Por: SentiLecto

A estreia absoluta da Fórmula 1 no Autódromo Internacional do Algarve, repleto de elevações, deu origem a imagens de rara beleza. Mas, ao mesmo tempo, o circuito de Algeria parece intimidarA Mercedes chegou a Portimão divertida, afirmando que «não havia sinal da montanha-russa que todos falavam», mas depressa ganhou respeito ao traçado de Portugal, como se percebe pelos vocábulos de Lewis Hamilton, que neste fim de semana se pode tornar o mais vitorioso de todos os tempos na Fórmula 1, suplantando as 91 vitórias de Michael Schumacher; e dar mais um passo para o sétimo título global que lhe permite equiparar o lendário piloto alemão.Faz 1 dia, o britânico fechou o dia de maneira discreta, em oitavo em a segunda sessão de treinos livres, 1,368 segundos mais lento do que o companheiro Valtteri Bottas e depois de ter segundo primeira. sido em o, ontem primeira. No final, confessou que «a sensação no carro não era assim tão boa», considerando a pista do Autódromo Internacional do Algarve «difícil e altamente desafiante».»As ondulações são inacreditáveis. Há muitos lugares onde simplesmente não consegues ver para onde estás a ir. Na saída da curva 8, ficas a olhar para o céu durante um fase de tempo e não tens ideia do que está a seguir», contou o seis vezes campeão global, constatando ainda que, como o asfalto é novo, «o piso é bastante liso». «Vimos pilotos a cometer erros, a escorregar e a entrar em pião, portanto não foi um dia fácil…», sintetizou.Ainda que passou, hamilton revelou por «uma sensação abominável na segunda sessão». «Tenho que dar alguns passos para trás e descobrir onde errei e onde posso melhorar amanhã [hoje]», completou, calculando uma «luta feroz» durante a qualificação de hoje, especialmente durante a Q1.Mesmo assim, a Mercedes pretende dar permanência ao pleno de «poles» que regista esta temporada – três foram de Bottas, oito pertenceram a Hamilton.

O finlandês Valtteri Bottas, da Mercedes, desbancou nesta sexta-feira o britânico Lewis Hamilton, companheiro de equipe e líder do Mundial de Pilotos, e liderou o primeiro treino livre para o Grande Prêmio de Portugal.No Autódromo Internacional do Algarve, localizado na cidade de Portimão, o proprietário do carro 77 cravou o tempo de 1min18s410, que foi 339 milésimos melhor do que o obtido pelo hexacampeão, que pode se tornar o maior ganhador da história da Fórmula 1, se ganhar a prova deste fim de semana, com 92 triunfos.Finlandês foi o mais rápido no arranque da Fórmula 1 em PortimãoO finlandês Valtteri Bottas foi esta sexta-feira o mais rápido na primeira sessão de treinos livres do Grande Prémio de Portugal, que arrancou no Autódromo Internacional do Algarve.Em Portimão, o piloto da Mercedes teve como volta mais rápida 1m18,410s, menos 339 milésimos que o colega Lewis Hamilton e 781 que o de Holguín Max Verstappen.Sendo o recorde de melhor volta de 2009, da autoria de Sebastien Buemi, em testes de Fórmula 1 , aquele foi naturalmente batido, logo que o segundo piloto completou o traçado, na ocasião Carlos Sainz . Gradativamente, a marca foi reduzindo para o novo máximo ficar nas mãos de Bottas.Esta tarde, a partir das 15h00, realiza-se a segunda sessão de treinos livres no circuito algarvio, com o qual os pilotos se estão a tentar familiarizar, uma vez que se trata de uma estreia absoluta – alguns já rodaram em Portimão, mas noutras categorias e não em F1.O Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 é a 12.ª prova da temporada e disputa-se no Autódromo Internacional do Algarve entre esta sexta-feira e domingo, 24 anos depois da última passagem do «Grande Circo» por Portugal.Líder do Mundial com 230 pontos, Hamilton pode fazer história, pois em caso de vitória torna-se no piloto mais vitorioso de sempre, suplantando as 91 corridas ganhas pelo alemão Michael Schumacher.Primeira sessão de treinos livres do Grande Prémio de Portugal1.º Valtteri Bottas , 1m18,410sRicciardo dividiu a satisfação dos pilotos do paddock com a presença no Algarve e só Hamilton só não gostou da designação de Vitaly Petrov para comissárioO retorno da Fórmula 1 a Portugal, após 24 anos de ausência, está oficialmente em passeata, tendo na quinta-feira as equipas passeado a pé ou de bicicleta pelo Autódromo Internacional do Algarve, antes de se dedicarem às conferências de Imprensa. Sendo o circuito de Portimão uma estreia absoluta, parece comprazer aos pilotos, como contou o da Renault, Daniel Ricciardo.»Todos esperam voltar no próximo ano, talvez mais cedo. Acho que há boas suposições. Se correr bem, e como os pilotos estão entusiasmados, isso pode auxiliar», dividiu o australiano, que correu na pista de Portugal há 11 anos, em GP2.No entanto, nem tudo esteve perfeito para iniciar, não devido às condições do circuito, mas pela designação de Vitaly Petrov para comissário, o que indignou Lewis Hamilton. Chamou-se o de Rusia havendo sempre um ex-piloto de Fórmula 1 encarnado em o painel, para auxiliar em a tomada de resoluções e em a avaliação de certos incidentes, depois de ter alegado não entender o gesto de ajoelhar antes de as corridas.»De acordo com as nossos costumes, as pessoas só se ajoelham num templo, perante Deus, e quando pedes a tua futura mulher em casamento. Eles estão a tentar chamar a atenção para a luta contra o racismo. A Rússia tem uma mentalidade diferente e não temos esse problema de que Hamilton fala. Tinham que pensar a nível mais mundial», declarou Petrov numa entrevista no seu país e que o seis vezes campeão global não deixou passar.»Declararia que é uma surpresa contratarem alguém com aquelas crenças e que fala tanto sobre coisas contra as quais estamos a tentar combater», reagiu, na quinta-feira, o britânico. Piloto de causas, tendo «um modo de vida diferente» dos corredores tradicionais, como declarou recentemente Bernie Ecclestone, Hamilton voltou ainda a explicar que tem tido problemas para negociar o novo contrato com a Mercedes nos tempos de obstáculos atuais. «Temos de nos sentar-se e ter uma conversa, mas agora não é a prioridade», considerou o seis vezes campeão.

