Por: SentiLecto

Pouco estimulado e com grande obstáculo em falar – «isto jamais me ocorreu», justificou – o selecionador nacional ainda não sabe o que levou Portugal a não estar tão bem em alguns jogos»Ainda vamos ter de analisar e perceber a razão de não termos estado tão bem. Em 2019, o Mundial foi no final da época, agora foi a meio e tivemos menos semanas de preparação, mas quando fomos a Montreux e ganhámos ainda tivemos menos tempo… Creio que fomos mais nós que tentámos e as coisas não foram saindo, porque as outras seleções tiveram mais ou menos o mesmo tempo de preparação», declarou a O JOGO Renato Garrido, selecionador nacional de hóquei em patins, assumindo que «Portugal sabe jogar melhor».Ainda sobre a atuação de equipa das Quinas, que ficou sem classificação definida, uma vez que o jogo para o terceiro lugar não se disputou devido à covid-19, o técnico natural do Porto não qdesejou»caracterizar nenhum jogador», mas, quando questionado, sempre assegurou: «O André [Girão] deu-nos tudo, trabalhou de maneira bastante positiva; de resto, tanto ele como o Pedro Henriques».

Declarações de Edo Bosch, adjunto de Renato Garrido na seleção de Portugal de hóquei em patins.Portugal goleou esta sexta-feira a seleção de Andorra por 12-1, mas não houve celebração. O triunfo de Espanha frente à França tinha já retirado as hsuposiçõesde a Seleção Nacional se apurar para a final.»Hoje foi mais uma luta emocional do que outra coisa. Tivemos de combater primeiro contra nós do que com Andorra. Fizemos um grande jogo. É um orgulho ter sido hoje selecionador destes guerreiros. E amanhã faremos tudo para conquistar o terceiro lugar», alegou Edo Bosch, adjunto de Renato Garrido.»Se ontem [quinta-feira] estávamos a declarar que foi um jogo Heróico, hoje [sexta-feira] demos um passo atras. Mas cada um tem os seus valores. Não me identifico com o que ocorreu no jogo anterior. Um dia triste para o hóquei em patins. Se desejamo melhorar a modalidade não podemos fazer o que ocorreu», rematou.Também o guarda-redes Pedro Henriques deixou críticas. «A exposição do coletivo, depois do que assistimos esta tarde, é de louvar. É triste. Falta de respeito pelos adeptos desta modalidade. Espero que tenha sido a última vez», atirou.

Ângelo André Ferreira Girão ComIH • ComM, é um jogador profissional de hóquei em patins que joga atualmente pelo Sporting Clube de Portugal e pela Seleção Portuguesa.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Porto

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Exclusivo Renato Garrido sobre o Espanha-França: «Não me revejo naquele triste espetáculo»
>>>>>»Não me identifico com o que aconteceu. É um dia triste para o hóquei em patins» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 60 0 NONE 10 (tacit) nós: 6, nos: 1, nós: 3
2 eu 0 0 NONE 6 (tacit) eu: 5, me: 1
3 André 80 35 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: O André): 2, ele (referent: O André): 1, O André: 1
4 jogo 50 0 NONE 3 o jogo anterior: 1, um grande jogo: 1, o jogo: 1
5 ComM 60 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: ComM): 1, ComM: 1
6 patins 0 0 NONE 2 patins: 2
7 tudo 0 0 NONE 2 tudo: 2
8 um dia triste para o hóquei em patins 0 80 NONE 1 Um dia triste para o hóquei em patins: 1
9 falta de respeito por os adeptos de esta modalidade 160 50 NONE 1 Falta de respeito por os adeptos de esta modalidade: 1
10 caracterizar nenhum jogador 0 15 NONE 1 caracterizar nenhum jogador: 1