Por: SentiLecto

Quando acabar o atual confinamento na Inglaterra, que vigora até o dia 2 de dezembro, o público voltará a frequentar os estádios ingleses nas áreas com menor risco de infecção.

De acordo com a emissora «BBC», até 4 mil pessoas poderão comparecer a acontecimentos desportivos, desde que se os dispute a o ar livre, medida será anunciada na noite desta segunda-feira pelo primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.

O público vai poder retornar a alguns estádios ingleses a partir de dezembro.O público vai poder retornar a alguns estádios ingleses a partir de 2 de dezembro, de acordo com limites determinados pela habilidade dos recintos e pelas autoridades, anunciou hoje o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson.Segundo o governo, os estádios poderão sediar público até 50% da sua habilidade, com um limite entre 2000 e 4000 espetadores, de acordo com as limitações impostas pelas autoridades sanitárias locais.Nas zonas mais afetadas pela pandemia de covid-19, os jogos vão continuar a disputar-se à porta fechada.Os jogos da Liga de Inglaterra de futebol têm sido esde que ase, disputados à porta fechada d rrecomeçoua competição, após o confinamento decretado em março, devido em a pandemia.Faz 1 mês, autoridades britânicas chegaram a anunciar a execução de jogos de teste com público, mas estes acabaram por ser cancelados devido aa ampliação do número de casos de covid-19 no Reino Unido.A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.388.590 mortos resultantes de mais de 58,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Faz 22 dias, governo de Boris Johnson confirmava jogos em a porta fechadaOs campeonatos profissionais de futebol ingleses, assim como outros desportos de alta competição, c continuariama ser disputados apesar do confinamento decretado por o governo britânico,, em o domingo 01 de novembro.No entanto, a chance de haver público nas bancadas da Premier League teria sido protelada para 2021.Boris Johnson anunciou um novo confinamento de um mês para Inglaterra, depois de experts advertirem que sem uma ação forte o novo surto de covid-19 irá sobrecarregar as clínicas em semanas. Boris Johnson é o primeiro-ministro britânico.Conforme o secretário de estado do Desporto daquele país, Oliver Dowden, a alta competição prosseguiria, mas disputada sem público, conforme um tweet seu: «Quando não era possível [o teletrabalho], as viagens para os locais de trabalho serão autorizadas. Por exemplo, os desportos de alta competição à porta fechada «.No dia em que o Reino Unido ultrapassou o milhão de casos de covid-19, o primeiro-ministro confirmou que as limitações estritas à economia e à vida quotidiana co coiniciavamu durariamté 2 de dezembro. Boris Johnson declarou que «nenhum primeiro-ministro responsável» poderia ignorar os números negros da pandemia.Com as novas limitações, os bares e restaurantes só podiam estar abertos para ‘take-away’, comércio não imprescindível devia concluir e as pessoas só podiam sair de casa por razões contidas numa pequena lista, na qual se incluía o exercício físico. Atividades que vão desde ir cortar o cabelo ou ir de férias para o estrangeiro ficavam de novo canceladas.Ao contrário do primeiro confinamento de três meses no Reino Unido, no começo do ano, as escolas, universidades, companhias de construção e indústria continuariam a funcionar.

Alexander Boris de Pfeffel Johnson é um político, escritor e jornalista britânico, atualmente servindo como Primeiro-ministro do Reino Unido e líder do Partido Conservador desde 2019.

O governo vai restabelecer o sistema de níveis anterior ao confinamento atual. Ou seja, algumas áreas vão estar em nível 3, de maior risco de contágio, e outras em 2 ou 1, em função do menor risco.

Esta vai ser a primeira vez desde março que as partidas oficiais poderão receber público. Antes do início da temporada, foram feitos testes em amistosos, com a presença de até 2.500 pessoas, mas Faz 1 mês, o plano de volta gradual a partir de 1º acabou sendo protelado por causa do ampliação de casos de Covid-19 em o Reino Unido. EFE

A agência efe é um serviço de notícias internacional instituído em 1939 em Espanha.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Em 1 mês, Público vai voltar a os estádios ingleses, informa emissora
>>>>>Público vai regressar aos estádios ingleses em dezembro – November 23, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 público 0 0 NONE 7 público: 4, O público: 3
2 Alexander Boris de Pfeffel Johnson 0 0 PERSON 6 Boris_Johnson (apposition: O primeiro-ministro britânico): 1, Boris_Johnson: 3, (tacit) ele/ela (referent: Boris_Johnson): 1, Alexander_Boris_de_Pfeffel_Johnson: 1
3 o Reino_Unido 0 0 PLACE 4 o Reino_Unido: 4
4 restrições 40 220 NONE 3 as restrições impostas: 1, as novas restrições: 1, as restrições rigorosas: 1
5 Inglaterra 0 0 PLACE 3 Inglaterra: 1, a Inglaterra: 2
6 autoridades 0 0 NONE 3 as autoridades: 1, As autoridades britânicas: 1, as autoridades sanitárias locais: 1
7 confinamento 0 0 NONE 3 o confinamento atual: 1, o confinamento decretado: 1, o atual confinamento: 1
8 pessoas 0 0 NONE 3 as pessoas: 1, 4_mil pessoas: 1, 2.500 pessoas: 1
9 porta 0 0 NONE 3 a porta fechada: 3
10 primeiro-ministro 0 0 NONE 3 o primeiro-ministro britânico: 2, o primeiro-ministro: 1