No domingo 11 de outubro a próxima etapa da temporada marca também a história. era o retorno de um Grande Prémio de Fórmula 1 a Portugal, 24 anos depois da última prova no Estoril. Desta vez era no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, que decorria a 12ª etapa, a 25 de outubro.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Canada

Cities: Portimao, Hamilton

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Hamilton impressionado com o circuito: «Na saída da curva 8, ficas a olhar para o céu»
>>>>>Bottas desbanca Hamilton e lidera 1º treino livre para GP de Portugal – October 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>De volta à F-1 após 24 anos, Portugal pode ser palco de feito de Hamilton – October 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Fórmula 1: Portugal pode ficar na história e tudo depende de Hamilton – October 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Fórmula 1 no Algarve: saiba de onde vem o principal impacto económico – October 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Fórmula 1: Grande Prémio de Portugal reduz lotação – October 17, 2020 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>GP de Portugal: Bottas domina primeira sessão de treinos livres e há um novo recorde de melhor volta – October 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Uma polémica a abrir o Grande Prémio de Portugal de F1 – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Pedro Lamy: «Havia uma adrenalina extra pelo facto de correr em Portugal» – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>GP de Portugal: Bottas volta a destacar-se numa sessão acidentada – October 23, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Fórmula 1: Governo confirma lotação máximo para GP de Portugal – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Autódromo Internacional do Algarve confirma redução de espectadores na F1 – October 20, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>DIRETO | Acompanhe a corrida de Miguel Oliveira no GP de Aragão – October 18, 2020 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Venceu a covid-19 e volta a Portugal: «Sinto-me em grande forma» – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Público na Fórmula 1: movimento volta a acusar Governo de «discriminação» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Hamilton 180 40 PERSON 9 (tacit) ele/ela (referent: Hamilton): 4, Hamilton: 5
2 eu 10 146 NONE 8 (tacit) eu: 8
3 Valtteri Bottas 50 0 PERSON 6 o companheiro Valtteri_Bottas: 1, O finlandês Valtteri_Bottas de a Mercedes: 1, (tacit) ele/ela (referent: O finlandês Valtteri_Bottas de a Mercedes): 1, (tacit) ele/ela (referent: o companheiro Valtteri_Bottas): 1, º Valtteri_Bottas e: 1, finlandês Valtteri_Bottas: 1
4 Autódromo do Algarve 0 0 PERSON 5 o Autódromo_Internacional_do_Algarve: 5
5 você 0 0 NONE 5 (tacit) você: 5
6 Mercedes 0 42 OTHER 4 Mercedes: 1, (tacit) ele/ela (referent: Mercedes): 2, a Mercedes: 1
7 Portimão 60 0 PLACE 4 a Portimão divertida: 1, Portimão: 3
8 nós 40 0 NONE 4 (tacit) nós: 4
9 Lewis Hamilton 7 80 PERSON 3 o colega Lewis_Hamilton: 1, Lewis_Hamilton: 2
10 vezes 210 0 NONE 3 seis vezes campeão mundial: 2, seis vezes campeão: 1