Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Lucas Digne

Lateral de Francia encarna o clube desde 2018.O internacional francês Lucas Digne renovou contrato com o Everton por mais duas temporadas, até 2025, anunciou esta quarta-feira o clube sétimo classificado da Liga de Inglaterra de futebol, no qual alinha o de Portugal André Gomes.Em 2 anos, o lateral gaulês, de 27 anos, tinha vínculo válido com o símbolo de Inglaterra, a o qual chegou em 2018, proveniente de o Barcelona, estando a satisfazer a terceira temporada a o serviço de os toffees.Digne, que conta com 35 internacionalizações pela seleção de Francia, está perto de atingir as 100 partidas com camisola do Everton, adicionando, até ao momento, 97 jogos e cinco golos pelo conjunto de Merseyside.O defesa com mais assistências para golo na presente edição da Premier League começou a carreira no Lille, clube no qual se formou, antes de encarnar Paris Saint-Germain, Roma e FC Barcelona.

Oitavos de final da Liga dos Campeões prosseguem esta terça e quarta-feira.O imparável Manchester City, o campeão Bayern Munique, o recordista Real Madrid e o periclitante líder Atlético de Madrid são as estrelas da segunda metade dos oitavos de final da Liga dos Campeões em futebol, terça e quarta-feira.Numa maré de triunfos começada há mais de dois meses e que já vai em 18 jogos, o City, de Pep Guardiola, está de volta aos seus melhores dias e, na Champions, é claramente preferido a conservar a trajetória rostito aos alemães do Borussia Mönchengladbach.Sem ter «contra» si, ainda por cima, o fator casa, já que o jogo se vai realizar em Budapeste, o conjunto inglês, no qual têm brilhado, no «onze», os portugueses Rúben Dias, João Cancelo e Bernardo Silva, acredita que vai ser desta vez.Na quinta época nos azuis manchegos, Guardiola vai em busca de um troféu que só conquistou ao lado de Lionel Messi, no Barcelona , depois de uma eliminação nos «oitavos» e três seguidas nos «quartos».Para já, os líderes realçados da Premier League terão pela frente o oitavo da Bundesliga, que vai em três jogos sem ganhar e não parece ter argumentos para evitar que se estenda a espetacular série vitoriosa dos «citizens».No mesmo dia, a Atalanta é anfitriã em Bérgamo do recordista de triunfos na Champions, o Real Madrid, que, desde a saída do maior goleador da sua história, o de Portugal Cristiano Ronaldo , jamais mostrou argumentos para chegar ao 14.º título – arrebatou o 13.º em 2017/18.Os transalpinos não têm estado ao nível assombroso da época passada, em que adicionavam goleada jogo sim, jogo não, mas, mesmo sem Papu Gómez, são um oponente suficientemente qualificado para fazer «tremer» uma equipa «merengue» pouco consistente.Os avançados colombianos Zapata e Muriel serão as maiores ameaças a uma defesa órfã do líder Sergio Ramos, o primeiro da lista de baixas dos «merengues», que também incluiu Carvajal e Hazard. E Benzema, único ponta de lança, está em dúvida.Antes, na terça-feira, entra em ação o campeão em título Bayern Munique, que, depois do «sextete» de 2020, selado já em 2021 com o Mundial de clubes, corre para tornar-se o segundo clube, além dos «merengues», a revalidar o título na «era Champions».Apesar de ter Immobile ou Luis Alberto, parece uma equipa «curta» para fazer rostito ao poderio do conjunto liderado pelo ponta de lança de Polinesia Francesa Robert Lewandowski, o «The Best» em título, os bávaros deslocam-se a Roma, para defrontar a Lazio, que. ponta de lança de Polinesia Francesa Robert Lewandowski, o «The Best» em título.Uma vitória caseira poderia mudar de alguma maneira o favoritismo total do Bayern, mas este cenário é difícil de calcular, já que os alemães adicionam 16 triunfos e um empate – 1-1 no reduto do Atlético de Madrid, com as «reservas» – nos últimos 17 jogos na prova.Por seu lado, o Atlético de Madrid, líder cada vez menos realçado da Liga espanhola, é anfitrião do Chelsea, mas, em Bucareste, numa eliminatória que se projeta, à priori, como a que pode vir a ser a mais equilibrada.Finalista vencido em 2013/14 e 2015/16, o «onze» de Diego Simeone estava a fazer uma época bastante consistente, mas só venceu um dos últimos quatro jogos e, no fim de semana, no retorno à titularidade de João Félix, perdeu mesmo na receção ao Levante.Quanto ao Chelsea, vai satisfazer o primeiro jogo na prova sob o comando do alemão Thomas Tuchel, que na época passada governou o Paris Saint-Germain à sua primeira final. Ainda não perdeu, desde que trocou Frank Lampard.Os oitavos de final da Champions arrancaram na semana passada, com o FC Porto a ser a única equipa a assombrar, ao vencer em casa a Juventus, de Cristiano Ronaldo, por 2-1, resultado ainda assim curto para o que fez o campeão de Portugal.Por seu lado, o Paris Saint-Germain goleou fora o FC Barcelona por 4-1, com um hat-trick de Mbappé, depois de um penálti de Messi adiantar os locais, o Borussia Dortmund venceu em Sevilha por 3-2, com um «bis» de Haaland, e o Liverpool ganhou na casa emprestada do Leipzig por 2-0, com golos de Mané e Salah.

