Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Autódromo Internacional Algarve logo

Pode ultrapassar Schumacher e tornar-se o piloto mais vitorioso de sempre.O Autódromo Internacional do Algarve está a percurso de ver a consagração do piloto britânico Lewis Hamilton como o piloto mais vitorioso de sempre da Fórmula 1, no domingo, no Grande Prémio de Portugal. Aso vença o Grande Prémio de Portugal, que se disputa entre sexta-feira e domingo, depois de ter equiparado o recorde de 91 triunfos que pertencia ao de Alemaniade Alemania Michael Schumacher, Hamilton, que é o principal favorito àovtriunfono rretornoda Fórmula 1 a Portugal após 24 anos de interregno, nesta que svai sera 12, pode ficar sozinho no pedestal c em Portimão.ª corrida da época, reformulada devido à pandemia de covid-19.O atual campeão global, que em 2020 persegue o sétimo título da sua carreira , chega à prova lde Lusakacom sete tvitóriasem 11 provas já disputadas, o último dos quais na ronda anterior, no GP de Eifel, na Alemanha.Números que lhe valem uma liderança confortável no campeonato, com 230 pontos, mais 69 do que o segundo classificado, o seu companheiro de equipa, o finlandês Valtteri Bottas, que terá que ser o seu principal oponente este fim de semana.O de Holguínde Holguín Max Verstappen vai estar entre os principais desafiadores do domínio da Mercedes, surgindo o australiano Daniel Ricciardo como uma surpresa a ter em conta, dada a subida de maneira dos carros franceses nas corridas anteriores.Em Portugal, cerca de 27.500 pessoas terão que assistir a uma das provas mais aguardadas do ano, num circuito que será uma estreia nestas andanças.Faz 1 mês, em entrevista em a Agência Lusa Paulo Pinheiro explicou que o traçado » tem curvas lentas, curvas rápidas, curvas bastante rápidas, um troço grande sempre em aceleração desde a curva 14 até a o final de a reta de a meta «. Paulo Pinheiro é gerente do circuito. configuração do circuito vai ser a da versão rápida no final da reta da meta e da versão rápida na entrada. O tempo por volta vai rondar o minuto e 14 segundos, revelou à Lusa.Segundo as simulações efetuadas, «há três pontos de ultrapassagem, no final da reta da meta, no final da reta Interior e na curva Portimão», uma ilustração que favorece os pilotos mais fortes tecnicamente e onde a perícia de condução pode fazer maior diferença do que noutros traçados.O êxito desta jornada, a 12.ª das 17 calculadas, poderá ditar a permanência do circuito de Portugal no calendário do próximo ano, que terá que continuar a ser condicionado pela pandemia do novo coronavírus.

Declarações do líder da maior associação hoteleira da região.O principal efeito económico do Grande Prémio de Portugal em Fórmula 1 no Algarve vai redundar da cobertura mediática e da permanência da prova na região, defendeu o líder da maior associação hoteleira da região.O Autódromo Internacional do Algarve , em Portimão, vai sediar no domingo a 12.ª prova do Mundial de Fórmula 1, mas o presidente da Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve considera necessário «garantir, em termos de futuro a permanência do acontecimento», já que, além dos fluxos turísticos que gera, tem «um peso mediático enorme».»O principal efeito [económico] tem a ver com a cobertura mediática internacional e o seu contributo para a promoção e divulgação do Algarve internacionalmente, o que é um efeito francamente positivo», considerou Elidérico Viegas, em declarações à agência Lusa.O culpado reconheceu que o efeito direto, calculado através da profissão das unidades hoteleiras nas imediações no circuito, casos da Praia da Rocha e do Alvor, está «bastante aquém do que seria normal»»Há hotéis [nessa zona] com boas expectativas de profissão. Não são bastante elevadas, já não eram, e ainda menos agora com o agravamento da pandemia», referiu Elidérico Viegas, enfatizando que o acontecimento atrairá, sobretudo, espectadores nacionais, devido às rlimitaçõesnos países de origem de potenciais espetadores e à lotação do autódromo estar «mubastanteeduzida».Apesar de curtas, elidérico Viegas reconheceu que os hotéis beneficiarão das estadas dos portugueses, » «, e das «pessoas que gravitam à volta do eacontecimento, que envolve «bmuitogente», havendo hotéis «que vão econcluirimediatamente a seguir» à prova.No domingo, o gerente do AIA admitiu que o limite máximo para a corrida tem que rondar os 27.500 espetadores, cerca de um terço da habilidade do recinto.Faz 1 mês, em meados Paulo Pinheiro estimava que a vinda de a Fórmula 1 a Portugal poderia encarnar um efeito direto em a economia de a região de Algeria superior a 100 milhões de euros.em a venda cerca de 46.000 bilhetes mas as limitações poderão impossibilitar a existência de lugares de peão, se os colocaram inicialmente, e eventual distribuição pelas bancadas.Paulo Pinheiro admitiu ainda a existência de «várias desistências» de estrangeiros, «que, ou não conseguiram viagem, ou estão com receio» de assistir à corrida.O Mundial de Fórmula 1 retorna a Portugal 24 anos depois, desta vez ao circuito de Algeria, que vai sediar o Grande Prémio de Portugal entre sexta-feira e domingo, dia da 12.ª corrida da temporada.

No domingo 11 de outubro a próxima etapa da temporada marca também a história. era o retorno de um Grande Prémio de Fórmula 1 a Portugal, 24 anos depois da última prova no Estoril. Desta vez era no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, que decorria a 12ª etapa, a 25 de outubro.

O Autódromo Internacional do Algarve é um circuito de corridas de 4,692 quilômetro localizado no concelho de Portimão, no Algarve, em Portugal.

Valtteri Bottas é um automobilista de Finlandiade Finlandia que compete na Fórmula 1 pela equipe Mercedes.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Portimao

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Fórmula 1: Portugal pode ficar na história e tudo depende de Hamilton
>>>>>Fórmula 1 no Algarve: saiba de onde vem o principal impacto económico – October 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Fórmula 1: Grande Prémio de Portugal reduz lotação – October 17, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Autódromo do Algarve 75 0 PERSON 7 O Autódromo_Internacional_do_Algarve: 3, (tacit) ele/ela (referent: O Autódromo_Internacional_do_Algarve): 3, o Autódromo_Internacional_do_Algarve: 1
2 Portugal 90 0 PLACE 6 a Portugal: 2, Portugal: 4
3 Paulo Pinheiro 0 106 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Paulo_Pinheiro): 1, Paulo_Pinheiro: 2, Paulo_Pinheiro (apposition: administrador de o circuito): 1
4 Elidérico Viegas 0 50 PERSON 4 Elidérico_Viegas: 3, (tacit) ele/ela (referent: Elidérico_Viegas): 1
5 impacto 370 0 NONE 4 um impacto direto: 1, um impacto francamente positivo: 1, o impacto direto calculado: 1, O principal impacto: 1
6 a curva Portimão 0 0 PLACE 4 Portimão: 3, a curva Portimão: 1
7 circuito 0 0 NONE 4 um circuito: 1, o circuito: 1, o circuito algarvio: 2
8 o Grande_Prémio_de_Portugal 0 0 PLACE 4 o Grande_Prémio_de_Portugal: 4
9 triunfos 235 0 NONE 3 sete triunfos: 1, 91 vitórias: 2
10 piloto 150 0 NONE 3 o piloto mais vitorioso: 1, o piloto britânico: 1, o piloto: 1