Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – ACOLOP members

Comité Olímpico de Portugal pediu esclarecimentos sobre a chance de vacinação contra a covid-19 da missão de Portugal aos Jogos OlímpicosO Comité Olímpico de Portugal pediu esclarecimentos nMarta Temido sobre a chance de vacinação contra a ​​​​​​​covid-19 da missão de Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio’2020. Marta Temido é a ministra da Saúde.Em carta conduzida à ministra da Saúde, e devido ao facto de o plano de vacinação constituir parte do monopólio do Estado, o COP pede para ser elucidado sobre se é intenção do Governo português que a Missão de Portugal seja anteriormente vacinada antes da partida para o Japão», lê-se no comunicado do organismo.O COP «insiste junto do Governo no sentido de saber qual é a resolução», lembrando «as diligências anteriores que fez, até à data sem resposta positiva».Para o organismo, o esclarecimento sobre a eventual vacinação «é de suma protagonismo», nomeadamente em termos logísticos.Este contacto acontece um dia depois de o presidente do Comité Olímpico Internacional ter anunciado a compra de vacinas Sinovac, que a China disponibilizou para os esportista olímpicos e paralímpicos, e a doação de duas doses, por cada uma das doses para atletas.»Não se conhecem pormenores dos critérios de distribuição dessas vacinas, designadamente para os países em que a vacinação é um monopólio do Estado, mas admite-se que o objetivo seja o de permitir que países e continentes de menores recursos financeiros e logísticos sejam o os principais destinatários dessa vacinas», reconhece o COP.Faz 9 dias, já Tomas Bach tinha mandado uma carta a o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, para que influísse o Governo português para a vacinação de a Missão de Portugal, reiterando o pedido já feito por o COP em as autoridades de saúde e a o Governo.ntes, em 19 de fevereiro, o chefe de missão de Portugal a Tóquio’2020, Marco Alves, declarou ainda aguardar uma resposta sobre a chance de vacinar as cerca de duas centenas de pessoas da comitiva lusa, salientando que a abertura à proposta, «não sendo positiva, foi um abrir de porta», tendo sido pedido um número de pessoas que estaria envolvido.Faz 2 meses, o secretário-geral de o COP declarou em a Lusa que alevantou se a questão junto de a Direção-Geral da Saúde e de Francisco Ramos então coordenador de o plano de vacinação contra a covid-19, em 22 de janeiro entretanto trocado por Henrique Gouveia e Melo.Atualmente, Portugal conta com 38 vagas asseguradas nos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, que vão ser disputados entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, depois de terem sido protelados devido à pandemia de covid-19.

O presidente do Comité Olímpico de Portugal visitou a Seleção Nacional, em Rio Maior, onde esta satisfaz estágio com vista ao apuramento olímpicoO presidente do Comité Olímpico de Portugal declarou confiar na presença da seleção de andebol masculino nos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, para homenagear Alfredo Quintana.José Manuel Constantino visitou a equipa das quinas, no centro de estágios de Rio Maior, deixado à seleção lde Lusaka»duas pvocábulos: RAgradecimentoe confiança.O presidente do COP, em declarações à agência Lusa.A alegou: «Uma vocábulo de agradecimento ao mérito de resultados alcançados e este apuramento para o período final de apuramento para os Jogos Olímpicos e um vocábulo de confiança, na característica dos jogadores e da equipa técnica». seleção de Portugal disputará uma das duas vagas em disputa no Grupo 2 de qualificação europeia para Tóquio’2020, entre sexta-feira e domingo, frente a Tunísia, Croácia e França, na cidade francesa de Montpellier.Enquanto decorre o luto decretado pela Federação de Andebol de Portugal, portugal enfrentará esta competição , na sequência da morte do guarda-redes internacional de Portugal do FC Porto, em 26 de fevereiro.Constantino enfatizou: «Pese embora a circunstância de esta competição decorrer no clima que envolve a perda de um dos elementos mais expressivos da seleção nacional, estou seguro, estou certo, que tudo irão fazer para homenagear o andebol nacional, o mérito do trabalho já realizado, Portugal e, sobretudo, a memória de Alfredo Quintana».O presidente do COP via com muito bons olhos o apuramento inédito de uma seleção de Portugal de andebol para uns Jogos Olímpicos.»Cabia bastante bem [na missão de Portugal], está tudo preparado, contamos com eles, oxalá as coisas possam correr bem, mas sabemos que é difícil, porque estão em prova seleções que são presenças habituais em Jogos Olímpicos. Mas nós acreditamos na característica e no mérito da nossa seleção», rematou o dirigente olímpico.Em 5 meses, que foram protelados entre 23 de julho e 08 de agosto, decorrerem sem público estrangeiro, conforme noticiou hoje a agência noticiosa Kyodo News e outros órgãos de comunicação social japoneses, Constantino não se mostrou assombrado, relativamente em a chance de os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 para.Não está ainda decidido, mas todos os indicadores assinalam nesse sentido, atendendo às condições de segurança e proteção sanitária que é preciso garantir. Corresponde à expectativa que tínhamos em relação a essa matéria», senfatizouO, se se vier a confirmarficialmente, o COI conserva que «Se vai tomar a resolução sobre essa matéria em o fim de março», reiterada ainda na segunda-feira, pelo porta-voz Mark Adams, após nova reunião do Conselho Executivo em que o tema «não foi debatido».O acontecimento está agendado para decorrer de 23 de julho a 08 de agosto, com cerca de 900 mil bilhetes já vendidos fora do Japão, numa altura em que se espera que, até ao fim do mês, seja dada uma certeza definitiva sobre a sua realização, ou um cancelamento.Segundo os media japoneses, está marcada uma reunião entre COI, Governo do Japão, autarquia de Tóquio, Comité Organizador e o Comité Paralímpico Internacional para decidir sobre a viabilidade dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos e a presença de público, em caso afirmativo.

