Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Game3 El Nour

A campeã olímpica e bicampeã global Dinamarca perdeu por 33-30 com a vice-campeã global Suécia, na última ronda do Grupo B, e a vice-campeã olímpica França foi derrota por 32-29 pela Noruega, no A, mas ambas as seleções conservaram a primeira posição.As seleções de andebol francesas e da França, duas das mais fortes candidatas ao ouro olímpico em Tóquio’2020, perderam, este domingo, a invencibilidade na derradeira jornada do período de grupos, que ditou a eliminação de Portugal.A campeã olímpica e bicampeã global Dinamarca perdeu por 33-30 com a vice-campeã global Suécia, na última ronda do Grupo B, e a vice-campeã olímpica França foi derrota por 32-29 pela Noruega, no A, mas ambas as seleções conservaram a primeira posição.A Dinamarca, primeira classificada do Grupo B, com os mesmos oito pontos do admirável Egito e dinamarquesa , defrontará nos quartos de final a Noruega, quarta do A, com os mesmos seis pontos da Alemanha .A seleção germânica, medalha de bronze no Rio’2016, assegurou na derradeira jornada a qualificação na terceira posição do Grupo A, ao vencer o Brasil, por 29-25, num frente a frente entre os dois candidatos à última vaga para aofperíodoa esuprimiA Alemanha, medalha de bronze no Rio’2016, foi terceira posicionado do Grupo A, com os mesmos seis pontos noruegueses, quarta, e defrontará nos quartos de final o Egito na frente da vice-campeã global Suécia. O Egito é segundo do Grupo B. vice-campeã olímpica França, apesar da derrota imprevista frente à Noruega , mconservoua liderança do Grupo A, com os mesmos oito pontos despanhóis segunda, e defrontará na primeira ronda a suprimi o Barém, quarto do grupo B.Apesar de ter perdido na última ronda com o Egito, por 30-20, o estreante Barém assegurou a presença nos quartos de final no desempate a três no Grupo B com Portugal, que , que venceu o Barém na segunda jornada do grupo, por 26-25, necessitava de ganhar, ou até pontuar podia chegar, para se qualificar para os quartos de final, e Japão , depois das três seleções terem concluído com dois pontos. , mas se o suprimiu , perdeu por um golo com o anfitrião Japão e.A campeã europeia Espanha, segunda do Grupo A, que hoje fechou o período de qualificação com uma vitória por 36-27 frente à Argentina, vmediráforças nos quartos com a Suécia, terceira do Grupo B.Concluída aofperíodode grupos, os encontros dos quartos de final, a disputar na terça-feira, comportam, assim, os jogos França-Bahrain, Suécia-Espanha, Alemanha-Egito e Dinamarca-Noruega.O Egito é, para já, uma das seleções revelação deste torneio olímpico, em que perdeu somente com a campeã olímpica e bicampeã global Dinamarca , e em que se realça também o apuramento do estreante olímpico Barém.Ficaram pelo percurso as seleções do Brasil e Argentina, no Grupo A, e Portugal e Japão, no B. A Argentina foi a única seleção que não venceu e adicionou cinco derrotas no período de grupos.

