Por: SentiLecto

Benfica, que festeja este domingo o seu 117, chega ao 117. º aniversário com o pior registo: afastado de quatro provas, está longe na Liga e só espreita a Taça.º aniversário, numa celebração comedida pela pandemia e pelos fracos resultados esportivos.Para indicar o dia, Luís Filipe Vieira vai dar uma entrevista ao canal do clube, onde terá a chance de abordar o facto de a equipa ter chegado a esta período afastada de quatro das seis competições que disputou e com a conquista da Liga, ainda que matematicamente em aberto, muito complicada, fruto do quarto posto e dos 16 pontos de atraso para o líder Sporting – está bem encaminhada para chegar à final da Taça de Portugal -, naquele que é o registo mais pobre no final de fevereiro na era Vieira.

Para atingir a meta, os encarnados devem ultrapassar Braga, que está a quatro pontos de distância, e o Porto a cinco.O terceiro lugar na Liga ainda dá acesso àotterceirofperíodopré-eliminatória da Liga dos Campeões, mas os encarnados desejam evitar essa etapa devido a má experiência vivida nesta temporada, com a queda em casa para o PAOK.

Na segunda-feira 15 de fevereiro a caminhada até ao título já era difícil, para não declarar hercúlea, porém agora deveria ser histórica: jamais uma equipa recuperou dez pontos de atraso a tempo de ser campeã nacionalNunca o Benfica tinha deixado pontos em Moreira de Cónegos no campeonato, mas era a sequência que poderia realmente inquietar os adeptos e culpados encarnados, pois nos seis últimos jogos na Liga as águias só venceram um, no caso com o Famalicão.Antes, o clube empatou com FC Porto, Nacional e V. Guimarães e perdeu com o Sporting. Nesse sentido, as águias, deixaram escapar 11 pontos, num só mês, isto porque o jogo no Dragão jogou-se no dia 15 de janeiro.À 14.ª jornada, o Benfica estava a quatro pontos do Sporting, agora estava a dez, e ainda com os leões a terem a chance de ampliarem o fosso para 13. Também por isso esta ronda comprava contornos históricos: desde 1950/51 que não se registavam, à 19.ª jornada, dez ou mais pontos de separação entre encarnados e os verdes e brancos como líderes. A tarefa para ser campeão era hercúlea, mas agora seria também inédita: era que jamais uma equipa recuperou dez pontos de atraso e depois celebrou no final da época o troféu querido em Portugal.Somente um triunfo em seis jogos na Liga faziam desta uma sequência dolorosa para o BenficaEm dados recolhidos pelo «Playmaker Stats», esta era a pior posição, o quarto lugar, do Benfica desde 2004/05, à 19.ª jornada, a temporada com mais empates e pior pontuação desde 2008/09, quando tinha 37 pontos e sete igualdades, estando praticamente arredada do título com Quique Flores ao leme.Já o Moreirense chegava à 19.ª jornada com o menor número de derrotas de sempre e o sétimo posto que ocupava atualmente era o segundo melhor das suas campanhas na Liga.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Exclusivo Benfica sem razões para celebrar em dia de aniversário: um ciclo negro na era Vieira
>>>>>Presidente do Benfica estipula meta para não demitir Jorge Jesus: classificar à Liga dos Campeões – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 era 0 50 NONE 5 esta era: 1, era difícil: 1, era: 3
2 eu 5 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
3 Benfica 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: o Benfica): 1, o Benfica: 1, Benfica o: 2
4 Liga 0 0 ORGANIZATION 4 a Liga: 4
5 sequência 0 60 NONE 3 a sequência: 2, uma sequência dolorosa: 1
6 ª jornada com o menor número de derrotas de sempre e o sétimo posto de as suas campanhas em a Liga 0 120 ORGANIZATION 2 ª jornada com o menor número de derrotas de sempre e o sétimo posto de as suas campanhas em a Liga: 2
7 dez pontos de atraso 0 80 NONE 2 dez pontos de atraso: 2
8 águias 80 0 NONE 2 as águias: 2
9 encarnados 3 0 NONE 2 os encarnados: 2
10 Braga 0 0 PLACE 2 Braga: 2