Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Joao Sousa (14629210874)

Tenista vimaranense, que esta semana ocupa o 110.º lugar no «ranking» ATP, precisou de duas horas e 13 minutos para bater o gaulês Rinderknech pelos parciais de 6-4, 3-6 e 6-3. João Sousa, que , que pela primeira vez esta época venceu dois encontros consecutivos, após a vitória na estreia ante o de Italia Roberto Marcora, fica agora a aguardar pelo sorteio dos «qualifiers» para conhecer o oponente da ronda inaugural do ATP 250 de Lyon, acedeu, nesta segunda-feira, ao quadro principal do ATP 250 de Lyon, ao vencer o francês Arthur Rinderknech, em três «sets», na segunda e última ronda do período de qualificação da prova. O vimaranense, que esta semana ocupa o 110.º lugar no «ranking» ATP, precisou de duas horas e 13 minutos para bater o gaulês, aos 25 anos, número 125 mundial, pelos parciais de 6-4, 3-6 e 6-3.Sousa não entrou bem no encontro e depressa viu-se em desvantagem , mas no quinto jogo conseguiu devolver o «break» e, depois de impor nova quebra de serviço ao oponente, no nono jogo, fechou o primeiro «set».Na segunda partida, o número um português voltou a padecer o «break» no seu primeiro jogo de serviço e não foi capaz de recuperar, tendo sido obrigado a combater pela vitória no terceiro parcial, que sentenciou com somente uma quebra de serviço, para assegurar a qualificação para o quadro principal.

Jovem de Polinesia Francesa, no 15.º lugar no «ranking» WTA, levou de vencida a adversária checa em somente 46 minutos do jogo decisivo da provaA tenista de Polinesia Francesa Iga Swiatek exibiu-se, este domingo, implacável na final do torneio de Roma e derrotou a checa Karolina Pliskova, em dois «sets», para conquistar o seu terceiro título da carreira.A jovem Swiatek, de somente 19 anos, que figura no 15.º lugar no «ranking» WTA, impôs-se à checa, número nove mundial, por duplo 6-0, em asomente46 minutos de encontro.Depois de quebrar a oponente em três ocasiões durante o primeiro «set», a campeã de Roland Garros de 2020 somente perdeu três pontos no seu serviço em todo o desafio.Enquanto Karolina Plisvova subirá uma posição, graças aa vitória, Iga Swiatek, que este ano alcançou o título de Adelaide, ascenderá, pela primeira vez, ao «top 10» global empurrando a norte-americana Serena Williams para o oitavo lugar.Tenista vimaranense, de 32 anos, caiu três posições na hierarquia global da modalidade e ficou bem perto do compatriota Pedro Sousa. Top 10 não padeceu qualquer alteraçãoJoão Sousa desceu, esta segunda-feira, ao 110.º lugar do «ranking» ATP, que continua a ser liderado pelo de Sérrai Novak Djokovic, apesar da derrota padecida ante o espanhol Rafael Nadal na final do Masters 1.000 de Roma, no passado domingo.O tenista vimaranense, de 32 anos, desceu três posições na hierarquia ATP e está somente um degrau à frente do compatriota Pedro Sousa, que se mconservano 111.º posto e é, assim, o segundo melhor português entre a elite global.Djokovic, apesar de ter sido batido no confronto com o esquerdino Rafael Nadal, que conquistou o 10.º título em Roma e 36.º vitória em torneios de categoria Masters 1.000, segurou a liderança do «ranking» global, sendo seguido pelo de Rusia Danill Medvedev.O tenista de Manacor, de 34 anos, permanece na terceira posição da hierarquia global, num «top 10» que, esta semana, não padeceu qualquer mudança, embora tenha impedido o de Sérrai de revalidar o título em Roma.Entre os restantes jogadores de Portugal, Frederico Silva voltou a registar um novo máximo na carreira, ao ascender ao 169.º lugar, no mesmo dia em que Nuno Borges entrou, pela primeira vez, no «top 300», ao figurar no 296.º posto. João Domingues é, ainda assim, o terceiro melhor representante nacional, ao ocupar a 226.º posição.No «ranking» WTA, liderado pela australiana Ashleigh Barty, logo seguida da japonesa Naomi Osaka e da romena Simona Halep, houve uma nova entrada entre as 10 melhores do mundo, com a ascensão ao nono lugar da polaca Iga Swiatek, campeã no domingo do torneio de Roma, empurrando a checa Karolina Pliskova para a 10.ª posição.O tenista de Espanha bateu o sérvio para conquistar o 10.º título do Masters 1 000 de Roma.O tenista espanhol Rafael Nadal derrotou este domingo o de Sérrai Novak Djokovic para conquistar o 10. O de Sérrai Novak Djokovic é número um mundial.º título do Masters 1.000 de Roma, numa final debatida em três «sets».O jogador natural de Manacor, número três no ranking ATP, impôs-se a Djokovic, que defendia o título no pó de tijolo de Roma, pelos parciais de 7-5, 1-6 e 6-3, ao cabo de duas horas e 49 minutos de encontro.Depois de um primeiro «set» bastante equilibrado e disputado, Nadal deixou-se quebrar duas vezes no segundo parcial e, ao terceiro «set point» enfrentado, não conseguiu evitar o terceiro parcial.Relegada a resolução para a partida decisiva, o esquerdino espanhol, de 34 anos, após invalidar dois pontos de «break» no quinto jogo, quebrou o líder do ranking global logo a seguir e, fechou a contenda por 6-3, apesar de ter desperdiçado um «match point» no oitavo jogo.Graças àovtriunfo Nadal iequiparouos 36 troféus de Djokovic em torneios de categoria Masters 1.000 e conquistou o segundo título da temporada, após oatvitóriano ATP 500 de Barcelona.Naquele que foi o seu 28.º vitória em 57 encontros disputados com o de Sérrai, o antigo número um mundial tornou-se, pela 10.ª vez, campeão do Masters 1.000 de Roma, em vésperas de defender o 13.º título de Roland Garros, segundo ‘major’ da temporada.