Na quarta-feira 03 de março Thomas Bach escreveu carta a Marcelo Rebelo de Sousa.O presidente do Comité Olímpico Internacional escreveu uma carta ao Presidente da República para que influa o Governo de Portugal na vacinação da Missão de Portugal aos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, revelou o Comité Olímpico de Portugal .Em comunicado, o COP deu conta de que Thomas Bach se conduziu a Marcelo Rebelo de Sousa «no sentido de requerer a sua ação junto do Governo, de modo a que a Missão Olímpica aos Jogos Olímpicos de Tóquio possa ser anteriormente vacinada contra a covid-19″.»Embora a vacinação não seja uma exigência obrigatória, o COI tem trabalhado em proximidade com os Comités Olímpicos Nacionais para que as suas equipas possam ser vacinadas, de acordo com as orientações e prioridades nacionais, antes de viajarem para Tóquio, pelava que Thomas Bach sublinhava tratar-se de uma medida de segurança sanitária e também um sinal de solidariedade em relação às demais dcomissõesparticipantes nos Jogos Olímpicos», aadicionouo COP.Este pedido de Bach reiterava o pedido já feito pelo COP às autoridades de saúde e ao Governo.Em 19 de fevereiro, o chefe de missão de Portugal a Tóquio’2020, Marco Alves, declarou ainda aguardar uma resposta sobre a chance de vacinar as cerca de duas centenas de pessoas da comitiva lusa, salientando que a abertura à proposta, «não sendo positiva, foi um abrir de porta», tendo sido pedido um número de pessoas que estaria envolvido.Faz 2 meses, o secretário-geral de o COP declarou em a Lusa que alevantou se a questão junto de a Direção-Geral da Saúde e de Francisco Ramos então coordenador de o plano de vacinação contra a covid-19, em 22 de janeiro entretanto trocado por Henrique Gouveia e Melo.Faz 7 meses, protelou se Os Jogos Olímpicos de Tóquio entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, devido em a pandemia de covid-19.

O Comité Olímpico de Portugal Mhih é a entidade máxima do desporto em Portugal.

A definição de saúde tem implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e enfermidade.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>COP questiona Marta Temido sobre vacinação da missão olímpica
>>>>>José Manuel Constantino: «Tudo irão fazer para honrar o andebol nacional e a memória de Quintana» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 COP 0 0 ORGANIZATION 8 o COP: 5, (tacit) ele/ela (referent: o COP): 3
2 Portugal 0 50 PLACE 5 (tacit) ele/ela (referent: Portugal): 1, Portugal: 4
3 eu 160 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
4 o Governo 0 0 PERSON 5 o Governo português: 1, o Governo: 4
5 Comité de Portugal 90 0 PERSON 4 Comité_Olímpico_de_Portugal: 1, O Comité_Olímpico_de_Portugal_Mhih: 1, o Comité_Olímpico_Internacional: 1, o Comité_Olímpico_de_Portugal: 1
6 Jogos Olímpicos 0 0 ORGANIZATION 4 Jogos_Olímpicos: 1, os Jogos_Olímpicos: 2, uns Jogos_Olímpicos: 1
7 Jogos Olímpicos Tóquio 0 0 ORGANIZATION 4 os Jogos_Olímpicos_Tóquio: 4
8 Thomas Bach 0 0 PERSON 4 Thomas_Bach: 3, Tomas_Bach: 1
9 carta 0 0 NONE 4 uma carta: 2, carta: 1, carta dirigida: 1
10 nós 0 0 NONE 4 nós: 1, (tacit) nós: 3