Uma vitória frente aos de Nipanide Nipani, que só tinham derrotas até agora, permitia aos portugueses seguir para os quartos de final na estreia olímpica. Perderam por um .A seleção de andebol de Portugal foi na madrugada deste domingo afastada dos Jogos Olímpicos Tóquio’2020, falhando a qualificação para os quartos de final, ao perder por 31-30 com o anfitrião Japão, na última jornada do Grupo B.Uma vitória frente aos de Nipani, que só tinham derrotas até agora, permitia aos portugueses seguir para os quartos de final na estreia olímpica, mas a equipa treinada por Paulo Jorge Pereira acabou derrotada pela margem mínima.No desempate entre três seleções, todas com dois pontos, Portugal venceu o Bahrain por um golo, o conjunto do Médio Oriente ganhou ao Japão por dois e os de Nipani bateram hoje os lusos por um, pelo que o Bahrain ficou em benefício e segue em frente, mesmo sem ter jogado ainda com o Egito.Atletismo arranca ao sétimo dia de competição em Tóquio2020, mas há mais pontos de interesse para sexta-feira.As campeãs europeias de pista coberta Patrícia Mamona e Auriol Dongmo começam na sexta-feira as qualificações olímpicas no atletismo, no dia em que a seleção de andebol defronta a Dinamarca e o canoísta Antoine Launay pode assombrar no slalom.O atletismo principia ao sétimo dia de competição em Tóquio2020, um depois do judoca bicampeão do mundo Jorge Fonseca ter sido bronze na categoria de – 100kg, primeira medalha lusa nestes Jogos, um pódio ao qual são aspirantes Patrícia Mamona, no triplo salto, e Auriol Dongmo, no lançamento do peso.A partir das 19:05 , Mamona, sexta no Rio2016, e Evelise Veiga vão tentar ser uma das oito finalistas do triplo salto, facto que seria mais notável para a estreante olímpica.Aos 32 anos, Patrícia Mamona persegue num novo recorde nacional, que fixou em 9 de julho em 14,66 metros, para assim poder melhorar a performance no Brasil e almejar um inédito pódio olímpico.Vinte minutos mais tarde, Auriol Dongmo, de 30 anos, vai fazer a sua parte no lançamento do peso, competição em que quer mais do que o seu 12.º posto no Rio2016, ao serviço dos Camarões, de onde é natural.A primeira a entrar em prova no atletismo vai ser, contudo, Lorene Bazolo, às 11:40 , nas eliminatórias dos 100 metros.Igualmente de manhã, às 11:00 , Rochele Nunes vtentaránova medalha no judo, desta vez em +78 kg; nesta modalidade os portugueses adicionam três bronzes, contando com os de Telma Monteiro no Rio2016 e Nuno Delgado em Sydney2000.O canoísta Antoine Launay tem, às 14:00 , uma manga para pconfirmarque merece estar nos 10 mais fortes que, duas horas depois, vão ddebateras medalhas no K1 do slalom, águas bravas.A sétima posição no Mundial de 2019, que o qualificou, é o cartão de visita do canoísta, que já assumiu ter vindo a Tóquio satisfazer o sonho de um pódio olímpico.A seleção de andebol defrontará a campeã olímpica e bicampeã global Dinamarca no quarto desafio do grupo B, no qual tem uma vitória e duas derrotas, e antes do encontro de domingo com o Japão, no qual tem que decidir uma vaga nos quartos de final.Enquanto Barém e Japão estão, passam quatro das seis equipas, sendo que os pupilos de Paulo Jorge Pereira, que no último jogo perderam por 29-28 ante a vice-campeã global Suécia, têm dois pontos a zeros, mas vão ainda defrontar-se.Na vela, às 12:05 em Enoshima, Carolina João icomeçao seu último dia de prova na classe Laser Radial, com as nona e 10.ª regatas, para as quais parte na 33.ª posição.À mesma hora, em Zushi, os irmãos Diogo Costa e Pedro Costa vão para a quinta e sexta regatas da classe 470, na qual seguem no 15.º lugar.Já em Kamakura, José Costa e Jorge Lima têm pela frente as sétima, oitava e nona regatas das 12 do 49er, depois de terem caído uma posição, para 10.º, por desclassificação na última que disputaram.Com os dois primeiros pontos adicionados no Grupo B, à entrada para a última jornada, o Barém encostou na tabela classificativa a Portugal.O Barém venceu por 32-30 o Japão e conquistou a primeira vitória no período de grupos do torneio de andebol de Tóquio’2020, que está a entrar nas resoluções no que toca à qualificação para os quartos de final.O encontro foi equilibrado e marcado pela alternância sucessiva no comando do marcador, que aa pausa pendia por um golo para o anfitrião Japão , e sem que nenhuma das seleções tivesse conseguido um benefício superior a dois golos.Após as sucessivas igualdades até aos 26-26, a cerca de 11 minutos do fim do encontro, a seleção do Barém assumiu definitivamente a liderança da partida, com dois golos de benefício, aos 28-26, que conservou até ao final .Enquanto no Japão esse papel pertenceu a Hiroki Motoki, husain Alsayyad e Mohamed Mohamed, ambos com sete golos, foram os melhores marcadores da seleção do Barém , também com sete.Com os dois primeiros pontos adicionados no Grupo B, à entrada para a última jornada, o Barém encostou na tabela classificativa a Portugal, que ainda hoje defronta a campeão olímpica e mglobalDinamarca , e está na luta pelo acesso aos quartos de final.Portugal, atual quarto classificado , com dois pontos, tem benefício direto com o Barém, quinto com os mesmos pontos, dado que venceu a seleção do médio oriente por 26-25. O Japão é sexto e último sem pontos.Enquanto o Egito é terceiro, a invicta Dinamarca lidera o Grupo B, contando por triunfos os três jogos realizados, tal como a Suécia, segunda posicionada, ambas com seis pontos com quatro. Suécia e Egito defrontam-se ainda hoje .A última e decisiva jornada do Grupo B, a disputar no domingo, comporta os jogos Portugal-Japão , Egito-Barém e Dinamarca-Suécia , sendo que este último reedita a final do Mundial2020, no Egito.

