Por: SentiLecto

Alexis Santos, que nas eliminatórias da manhã tinha batido o recorde nacional, ao cumprir a distância em 25,28 segundos, marca que lhe valeu ainda a presença nestas semifinais, foi um pouco mais lento e acabou por registar o 16.º tempo das duas séries.O de Portugal Alexis Santos foi hoje oitavo e último na sua série das semifinais da prova de 50 metros costas dos Europeus de natação, que decorrem em Budapeste, ao nadar em 25,40 segundos.Alexis Santos, que nas eliminatórias da manhã tinha batido o recorde nacional, ao cumprir a distância em 25,28 segundos, marca que lhe valeu ainda a presença nestas semifinais, foi um pouco mais lento e acabou por registar o 16.º tempo das duas séries.O nadador do Sporting foi o único português a superar hoje as eliminatórias, tendo na disciplina de 50 metros costas também competido Francisco Santos, que foi quarto na terceira série, com o tempo de 25,91 segundos, longe dos 25,28 registados pelos últimos apurados.Nos 100 metros mariposa, Ana Catarina Monteiro foi quarta classificada na terceira série, com o tempo de 1.00,83 minutos, tendo o último tempo de apuramento se cifrado nos 59,39 segundos.Francisco Robalo Quintas foi oitavo na quarta série de apuramento dos 100 metros bruços, registando o tempo de 1.01,87 minutos, tendo o último apurado seguido em frente com o tempo de 1.00,23.Também fora do apuramento para os 800 metros livres ficou Diana Durães, sexta na segunda série com 8.44,81 minutos, quase mais oito segundos do que o último tempo .A equipa de Portugal de 4×100 metros livres, composta por Miguel Nascimento, Diogo Carvalho, Alexis Santos e Francisco Rogério Santos, foi nona na terceira série de apuramento, com o tempo de 3.28,52 minutos, a quase 13 segundos do último tempo de apuramentoPortugal está encarnado por 16 nadadores nos Campeonatos da Europa, a decorrer até domingo, com a pretensão de chegar às finais e de conseguir aampliaras cinco presenças já asseguradas nos Jogos Olímpicos Tóquio2020.

«Seria bastante bom conseguirmos colocar quatro nadadores nos oito primeiros lugares, ou seja, presentes em finais, e 12 dentro das 16 primeira posições», assumiu José Machado, Diretor Técnico Nacional.Portugal estará encarnado por 16 nadadores nos Campeonatos da Europa, em Budapeste, competição para a qual parte com pretensões de chegar a finais e de conseguir ampliar as cinco presenças já asseguradas nos Jogos Olímpicos Tóquio’2020.»Seria bastante bom conseguirmos colocar quatro nadadores nos oito primeiros lugares, ou seja, presentes em finais, e 12 dentro das 16 primeira posições», assumiu José Machado na agência Lusa, na antevisão na competição de natação pura, que arranca na segunda-feira, na capital húngara. José Machado é diretor Técnico Nacional .sé Machado admitiu as expectativas em relação à obtenção de mínimos para os Jogos Olímpicos Tóquio2020, referindo que «há alguns nadadores que estão bem perto das marcas de qualificação».O DTN, recordando que Portugal já tem mais um desportista qualificado para Tóquio2020, do que teve para o Rio2016 alegou: «Além dos lugares na classificação, o que nos deixaria cumpridos seria ter mais nadadores a garantirem o acesso aos Jogos».Entre os 16 nadadores que marcarão presença nos Europeus, cujas provas de natação pura decorrem entre segunda-feira e 23 de maio, figuram quatro dos cinco que já têm mínimos para Tóquio 2020: Alexis Santos , Tamila Holub , Diana Durães e Ana Catarina Monteiro .O único olímpico ausente é Gabriel Lopes , por ainda estar a treinar condicionado devido a sequelas de covid-19.Aos quatro já qualificados para Tóquio2020 unem-se Diogo Carvalho, Francisco Quintas, Francisco Santos, João Costa, José Paulo Lopes, Miguel Nascimento e Tomás Veloso, em masculinos, e Francisca Martins, Rafaela Azevedo, Raquel Pereira, Rita Frischknecht e Victoria Kaminskaya.O culpado técnico reconheceu que a preparação dos desportistas tem sido diferente do costumeiro devido à pandemia, referindo que, «durante aopprimeirofperíodode confinamento, foi tudo mbastantecomplicado, mas a partir de setembro os desportistas têm conseguido treinar quase normalmente».»Treinar tem sido possível, competir é que é mais complicado. Estes Europeus serão a primeira grande competição internacional desde o começo do ano passado», vincou.José Machado considera que a ausência de espetadores na piscina pode ter conseqüência diferentes nos nadadores, pois «uns tentam superar-se ainda mais com a presença de público, e quando percebem que as bancadas estão vazias, outros conseguem descontrair «.Lista dos 16 nadadores convidados- Alexis Santos : 50 metros costas, 50 bruços, 200 estilos e estafeta 4×100 livres.- Diogo Carvalho : 200 estilos e estafeta 4×100 livres.- Francisco Quintas : 50, 100 e 200 bruços.- Francisco Santos : 100 costas, 200 costas e estafeta 4×100 livres.- João Costa : 100 costas e 200 costas.- José Lopes : 800 livres e 400 estilos.- Miguel Nascimento : 50 livres, 100 livres, estafeta 4×100 livres.- Tomás Veloso : 200 livres.- Ana Catarina Monteiro : 100 e 200 mariposa- Diana Durães : 200 livres, 400 livres, 800 livres e 1.500 livres, estafeta 4×200 livres.