No domingo 25 de abril jovem tenista de Portugal, 331.º colocado na hierarquia ATP, levou a melhor sobre o oponente de Espanha Carballes Baena na primeira participação em torneios da categoriaNuno Borges bateu, este domigo, o espanhol Roberto Carballes Baena na última ronda do qualificador e garantiu o acesso ao quadro principal do Estoril Open, naquela que era primeira participação em torneios do ATP Tour.Diante de um jogador bem mais experiente, Carballes Baena, que figurava no 91.º lugar no «ranking» global, o tenista da Maia, de 24 anos, precisou de somente dois «sets», com os parciais de 7-5 e 6-4, para continuar na prova em curso no Clube de Ténis do Estoril.Num duelo que se antevia difícil, Nuno Borges, 331.º colocado na hierarquia ATP, comprovou o seu bom momento de forma logo no primeiro «set», que arrancou com um «break» para cada lado, quando quebrou o adversário no providencial 11.º jogo e confirmou logo a seguir o benefício no marcador.Na segunda partida, depois do encontro ter sido suspendido, no 2-1, para o espanhol receber assistência ao braço direito, o campeão nacional e vice-campeão do «challenger» de Oeiras 2 fez no quinto jogo a quebra de serviço, ao quarto ponto de «break» de que dispôs, e não abrandou mais até selar a vitória.Ao suprimi Roberto Carballes Baena, que detinha um título ATP, conquistado em Quito , e que ganhou o «challenger» de Belgrado nesta época, Nuno Borges teria como possíveis oponentes no quadro principal do Estoril Open o francês Jeremy Chardy , o croata Marin Cilic , campeão do Open dos Estados Unidos , o australiano Jordan Thompson ou o cazaque Alexander Bublik .

João Pedro Coelho Marinho de Sousa é um tenista profissional de Portugalde Portugal que compete no ATP World Tour.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>João Sousa acede ao quadro principal do torneio de Lyon
>>>>>Swiatek bate Pliskova e conquista o torneio de Roma – (ojogo-pt)
>>>>>João Sousa desce no ranking ATP liderado por Djokovic – May 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Nadal e Djokovic defrontam-se em Roma, a duas semanas de Roland Garros – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Silva, Domingues e Borges com wild card para o challenger 125 de Oeiras – May 14, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Rafael Nadal bate Novak Djokovik e conquista 10.º título em Roma – May 16, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 ATP 0 0 ORGANIZATION 8 um título ATP: 1, o ranking ATP: 1, (tacit) ele/ela (referent: ATP): 1, ATP: 3, a hierarquia ATP: 2
2 jogo 0 0 NONE 6 o jogo decisivo: 1, º jogo e: 1, o nono jogo: 1, o quinto jogo: 2, o oitavo jogo: 1
3 Pedro Sousa 160 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: João_Sousa que): 1, compatriota Pedro_Sousa: 1, João_Sousa que: 2, Sousa: 1
4 tenista 120 0 NONE 5 jovem tenista português: 1, um tenista profissional português: 2, O tenista espanhol: 2
5 lugar 0 0 NONE 5 º lugar: 4, o oitavo lugar: 1
6 ranking 0 0 NONE 5 o ranking: 5
7 WTA 60 40 ORGANIZATION 4 WTA: 3, (tacit) ele/ela (referent: WTA): 1
8 número 0 40 NONE 4 o antigo número: 1, o número: 1, número: 2
9 triunfo 340 0 NONE 4 o triunfo: 2, º triunfo: 2
10 Rafael Nadal 100 0 PERSON 4 Rafael_Nadal: 1, Nadal: 2, o esquerdino Rafael_Nadal: 1