Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – 10902 Cátia Azevedo

Ficou distante da marca que precisava para se qualificar no salto em comprimentoA desportista Evelise Veiga ficou distante da marca que precisava para se qualificar no salto em comprimento para os Europeus de atletismo em pista coberta e vai ficar fora da seleção lusa que competirá em Torun, Polónia, em março.Quando precisava de atingir os 6,80 para ser escolhida, no dia em que concluía o prazo para obtenção de mínimos, a saltadora do Sporting competiu em Belgrado, no Star Open de Sérrai, para ser quinta classificada, com 6,39 metros.Além do seu melhor salto, a atleta lusa – que tem mínimos olímpicos do ano passado – fez um a 6,18 metros e quatro nulos.Esta época, Evelise Veiga ainda não fez melhor que 6,41 metros, tendo por três vezes chegado aos 6,39 metros.Em Belgrado também competiu Cátia Azevedo, que já tem mínimos nos 400 metros, sendo quinta a deduzi a prova. A marca obtida, 54,32 segundos, fica a mais de meio segundo do seu melhor registo do ano.

Patrícia Mamona superou por três vezes a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.A desportista Patrícia Mamona fez esta quarta-feira em Madrid a marca de referência para os Europeus de atletismo em pista coberta, ao conseguir no triplo salto 14,21 metros, que lhe valeu o segundo lugar na prova.A última etapa do World Athletics Indoor Tour Gold também correu de feição a Carlos Nascimento, quarto na final dos 60 metros com 6,63, o que equipara o seu recorde pessoal.Faz 11 meses, ainda sem ter os mínimos para os Europeus de Torun, marcados para a primeira semana de março, Mamona desfez quaisquer dúvidas e só foi batida por a norte-americana Tori Franklin, ganhadora com 14,22.Mamona liderou o concurso desde o começo, com 14,14, e ao quarto salto passou para 14,21. A adversária norte-americana Só em a sexta e última série de saltos ultrapassou ela.A desportista de Lusaka por três vezes superou a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.»Estou bastante contente por ter conseguido confirmar a minha ida ao Europeus. Infelizmente só consegui competir uma vez, nos Campeonatos de Portugal, e estou bastante contente com o segundo lugar de hoje, apesar de ter estado perto do primeiro. O mais importante era garantir a minha qualificação e agora já estou a sonhar com os Europeu», declarou a desportista.Em Madrid, ficou à frente da terceira mundial do ano, a cubana Liadagmis Povea , e entrou direta para sétima mundial do ano, terceira europeia.Com Mamona, a seleção portuguesa para os Europeus indoor sobe para 16 nomes confirmados, dos quais três no top-3 – além da triplo saltadora, estão a esse nível Auriol Dongmo e Pedro Pichardo .Quanto a Carlos Nascimento, superou as melhores expectativas e equiparou o seu recorde pessoal, que já data de 2016.Após 6,71 numa das meias-finais, foi quarto na final, a dois centésimos somente do terceiro lugar.Com a marca de hoje, subiu a 16.º europeu do ano.

Faz 17 dias, os três desportistas conseguiram a marca de qualificação em o Torneio de Preparação realizado em Pombal, em o domingo 07 de fevereiro.Os desportistas Isaac Nader e José Carlos Pinto e Nuno Pereira alcançaram este domingo, em Pombal, as marcas de qualificação para os 1.500 metros dos Campeonatos da Europa de pista coberta.Os três desportistas conseguiram a marca de qualificação no Torneio de Preparação realizado em Pombal, numa prova que teve um final fulgurante e que deixou Hugo Rocha a 21 centésimos do apuramento para os Europeus.O ganhador da prova de 1.500 metros foi Isaac Nader , que concluiu em 3.42,34 minutos, à frente do seu colega de equipa José Carlos Pinto, que registou 3.42,97 minutos, e Nuno Pereira , que deduziu com 3.43,32 minutos.Na quarta posição, Hugo Rocha cortou a meta em 3.45,21 minutos e no quinto posto chegou Miguel Moreira , com 3.45,96. Todos os desportistas registaram recordes pessoais.Quem também ficou perto da marca de qualificação para os Europeus de pista coberta foi Mauro Pereira , que venceu os 400 metros em 47,91 segundos, a escassos 31 centésimos dos pedidos 47,60 segundos como mínimos.Com mais três desportistas abaixo de 50 segundos, o destaque vai para a vitória de Rafael Jorge na série 4, com 49,33 segundos.No salto em altura, a vitória pertenceu a Nelson Pinto , com 2,10 metros, a mesma marca de Gerson Baldé , tendo Francisco Barreto concluído em terceiro, com 2,07.No salto em comprimento, a vitória pertenceu a Danilo Almeida , com 7,12 metros, e nos 200 metros, o melhor foi o sportinguista Tomás Gonçalves .Enquanto na segunda, a sportinguista Rita Figueiredo venceu em 4.31,33 , a prova feminina de 1.500 metros também registou bons resultados, tendo na primeira série Joana Soares concluído com a marca de 4.25,59 minutos.No triplo salto, Susana Costa foi a ganhadora, com a marca de 13,65 metros, numa prova em que Evelise Veiga não conseguiu marcar um salto válido.Rivinilda Mentai venceu os 200 metros em 24,80 segundos, nos 400 metros a vitória pertenceu a Juliana Guerreiro , em 56,85 segundos, e no salto em altura triunfou Anabela Neto , ao passar a fasquia colocada a 1,78 metros.

Cátia Isabel da Silva Azevedo é uma velocista de Portugal, expert nos 400 metros.

Polónia ou Polônia ), oficialmente República da Polónia ), é um país da Europa Central que tem fronteiras habituais com a Alemanha a oeste.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Poland

Cities: Torun

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Evelise Veiga foi quinta em Belgrado, longe dos mínimos para os Europeus
>>>>>Patrícia Mamona confirma mínimos para Europeus de pista coberta – February 24, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 metros 0 0 NONE 12 14,21 metros: 1, os 200 metros: 2, os 6,39 metros: 1, os 400 metros: 4, 2,10 metros: 1, 6,41 metros: 1, 7,12 metros: 1, 1.500 metros: 1
2 Patrícia Mamona 80 40 PERSON 8 Patrícia_Mamona: 1, A atleta Patrícia_Mamona: 1, (tacit) ela (referent: Mamona): 2, (tacit) ele/ela (referent: Mamona): 1, Mamona: 3
3 segundos 0 50 NONE 7 24,80 segundos: 1, 47,60 segundos como mínimos: 1, 49,33 segundos: 1, 54,32 segundos: 1, 56,85 segundos: 1, 50 segundos: 1, 47,91 segundos: 1
4 salto 150 0 NONE 7 o quarto salto: 1, seu melhor salto: 1, o triplo salto: 1, um salto válido: 1, o salto: 3
5 Europeus 30 0 ORGANIZATION 6 os Europeus de pista coberta: 1, os Europeus: 2, o Europeus: 1, (tacit) eles/elas (referent: os Europeus): 1, os Europeus de atletismo: 1
6 Carlos Nascimento 0 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Carlos_Nascimento): 4, Carlos_Nascimento: 2
7 marca 0 0 NONE 6 a marca: 5, A marca obtida: 1
8 mínimos 0 250 NONE 5 os mínimos: 5
9 prova 0 0 NONE 5 a prova: 1, uma prova: 4
10 triunfo 340 0 NONE 4 o triunfo: 4