 C2 500 Inês Penetra/Beatriz Lamas.14:24 K1 500 Joana Vasconcelos.14:30 K2 1000 Ruben Boas/João Pereira.14:44 C2 1000 Marco Apura/Bruno Afonso- Eliminatórias:15:35 K2 200 Teresa Portela/Joana Vasconcelos.15:45 C2 200 Inês Penetra/Beatriz Lamas.16:40 K4 500 Emanuel Silva/João Ribeiro/Messias Baptista/David Varela.ParacanoagemFinal:09:05 KL1 Alex Santos e Floriano Jesus.Final B:15:10 KL2 Hugo Costa.

Na sexta-feira 23 de abril Teresa Portela venceu a seletiva portuguesa em Montemor-o-Velho.A canoísta Teresa Portela confirmou a presença na competição de K1 200 metros nos Jogos Olímpicos de Tóquio, ao vencer a seletiva portuguesa, em Montemor-o-Velho.Faz 2 anos, Teresa Portela, que tinha assegurado a vaga de Lusaka em a distância em Szeged, em a Hungria, onde foi oitava, estará por a quarta vez em os Jogos Olímpicos, depois de as presenças em Pequim ‘ 2008, Londres ‘ 2012 e Rio ‘ 2016.A canoísta do Benfica, de 33 anos, venceu a seletiva em 42,158 segundos, impondo-se a Francisca Laia e Joana Vasconcelos, que ficaram a 0,120 e 0,490 segundos, respetivamente.»Estou muito feliz», revelou Teresa Portela, citada pela Federação Portuguesa de Canoagem, lamentando a «espera horrorosa» pela confirmação da vaga olímpica: «Qualifiquei em agosto de 2019 e toda a gente achava que a Teresa ia aos Jogos Olímpicos, mas só que não estava, porque, na verdade, era uma vaga para o país».Nas três anteriores presenças olímpicas, Teresa Portela tem como melhor resultado o sexto lugar em K4 500 metros, em Londres’2012, quando foi oitava em K1 200 metros e 11.ª em K1 500 metros, distância em que concluiu nos 14.º e 11.º lugares em Pequim’2008 e no Rio’2016, respetivamente.»Estes últimos dias foram um stress, pois não sabia o que ia ocorrer e só pensava se iria, ou não, qualificar-me», referiu Teresa Portela, destacando a justiça nesta confirmação: » acreditava que tinha feito a parte mais difícil, que foi garantir a vaga no Mundial. achava que, também por isso, merecia esta vaga para Tóquio’2020″.Além de Teresa Portela, também Fernando Pimenta, em K1 1000 metros já tem presença assegurada em Tóquio’2020, num séquito da modalidade que contava ainda com as quotas garantidas em K4 500 metros, por Emanuel Silva, João Ribeiro, Messias Baptista e David Varela, e K1 slalom, por Antoine Launay.A seletiva realizada no Centro de Alto Rendimento de canoagem incluiu ainda outras oito provas, mas para obtenção de marcas para definição das convocatórias para a qualificação olímpica, em 12 e 13 de maio, e para a Taça do Mundo, entre 14 a 16 de maio, a disputar em Szeged.Em Montemor-o-Velho, Kevin Santos foi o mais rápido em K1 200 metros, com o tempo de 36,851 segundos, e Joana Vasconcelos em K1 500 metros, em 1.53,905 minutos. Enquanto Francisca Laia e Maria Rei deduziram a prova de K2 500 metros em 1.48,015, joão Cunha Pereira e Rúben Boas alcançaram o registo de 3.23,466 em K2 1000 metros.Nas canoas, Inês Penetra concluiu a prova de C1 200 metros em 52,483 segundos, e o de 2.06,421 minutos em C2 500 metros, fazendo equipa com Beatriz Lamas, enquanto Marco Apura e Bruno Afonso foram os mais rápidos em C2 1000 metros, com o registo de 03.42,774.Em C1 1000 metros, Hélder Silva deduziu a distância em 04.18,050 minutos.

Fernando Ismael Fernandes Pimenta GOIH • Gom é um canoísta de Portugal.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Portugal, Hungary

Cities: Szeged

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Canoístas Teresa Portela e Joana Vasconcelos bronze em K2 200 na Taça do Mundo
>>>>>Canoístas apurados já só têm olhos para os Jogos Olímpicos – (ojogo-pt)
>>>>>Kevin Santos abdica da prova de K1 200 metros da Taça do Mundo – (ojogo-pt)
>>>>>Fernando Pimenta na final de K1 1000 da Taça do Mundo da Hungria – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Teresa Portela 137 0 PERSON 17 (tacit) ele/ela (referent: Teresa_Portela): 4, Teresa_Portela: 9, 08:24 K1 200 Teresa_Portela: 1, A canoísta Teresa_Portela: 1, a (referent: Teresa_Portela): 2
2 Fernando Pimenta 35 0 PERSON 13 O canoísta Fernando_Pimenta: 1, Pimenta: 3, (tacit) ele/ela (referent: Fernando_Pimenta): 2, Fernando_Pimenta: 6, (tacit) ele (referent: Pimenta): 1
3 eu 0 0 NONE 11 (tacit) eu: 8, me: 3
4 a Taça_do_Mundo de canoagem 0 0 OTHER 10 (tacit) ele/ela (referent: a Taça_do_Mundo): 1, a Taça_do_Mundo de canoagem: 2, a única Taça_do_Mundo de 2020: 1, a Taça_do_Mundo: 5, esta Taça_do_Mundo: 1
5 metros 0 0 NONE 10 C1 1000 metros: 1, C2 1000 metros: 1, K1 1000 metros: 1, K1 1.000 metros: 1, K2 1000 metros: 1, K1 200 metros: 2, metros: 1, K4 500 metros: 2
6 Szeged 0 0 PLACE 7 Szeged: 7
7 Kevin Santos 80 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Kevin_Santos): 1, Kevin_Santos: 4
8 Jogos Olímpicos 40 0 ORGANIZATION 5 os Jogos_Olímpicos: 5
9 prova 0 0 NONE 5 a prova: 2, prova: 1, toda_a prova: 1, sua primeira prova: 1
10 vaga 0 0 NONE 5 esta vaga: 1, a vaga lusa: 1, uma segunda vaga: 1, a última vaga olímpica: 1, uma vaga: 1