Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Juventus Turim logo escudo

O golo 687 tinha pertencido ao avançado internacional de Portugal Éder, que na final de 2016, que, em entrou aos 79 minutos, para o lugar de Renato Sanches,O turco Merih Demiral marcou esta sexta-feira em Roma, na própria baliza, o primeiro golo do 16. No Estádio Olímpico da capital transalpina, o central da Juventus deu benefício à «anfitriã» Itália, aos 53 minutos, aassinalandoo 688.º golo em períodos finais, ao 287.º encontro.O golo 687 tinha pertencido ao avançado internacional de Portugal Éder, que, em entrou aos 79 minutos, para o lugar de Renato Sanches, e resolveu aos 109 a final do Euro2016, na qual Portugal bateu a França por 1-0.O Europeu de futebol joga-se desde 1960 e a hora do primeiro golo em períodos finais coube ao jugoslavo Milan Galic, aos 11 minutos do embate frente à anfitriã França, em Paris, em 06 de julho de 1960. A Jugoslávia venceria o embate por 5-4.O espanhol Jesus Pereda , o jugoslavo Draga Dzajic , os alemães Gerd Müller e Karl-Heinz Rummenigge , o checoslovaco Anton Ondrus e o francês Michel Platini foram os jogadores a marcar os tentos inaugurais nas edições que se seguiram.Depois, foi a vez do italiano Roberto Mancini , agora selecionador, o sueco Jan Eriksson , o inglês Alan Shearer , o belga Bart Goor , o grego Giorgios Karagounis , o checo Vaclav Sverkos , o polaco Robert Lewandowski e o francês Olivier Giroud .A Itália e a Turquia estão a disputar o primeiro encontro do Grupo A, que inclui ainda o País de Gales, de Gareth Bale, e a Suíça, do benfiquista Seferovic, que se defrontam no sábado, em Baku, no Azerbaijão.O período final do Europeu de 2020 estende-se até 11 de julho, dia da final, no Estádio de Wembley, em Londres, e o detentor do título Portugal está no Grupo F, com Hungria , Alemanha e França .

