Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Clube

Clube não reuniu as condições de logística necessárias e vai falhar o duelo com o União Almeirim.O Fátima SAD não vai comparecer ao jogo de domingo com o União Almeirim por não ter reunido todas as condições de logística – campo, pagamento à GNR e bombeiros, etc – necessárias para a rexecuçãode uma partida do Campeonato de Portugal. O plantel já tinha deixado claro, através de um comunicado, que este seria o último jogo em que participariam caso a situação dos salários em atraso não fosse resolvida – três meses sem receber – e agora podemos mesmo estar a assistir ao ponto final do clube de Santarém nesta época.Tomás Meneses vincou em declarações a O JOGO que a situação é inaceitável e que o sentimento no balneário é de fim de linha. Tomás Meneses é capitão de equipa.»Com muita pena nossa não vamos poder jogar. O Noel Gomes [presidente da SAD] declarou que para a semana tomará uma resolução, mas da minha parte é um ponto final. Isto é gozar com o ser humano, já não se trata de futebol», referiu, angustiado.De acordo com as normas da FPF, um clube não pode falhar a dois jogos consecutivos ou a três de maneira interpolada. Assim sendo, é praticamente inevitável a desclassificação do Fátima SAD, que cruza obstáculos desde a última temporada.

O plantel ainda não recebeu salários desde o começo da época e tem ido a jogos sem realizar qualquer treino, às vezes. Dada a «situação atual insustentável», os jogadores declaram que comparecerão no próximo jogo, mas que esta vai ser a «última chance» dada à agestãoOs problemas continuam por resolver no Fátima SAD e a gota de água pode estar a chegar. Num comunicado divulgado esta sexta-feira, o plantel declara que a «situação atual é insustentável» e refere que o jogo com o União Almeirim poderá ser o último, se não houver desenvolvimentos.Os jogadores, que não receberam ainda desde o começo da época, queixam-se de falta de condições de treino, declaram que, às vezes, têm ido jogar sem treinar durante a semana e que não «estão reunidas quaisquer condições de segurança».»A maioria dos jogadores têm nesta atividade a principal ou única fonte de rendimento, pelo que a situação atual é insustentável, considerando que na presente época esportiva não foi pago qualquer salário, isto é, os jogadores andam para o terceiro mês de salários em atraso. Há cerca de um mês que não existem treinos regulares e são já vários os jogos oficiais em que os jogadores vão a jogo sem qualquer treino realizado, colocando a integridade física em causa. Não estão reunidas quaisquer condições de segurança», explicam.O plantel do clube de Leiria, que milita na Série F do Campeonato de Portugal, declara que vai «dar uma última chance à agestãoda CD Fátima SAD, liderada por Noel Gomes, indo ao próximo jogo» e pede «respeito» e «um tratamento dmerecedore humano». Foi a última semana que aceitaram ir a jogo sem quaisquer condições», caso não os problemas não sejam resolvidos, os desportistas não voltam a competir: «Esta.»Depois desta partida, conservando-se a situação anteriormente descrita, os jogadores consideram esgotadas as tentativas de viabilização deste projeto esportivo e vão reunir com o Sindicato dos Jogadores para decidir sobre os próximos ​​​​​​passos, na defesa dos seus direitos», concluem.

Na segunda-feira 09 de novembro processo relacionado com a Holdimo e em causa estavam presumíveis crimes de branqueamento de capitaisA SAD do Sporting estava a ser alvo de buscas judiciais, relacionadas com o acionista Holdimo, apurou O JOGO. tratava-se de um processo que presumia crimes de branqueamento de capitais, com negócios entre 2011 e 2014 sob inquérito das autoridades, relacionados com a entrada da Holdimo no capital social da SAD leonina.Conforme se pode ler na página oficial da Holdimo, as duas entidades «conservam uma coalizão estratégica desde 2011», sendo que a «Holdimo – investimentos e Participações, SA. detém, atualmente, 30% do Capital social da Sporting SAD».» era uma participação qualificada que redundava de uma parceria começada em Junho de 2011. Com uma situação financeira particularmente difícil, em plena crise financeira, o Sporting requereu suporte à Holdimo. Através do seu presidente, Dr. Álvaro Sobrinho, bisneto de Joaquim Madaleno, fundador do Sporting Clube de Portugal, a Holdimo respondeu presente e subscreveu um acordo de colaboração Financeira – Desportiva», refere a companhia.

Um clube é um grupo de indivíduos livremente associados que têm em habitual seus gostos e opiniões artísticas, literárias, políticas, filantrópicas, esportivas, etc.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Fátima SAD vai falhar próximo jogo: «Isto é gozar com o ser humano»
>>>>>Plantel do Fátima SAD fala em «situação insustentável» e dá uma «última oportunidade» – November 27, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 jogo 0 0 NONE 7 o último jogo: 2, o próximo jogo: 2, o jogo: 2, jogo: 1
2 situação 0 250 NONE 6 situação atual insustentável: 1, a situação: 2, uma situação financeira: 1, situação atual: 1, a situação atual: 1
3 eu 0 140 NONE 6 (tacit) eu: 6
4 jogadores 0 70 NONE 6 Os jogadores: 2, os jogadores: 4
5 Fátima SAD 60 0 ORGANIZATION 5 O Fátima_SAD: 1, o Fátima_SAD: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Fátima_SAD): 3
6 Noel Gomes 0 0 PERSON 5 O Noel_Gomes presidente de a SAD: 1, (tacit) ele/ela (referent: Noel_Gomes): 4
7 Holdimo 80 0 ORGANIZATION 4 a Holdimo: 3, Holdimo: 1
8 jogos 0 0 NONE 4 dois jogos consecutivos: 1, vários os jogos oficiais: 2, jogos: 1
9 União Almeirim 0 0 ORGANIZATION 3 o União_Almeirim: 3
10 os atletas 0 0 NONE 3 (tacit) eles/elas (referent: os atletas): 3