- Francisca Martins : 200 livres, estafeta 4×200 livres.- Rafaela Azevedo : 50 costas e 100 costas.- Raquel Pereira : 100 bruços, 200 bruços e 200 estilos e 4×200 livres.- Rita Frischknecht : 200 livres e 4×200 livres.- Tamila Holub : 800 m livres, 1500 m livres e estafeta 4×200 livres.- Victoria Kaminskaya : 100 bruços e 200 bruços.Renata Pinto une-se a Daniel Videira e Marco Meneses, nadando a final direta dos 100 metros bruços SB9.Os nadadores portugueses Daniel Videira e Marco Meneses garantiram este domingo a presença em duas finais dos Europeus de natação ajustada, que decorrem no Funchal, tendo ambos estabelecido recordes nacionais.Nos 100 metros costas S6 , Daniel Videira nadou a sua série em 1.21,28 minutos, fazendo cair o anterior máximo nacional , que lhe pertencia, e parte para a final com o sexto melhor tempo.Marco Meneses assegurou presença na final de 50 metros livres S11 , ao nadar a distância em 28,58 segundos, melhorando o seu próprio recorde nacional, que era de 29,24 segundos.Ivo Rocha nadou a eliminatória dos 50 metros livres S5 em 43,95 segundos, concluindo em sétimo e falhando presença na final.À tarde, Portugal vai estar encarnado em três finais, com Renata Pinto a uni-se a Daniel Videira e Marco Meneses, nadando a final direta dos 100 metros bruços SB9.Na natação ajustada, os desportistas estão divididos por 14 classes, sendo as classes entre o um e o 10 para nadadores com deficiência motora, as classes entre 11 e 13 destinadas à deficiência visual, e a 14 para a deficiência intelectual.Portugal fechou este domingo o primeiro dia de competição dos Europeus de natação ajustada,Portugal fechou este domingo o primeiro dia de competição dos Europeus de natação ajustada, que decorrem no Funchal, com uma medalha de bronze, conquistada por Renata Pinto, nos 100 metros bruços SB9, tendo marcado presença em três finais.Na primeira final da competição, Renata Pinto nadou a distância em 1.25,02 minutos, fazendo cair o anterior máximo nacional que lhe pertencia, concluindo a prova atrás da de Espanha Sarai Gascon e da húngara Bianca Pap , que conquistaram o ouro e a prata, respetivamente.Depois de, durante a manhã, ter nadado as eliminatórias e de ter estabelecido novo recorde nacional , Daniel Videira concluiu, à tarde, a final dos 100 metros costas S6 na sexta posição, com o tempo de 1.21,90, marca que constitui novo recorde nacional.Na final dos 50 metros livres S11, Marco Meneses foi sétimo com 28,56 segundos, melhorando o recorde nacional da distância que tinha estabelecido de manhã .Protelada no ano passado devido à pandemia de covid-19, a competição, que decorre até dia 22, junta no complexo de piscinas olímpicas do Funchal 380 adesportistas entre os quais oito portugueses, de 47 países.Os Europeus da natação adaptada, que em 2016 também se realizaram na Madeira, tem a categoria «open», pelo que contarão com a presença de nadadores de todo o mundo, alguns ainda à procura de um lugar nos Jogos Paralímpicos Tóquio2020, que decorrerão entre 24 de agosto e 05 de setembro.Na natação ajustada, os desportistas estão divididos por 14 classes, sendo as classes entre o um e o 10 para nadadores com deficiência motora, as classes entre 11 e 13 destinadas à deficiência visual, e a 14 para a deficiência intelectual.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: VERY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Europeus de natação: Alexis Santos deduz 50 metros costas no 16.º lugar
>>>>>Europeus de natação: Portugal à procura de finais e qualificações olímpicas – May 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Europeus de natação adaptada no Funchal vão definir seleção portuguesa para Tóquio’2020 – May 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Europeus de natação adaptada no Funchal colocam grandes desafios organizativos – May 14, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Portugueses em três finais no primeiro dia dos Europeus de natação adaptada – (ojogo-pt)
>>>>>Portugal fecha com bronze e recordes primeiro dia de Europeus de natação adaptada – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nadadores 0 0 NONE 9 quatro nadadores: 2, 16 nadadores: 1, nadadores: 2, os 16 nadadores: 1, os nadadores: 1, alguns nadadores: 2
2 natação 400 0 NONE 8 natação adaptada: 4, natação pura: 2, a natação adaptada: 2
3 José Machado 0 36 PERSON 6 José_Machado (apposition: Diretor_Técnico_Nacional): 1, (tacit) ele/ela (referent: José_Machado): 2, José_Machado: 3
4 deficiência 280 0 NONE 6 deficiência motora: 2, a deficiência visual: 2, a deficiência intelectual: 2
5 competição 50 0 NONE 6 a competição: 2, a primeira grande competição internacional: 1, competição: 3
6 classes 0 0 NONE 6 14 classes: 2, as classes: 4
7 metros 160 0 NONE 5 os 50 metros livres: 1, os 100 metros bruços: 1, os 100 metros mariposa: 1, os 100 metros costas: 1, os 800 metros livres: 1
8 Europeus 60 0 ORGANIZATION 5 (tacit) eles/elas (referent: os Europeus): 2, os Europeus: 3
9 presença 0 0 NONE 5 a presença: 1, presença: 4
10 4×200 480 0 NONE 4 4×200 livres: 4