Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Quique Setién

Catalunya revela teor de conversa entre o ex-treinador do Barcelona e os jogadores no balneário.Meses depois de Quique Setién ter deixado o comando técnico do Barcelona, eis que surge o teor de uma afirmada conversa entre o antigo treinador dos catalães e o plantel, no balneário do estádio de Balaídos, em Vigo.De acordo com a SER Catalunya, Setién vai ter assinalado o dedo aos jogadores depois de um empate com o Celta e Lionel Messi, capitão de equipa, não gostou do tom adotado pelo timoneiro, pedindo, supostamente, «mais respeito» por desportistas que já tinham conquistado toda a espécie de títulos. Confrontado pelo argentino, Setién não ficou sem resposta: «Se não gostas do que declaro, tens ali a porta».Estas terão sido os vocábulos utilizados por Quique Setién, às quais, ainda segundo o mesmo órgão, Messi reagiu com um sorriso irónico.De lembrar que, recentemente, o treinador de 62 anos, falou sobre a relação com 10 do Barça. «Acho que Messi é o melhor de todos os tempos. Houve outros grandíssimos jogadores que foram bastante bons, mas a regularidade/continuidade que este rapaz teve ao longo dos anos, ninguém teve. Mas há outra faceta que não a de jogador e que é mais complicada de dirigi. Bastante mais. Algo inerente a muitos esportista, como se vê no documentário de Michael Jordan. Vês coisas que não estás à espera», aalegouSetién.

Ex-treinador do Barcelona fala sobre o astro de Argentina, garantindo não ser fácil de dirigi.Faz 10 meses, Quique Setién chegou a o Barcelona, trocando Ernesto Valverde em o comando técnico, mas as coisas não correram de feição ao treinador, que acabou por abandonar o símbolo blaugrana oito meses depois, em agosto.Apesar de o considerar o melhor jogador de todos os tempos, em entrevista a Del Bosque, no jornal El País, o técnico abre o livro sobre Lionel Messi, admitindo que o astro de Argentina é difícil de dirigi.»Acho que Messi é o melhor de todos os tempos. Houve outros grandíssimos jogadores que foram bastante bons, mas a regularidade/continuidade que este rapaz teve ao longo dos anos, ninguém teve», iniciou mesmo por alegar.»Mas há outra faceta que não a de jogador e que é mais complicada de dirigi. Bastante mais. Algo inerente a muitos esportista, como se vê no documentário de Michael Jordan. Vês coisas que não estás à espera», aadicionou antes de explicar como atua a grande figura do Barcelona ao longo destes anos.»É bastante reservado, mas faz-te ver as coisas que ele deseja. Não fala muito. Sim, ver, vê… Depois de ir-me embora, o que tenho a certeza é que em determinados momentos devia ter tomado outras resoluções, mas há algo que está acima de ti: o clube. E está acima do presidente, do jogador, do treinador. É o clube e os adeptos. É a eles que deves o maior respeito e deves fazer o mais conveniente para a entidade. Há milhões de pessoas que pensam que Messi, ou outro jogador qualquer, é mais importante do que o clube e que o treinador. Este jogador, como outros à sua volta, viveram durante 14 anos a ganhar títulos, a ganhar tudo», revelou, antes de falar sobre generosidade.»Quando alguém está habituado a ganhar, é difícil. E dentro de ti mesmo gera-se uma ansiedade que, quando não se consegue ganhar, causa prejuízo… Realmente, a pré-requisito que hoje existe no futebol fui infundida nele e a muitos outros que necessitam permanentemente de vencer. Mas, claro, para ganhar, tu não podes usar tudo. É verdade que há jogadores que não são fáceis de dirigi. Entre eles Messi, é verdade. Também há que ter em conta que é o melhor jogador de todos os tempos. E quem sou eu para mudá-lo! Se ali o aceitaram durante anos como é e não o mudaram…», declarou Setién, para depois deduzi:»Seguramente, à sua mforma é generoso. O problema é que a perspetiva vista de dentro às vezes eiludete. A realidade que eles vivem não é a realidade que nós vivemos. Para eles, e para muita gente, a única coisa que importa é ganhar e tudo o resto não vale. Até que não deixes o futebol e não passem uns anos, não vês com transparência a realidade da vida».

Na quinta-feira 15 de outubro o astro Lionel Messi pediu mais educação para o desenvolvimento dos jovens e luta pela igualdade na sociedade de Argentina, em meio à pandemia do coronavírus.

Enrique ‘Quique’ Setién Solar é um técnico e ex-futebolista de Espanha que atuava como meio-campista.

Catalunha é uma comunidade autônoma espanhola na extremidade leste da Península Ibérica.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Spain

Cities: Vigo, Barcelona

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Espanhóis revelam vocábulos trocados entre Setién e Messi: «Tens ali a porta»
>>>>>Setién: «Messi? É muito reservado, mas faz-te ver as coisas que ele quer…» – November 01, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 você 0 40 NONE 11 tu: 1, (tacit) você: 6, te: 2, ti: 2
2 jogadores 520 34 NONE 8 outros grandíssimos jogadores: 4, os jogadores: 2, jogadores: 2
3 Lionel Messi 270 0 PERSON 8 Messi: 4, o astro Lionel_Messi: 1, Lionel_Messi: 2, (tacit) ele/ela (referent: Messi): 1
4 eu 0 0 NONE 8 (tacit) eu: 7, eu: 1
5 Quique Setién 17 0 PERSON 7 Quique_Setién: 2, Setién: 4, Setién_Solar: 1
6 coisas 30 0 NONE 4 coisas: 2, as coisas: 2
7 gerir 0 0 NONE 4 gerir: 4
8 realidade 0 0 NONE 4 A realidade: 2, a realidade: 2
9 regularidade-continuidade 0 0 NONE 4 a regularidade-continuidade: 4
10 treinador 0 0 NONE 4 o treinador: 4