Minuto 53 italiano: golo da Itália. O primeiro golo do Euro’2020 é um golo na própria baliza, marcado pelo central turco Demiral. Jamais na história dos Europeus o primeiro golo da competição fora um autogoloUm autogolo de Merih Demiral, que teve uma passagem episódica pelo Sporting, inaugurou o marcador, aos 53 minutosA Itália entrou de maneira bastante convincente no 16.º Europeu, ao subjugar e vencer a Turquia por 3-0, num resultado que poderia ter sido mais extenso, no jogo de abertura do Euro2020, em Roma.Embora só tenha faturado na segunda parte, no Estádio Olímpico da capital transalpina, o conjunto de Roberto Mancini, que não deve ser confundido com aquelas equipas de Italia que apostavam num futebol defensivo, dominou de começo a fim.Um autogolo de Merih Demiral, que teve uma passagem episódica pelo Sporting, inaugurou o marcador, aos 53 minutos, com Ciro Immobile, aos 66, e Lorenzo Insigne, aos 69, a ampliarem o benefício, perante uma Turquia que jamais esteve perto de marcar.A «squadra azzurra» adicionou o sua nona vitória consecutiva, todos sem padecer golos, e o 28.º embate sem perder , curiosamente desde o 0-1 com Portugal, em 10 de setembro de 2018, num jogo da Liga das Nações resolvido por André Silva.Perante uma Turquia fechada atrás e inquietada quase exclusivamente em não dar espaço no último terço do campo, a Itália entrou a dominar, instalando-se, como bola, no meio-campo oposto.Quando Insigne se conseguiu isolar sobre a esquerda, os italianos foram tentando «furar», com a primeira grande ameaça a aparecer aos 22 minutos para rematar ao lado, depois de umas primeiras tentativas de Immobile .Até aa pausa, o avançado da Lazio, de cabeça, aos 33 minutos, efetuou o remate mais arriscado, mas enquanto Yilmaz teve a iniciativa mais arriscada da Turquia, também Barella , Insigne e Berardi tentaram, mas nem rematou.Na segunda parte, a Turquia veio com Ünder em vez de Yazizi e a Itália com Di Lorenzo no lugar de Florenzi e, aos 53 minutos, a Itália marcou, com Berardi a ganhar espaço na direita e a centrar para o desvio infeliz de Demiral.O golo «acabou» com o jogo, na medida em que a Itália ainda aumentou mais e a Turquia resignou-se, incapaz de reagir, de colocar em algum sobressalto o «onze» de Roberto Mancini.Desta forma, foi com toda a naturalidade que chegaram mais dois tentos para os «anfitriões», o primeiro por intermédio de Immobile, que marcou aos 66 minutos, na recarga a defesa para a frente de Çakir, em resposta a um primeiro remate de Di Lorenzo.Aos 79 minutos, foi a vez de Lorenzo Insigne marcar o melhor golo da noite, com um remate atravessado na área, sobre a esquerda, a colocar a bola junto ao poste esquerdo, depois de uma primorosa assistência de Immobile.Na parte final, a Itália retardou e a Turquia ainda tentou, nos descontos, chegar ao golo de honra, por Yilmaz, mas o veterano Chiellini nem o deixou aborrecer Donnarumma.Jogo no Estádio Olímpico de Roma.Turquia – Itália, 0-3.Aa pausa: 0-0.Marcadores:0-1, Merih Demiral, 53 minutos .0-2, Ciro Immobile, 66.0-3, Lorenzo Insigne, 79.Equipas:- Turquia: Çakir, Celik, Demiral, Söyüncü, Meras, Yokuslu , Karaman , Tufan , Yazici , Çalhanoglu e Yilmaz.Selecionador: Senol Günes.- Itália: Donnarumma, Florenzi , Bonucci, Chiellini, Spinazzola, Jorginho, Barella, Locatelli , Berardi , Insigne e Immobile .Selecionador: Roberto Mancini.Juiz: Danny Makkelie .Ação disciplinar: Cartão amarelo para Söyüncü e Dervisoglu .Assistência: 15.948 espetadores.Central da Turquia inaugurou o marcador no jogo de abertura do Europeu’2020, que concluiu com a vitória italiano por 3-0.Merih Demiral marcou esta sexta-feira o primeiro golo do Europeu’2020, na própria baliza, aos 53 minutos do jogo de abertura da competição que concluiu com o triunfo italiana, por 3-0. Merih Demiral é central da Turquia.Além de ser o primeiro golo do Euro’2020, une-se-lhe a curiosidade de ser o primeiro autogolo marcado em jogos de abertura de Campeonatos da Europa.A Itália, campeã europeia em 1968, venceu esta sexta-feira a Turquia por 3-0, no encontro inaugural do Europeu’2020, disputado no Estádio Olímpico de Roma, a contar para a primeira jornada do Grupo A.Merih Demiral, na própria baliza, aos 53 minutos, Ciro Immobile, aos 66′, e Lorenzo Insigne, aos 79′, assinalaram os golos da squadra azzurra.

