Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Beijing skyline – panoramio

Autores de carta aberta criticam política de desrespeito pelos direitos humanos por parte do governo de China.Mais de 180 associações políticas e de direitos humanos pediram, em carta aberta, um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno Pequim’2022, devido à política de desrespeito pelos direitos humanos do governo cde ChinaOs autores da carta pedem aos governos dos países participantes que se «comprometam com um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, para garantir que usa-se o acontecimento não para encorajar violações de os direitos humanos que têm, que têm sido cometidas pelo governo de China».Pequim tem enfrentado duras críticas, sobretudo dos países ocidentais, devido à fmaneiracomo tem lidado com os movimentos independentistas em Hong Kong e com o tratamento que tem dado às minorias étnicas no país.Os signatários da carta consideram que desde a atribuição dos Jogos Olímpicos de Inverno a Pequim, em 2015, o «presidente Xi Jinping desencadeou uma repressão implacável contra as liberdades fundamentais e direitos humanos».O porta-voz do ministério das Relações Exteriores da China considerou, entretanto, «irresponsável desejar suspender ou obstruir os preparativos e a execução normal dos Jogos Olímpicos por motivos políticos».Wang Wenbin declarou: «Esta iniciativa não obterá o suporte da comunidade internacional e está condenada ao fracasso».Em comunicado mandado à agência AFP, o Comité Olímpico Internacional garantiu que as preocupações lerguidaspelas organizações não governamentais «estão a ser tratadas com o governo do país e com as autoridades locais».Os Jogos Olímpicos de Inverno Pequim2022 têm que decorrer entre 04 e 20 de fevereiro do próximo ano, cerca de seis meses depois dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, protelados para o próximo verão devido à pandemia de covid-19.

Presidente do comité organizador voltou a garantir a execução dos Jogos em Tóquio.Os Jogos Olímpicos Tóquio’2020, protelados um ano por causa da pandemia de covid-19 «vão realizar-se, ocorra o que ocorrer» com a evolução da crise sanitária, declarou esta terça-feira o presidente do comité organizador japonês, Yoshiro Mori.»Temo que ultrapassar a discussão sobre se o acontecimento vai realizar-se ou não. A questão é saber-se como o vamos coordenar», adicionou Mori durante uma reunião entre o comité organizador e os culpados do Partido Liberal Democrata , no poder no Japão.conhecem-se as declarações de Mori, a menos de seis meses de o começo de os Jogos Olímpicos, em uma altura em que Yoshihide Suga anunciou o prolongamento por um mês de o estado de urgência, para evitar a propagação de a pandemia. Yoshihide Suga é o primeiro-ministro de Japon.»Nesta altura devemo refletir sobre uma nova espécie de Jogos Olímpicos» adicionou Mori, numa altura em que os organizadores japoneses exprimiram vontade em «fazer dos Jogos Olímpicos de Tóquio um modelo para as edições futuras».As limitações vigoram desde o princípio do ano, sendo que Tóquio é a cidade mais afetada do país.Faz 11 meses, o endurecimento de as condições de acesso a o Japão, para não residentes, já obrigou a o cancelamento de vários acontecimentos esportivos, incluindo provas de natação que servem de qualificação olímpica que foram proteladas para o começo sincronizadas e estando inicialmente agendadas para março.O ato simbólico de acender a chama olímpica continua marcado para o dia 25 de março.Os organizadores dos Jogos Olímpicos de Tóquio devem exibi na quarta-feira os detalhes sobre as contramedidas rostito à pandemia. As resoluções mais difíceis prendem-se com o número de espetadores.A opinião pública de Japon mostra-se contra a execução dos Jogos Olímpicos este ano porque receiam o agravamento da situação sanitária, de acordo com as sondagens mais recentes.

Pequim é a capital china e uma das metrópoles mais populosas do mundo.

Jogos Olímpicos de Inverno são um evento multiesportivo realizado a cada quatro anos, reunindo modalidades de desportos de inverno disputadas no gelo e na neve, sendo um dos eventos máximos do Movimento Olímpico, ao lado dos Jogos Olímpicos de Verão.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Hong Kong

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Jogos Olímpicos de Inverno debaixo de fogo: 180 associações apelam ao boicote
>>>>>Organização diz que Jogos Olímpicos «vão realizar-se, aconteça o que acontecer» – February 02, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 altura 0 0 NONE 5 esta altura: 1, uma altura: 4
2 direitos 320 0 NONE 4 direitos humanos: 2, os direitos humanos: 2
3 o presidente de o comité organizador japonês 0 0 NONE 4 (tacit) ele/ela (referent: o presidente de o comité organizador japonês): 3, o (referent: o presidente de o comité organizador japonês): 1
4 Jogos Olímpicos Tóquio 0 0 ORGANIZATION 3 Os Jogos_Olímpicos_Tóquio 2020 adiados um ano por_causa_da pandemia de covid-19: 1, o (referent: Os Jogos_Olímpicos_Tóquio 2020 adiados um ano por_causa_da pandemia de covid-19): 1, (tacit) ele/ela (referent: Os Jogos_Olímpicos_Tóquio 2020 adiados um ano por_causa_da pandemia de covid-19): 1
5 Mori 0 0 PERSON 3 Mori: 3
6 Pequim 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Pequim): 1, Pequim: 2
7 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
8 pandemia 0 100 NONE 2 a pandemia: 1, a pandemia de covid-19: 1
9 boicote 160 0 NONE 2 um boicote diplomático: 2
10 Jogos Olímpicos de Inverno 0 0 ORGANIZATION 2 os Jogos_Olímpicos_de_Inverno de 2022: 1, Os Jogos_Olímpicos_de_Inverno: 1