Na quarta-feira 21 de julho o jogador, de 31 anos, destacou que, como era o caso dos campeonatos da Europa e do MundoAntónio Areia alegou que a seleção de Portugal estava mais preocupada, apesar de ser a primeira vez que o andebol estava nos Jogos Olímpicos, a seleção de Portugal tem já uma grande experiência na luta por grandes objetivos e focada no que podia fazer para ganhar na estreia nos Jogos Olímpicos Tóquio2020, do que com o Egito, oponente no jogo inaugural.» conhecíamo bem a equipa do Egito e estávamo cientes das suas habilidades. estávamo à espera de um jogo complicado, físico e rápido, mas estávamo mais preocupados com que podíamo nós fazer para ganhar», admitiu António Areia.Apesar de ser a primeira vez que o andebol estava nos Jogos Olímpicos, a seleção de Portugal tem já uma grande experiência na luta por grandes objetivos, como era o caso dos campeonatos da Europa e do Mundo, areia, de 31 anos, destacou que.O ponta direita adiantou que a adaptação a Tóquio » estava a decorrer bem», após a longa viagem e o conseqüência do jet lag, pelava que dentro de pouco tempo » voltará tudo à normalidade» e os jogadores e estavam»no bom cpercursopara chegar à melhor fomaneiraA seleção de Portugal venceu a Argentina por 31-28, no último jogo de preparação antes do começo do torneio olímpico, e António Areia realçou o facto de a equipa ter conseguido colocar algumas rotinas em prática, já a pensar na preparação do próximo jogo com o Egito.» estávamo cientes que nos Jogos Olímpicos é tudo diferente e já tivemos depoimentos de desportistas portugueses com várias participações que nos declararam que é uma competição completamente diferente de todas as outras», referiu o esquerdino.António Areia explicou que todos os desportistas » davam a vida» por uma boa participação olímpica, pelava que «o grau de obstáculos ampliava» e a seleção de andebol tem também que entrar nessa almazinha e contar que qualquer jogo era complicado.A equipa de Portugal já treinou no recinto do jogo de sábado com o Egito, que mereceu a aprovação dos jogadores.Portugal, introduzido no Grupo B, começava o torneio olímpico, frente ao Egito, após o que defrontava o Bahrain , Suécia , Dinamarca e o anfitrião Japão . Passam aos quartos de final os quatro primeiros de cada grupo.

Esta página contém alguns caracteres especiais e é possível que a impressão não corresponda ao artigo original.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Argentina, Portugal, Norway, Denmark, Brazil

Cities: Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dinamarca e França perdem invencibilidade no torneio olímpico de andebol
>>>>>Portugal fica fora do torneio olímpico de andebol ao perder com o Japão por um – (ojogo-pt)
>>>>>Patrícia Mamona, Auriol Dongmo, andebol e mais no programa de sexta-feira – (ojogo-pt)
>>>>>Barém vence Japão e conquista primeiro triunfo no andebol – July 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Egito vence Japão e soma segunda vitória no andebol – July 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Seleção de andebol quer esquecer Egito: «É bom participar, mas é melhor ganhar» – July 25, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Gilberto Duarte chamado à Seleção Nacional para render Cavalcanti – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Gilberto Duarte e a chamada aos Jogos: «Fico triste pelo meu colega» – July 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Tóquio2020: Catarina Costa e Rui Bragança estreiam estatuto de candidatos sem pressão – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Tóquio2020: António Areia garante seleção de andebol focada em vencer – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Pedro Portela admite «ansiedade» que passará mal «o árbitro apite» – July 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Direto: Portugal-Egito, a estreia da seleção de andebol em Tóquio – July 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ministro da Educação espera «superação desportiva» portuguesa em Tóquio – July 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Dinamarca vence Bárem e soma terceira vitória no andebol – July 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Atenção Portugal: Dinamarca vence Egito no torneio de andebol – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Seleção de andebol entra a perder e segue-se o Barém, que já deixou um aviso – July 24, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Atenção Portugal: Dinamarca mostra estatuto no torneio de andebol – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Portugal 80 0 PLACE 11 (tacit) ele/ela (referent: Portugal): 2, Portugal: 9
2 Suécia 8 0 PLACE 10 a Suécia: 1, Suécia: 4, (tacit) ele/ela (referent: Suécia): 4, a Suécia segunda: 1
3 Japão 0 0 PLACE 10 O Japão: 1, Japão: 1, (tacit) ele (referent: Japão): 1, o Japão: 4, o anfitrião Japão: 2, (tacit) ele/ela (referent: Japão): 1
4 Egito 130 0 ORGANIZATION 9 o Egito (apposition: segundo de o Grupo_B): 1, o Egito: 6, O Egito: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Egito): 1
5 pontos 0 0 NONE 9 os dois primeiros pontos somados: 2, seis pontos: 1, dois pontos: 4, pontos: 2
6 Barém 220 0 ORGANIZATION 8 (tacit) ele/ela (referent: o Barém): 3, o Barém: 4, O Barém: 1
7 António Areia 62 36 PERSON 7 (tacit) ele/ela (referent: Areia de 31 anos): 1, António_Areia: 3, Areia de 31 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: António_Areia): 2
8 os quartos de final 0 0 NONE 7 os quartos de final: 7
9 seleção 320 140 NONE 6 a única seleção: 2, a seleção portuguesa: 3, A seleção portuguesa: 1
10 vice-campeã 0 0 NONE 6 a vice-campeã mundial: 3, a vice-campeã olímpica: 2, A vice-campeã olímpica: 1