Na quinta-feira 20 de maio Portugal chamou Cristiano Ronaldo para uma 11.ª período final de uma grande competição, numa lista de 26 futebolistas para o Euro’2020 com cinco estreantes absolutos e mais cinco em Europeus ou Mundiais.O capitão da seleção, que contava 173 jogos e 103 golos na seleção «AA», vai «capitanear» a equipa, repetindo as presenças nos Europeus de 2004, 2008, 2012 e 2016, nos Mundiais de 2006, 2010, 2014 e 2018, mais a Taça das Confederações de 2017 e a Liga das Nações de 2019.Em o guarda-redes Rui Silva o defesa Nuno Mendes e os médios Palhinha, Sérgio Oliveira e Pedro Gonçalves, este último pela primeira vez numa convocatória, eram estreantes absolutos O guarda-redes Rui Silva é contraponto., pois jamais estiveram em nenhuma destas competições.Por seu lado, Nélson Semedo participou na Taça das Confederações e na Liga das Nações, prova cuja período final se realizou em Portugal e na qual também foram arremessados João Cancelo, Rúben Neves, Diogo Jota e João Félix.O jogador da Juventus era o recordista, enquanto Pepe vai para o nono período final, pois desde que marcou presença no Euro2008, não falhava uma competição, e ruía Patrício e João Moutinho para a oitava, pois Faz 13 anos, também iniciaram, mas, pelo meio, falharam o Mundial de 2010.Para William Carvalho, seria a sexta período final, todos desde o Mundial de 2014, no qual ainda não estiveram José Fonte e Raphaël Guerreiro, que iniciaram no Europeu de 2016 e não mais pararam.Um trio vai para a quarta presença, mas em provas distintas, pois Bernardo Silva esteve nas últimas três, depois de falhar, por lesão, o Euro2016, no qual estiveram Rafa, que também marcou presença no Mundial de 2014 e na Liga das Nações de 2019, e Danilo, igualmente presente na Taça das Confederações de 2017 e na período final realizada em solo de Lusaka.Nas duas últimas provas, estiveram Rúben Dias, Bruno Fernandes e Gonçalo Guedes, Anthony Lopes marcou presença nas duas últimas «grandes» competições, o Euro2016 e o Mundial2018, no qual também participou André Silva, depois da Taça das Confederações.Faz 5 anos, quanto a Renato Sanches, estreou se, ainda » menino » em o qual encantou, marcando até um golo, mas, depois, num trajeto marcado por várias lesões e que não teve a «explosão» calculada, falhou as últimas três.No que respeitava ao Euro2016, que Portugal venceu, eram, aliás, 11 os repetentes, nomeadamente Rui Patrício, Anthony Lopes, Pepe, José Fonte, Raphaël Guerreiro, Danilo, João Moutinho, William e Renato Sanches, Rafa e Cristiano Ronaldo.Faz 11 meses, o período final de o Euro2020 realizava se a 11 de julho, em 11 cidades de 11 países, e Portugal integrava o Grupo F, defrontando sucessivamente Hungria , Alemanha e França .

Juventus Football Club, é um clube de futebol de Italia, também conhecida como Juventus de Turim, Juve ou ainda A Velha Senhora .

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Italy, United Kingdom, Brazil, Azerbaijan, Turkey, Portugal, Hungary

Cities: Franca, Baku, Rome, London

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Euro’2020: Demiral marcou na própria baliza o primeiro golo, cinco anos após Éder
>>>>>O primeiro golo do Euro’2020 é um golo na própria baliza. Assista ao lance – June 11, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Euro’2020: Itália leva nove jogos consecutivos a ganhar e sem sofrer golos – (ojogo-pt)
>>>>>Golo de Demiral na própria baliza foi o primeiro autogolo em jogos de abertura de Europeus – June 11, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Antes do primeiro jogo, selecionador turco diz: «Adorava defrontar esta Itália na final» – June 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Itália com baixa de última hora na véspera da estreia no Euro’2020 – June 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Pellegrini lesionou-se e pode ser baixa na seleção italiana – June 10, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Lesão de Sensi leva Mancini a chamar Matteo Pessina para o Euro’2020 – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Itália 120 60 PLACE 9 A Itália: 1, 53 minutosA Itália: 1, a Itália: 5, Itália: 2
2 eu 0 70 NONE 7 (tacit) eu: 7
3 Merih Demiral 30 0 PERSON 7 Merih_Demiral: 3, (tacit) ele/ela (referent: Merih_Demiral): 2, turco Merih_Demiral: 1, Merih_Demiral (apposition: central de a Turquia): 1
4 a Turquia 0 0 PLACE 7 uma Turquia fechada: 1, uma Turquia: 2, a Turquia: 4
5 golo 0 80 NONE 6 O golo: 3, um golo: 2, o primeiro golo de o 16: 1
6 Portugal 80 0 PLACE 5 Portugal: 5
7 Éder 12 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Éder): 3, Éder: 2
8 Ciro Immobile 0 0 PERSON 5 Immobile: 3, Ciro_Immobile: 2
9 Lorenzo Insigne 0 0 PERSON 4 Insigne: 1, Lorenzo_Insigne a os 79: 1, Lorenzo_Insigne: 2
10 presença 0 0 NONE 4 a quarta presença: 1, presença: 3