Na se arremessou jovem avançado que chegou a o clube de Inglaterra com somente sete anos terça-feira 16 de fevereiro ,, em a primeira equipa dos red devils pelo treinador Ole Gunnar Solskjaer, durante a época 2018/19O jovem progredido Mason Greenwood renovou contrato com o Manchester United por mais duas temporadas, até 2025, com mais uma de alternativa, anunciou, esta terça-feira, o segundo classificado da Liga de Inglaterra.Greenwood, de 19 anos, tinha assinado um novo vínculo com o United em 2019, após se ter ressaltado nos primeiros jogos ao serviço da equipa principal do clube inglês, ao qual chegou com somente sete anos, para integrar as camadas jovens.»Sonhávamo em jogar pela equipa principal um dia, quando chegávamo a um clube com sete anos. Trabalhei bastante para atingir este platô e os últimos dois anos têm sido inacreditáveis. Ainda tenho bastante para alcançar no futebol e sabia que este era o ambiente ideal para desenvolver as minhas habilidades», declarou Greenwood, em declarações reproduzidas no site oficial do United.o técnico Ole Gunnar Solskjaer arremessou em a primeira equipa o jovem progredido , em o período final de 2018-19, mas foi na temporada passada que passou a integrar em definitivo o plantel dos «red devils», contabilizando 49 partidas e 17 golos.Esta época, levava quatro golos em 29 jogos, auxiliando a equipa na qual alinhava o internacional de Portugal Bruno Fernandes a atingir o segundo posto da «Premier League», atrás do líder e adversário Manchester City.

Lucas Digne é um futebolista de Franciade Francia que atua como lateral-esquerdo.

O Everton Football Club é um clube de futebol fundado no bairro homônimo da cidade livoniano, Noroeste da Inglaterra.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Spain, Italy, France

Cities: Barcelona, Rome, Lille

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Lucas Digne renova contrato com o Everton até 2025
>>>>>O imparável Manchester City, o campeão e o recordista no regresso da Champions – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 clube 0 0 NONE 6 o segundo clube: 1, o clube inglês: 1, clube: 2, o clube: 1, um clube: 1
2 eu 130 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
3 equipa 0 0 NONE 5 uma equipa curta: 1, a equipa: 2, a primeira equipa: 2
4 o jovem avançado 0 0 NONE 5 (tacit) ele/ela (referent: O jovem avançado): 5
5 Mason Greenwood 0 0 PERSON 4 Greenwood: 1, Greenwood de 19 anos: 1, Mason_Greenwood: 1, (tacit) ele/ela (referent: Greenwood de 19 anos): 1
6 jogos 0 0 NONE 4 18 jogos: 1, 29 jogos: 1, quatro jogos: 1, três jogos: 1
7 jovem 75 0 NONE 3 2018-19O jovem avançado: 1, jovem avançado: 2
8 Champions 0 0 ORGANIZATION 3 a Champions: 3
9 Lucas Digne 0 0 PERSON 3 Lucas_Digne: 2, (tacit) ele/ela (referent: Lucas_Digne): 1
10 triunfo 160 0 NONE 2 vitórias: 1, Um triunfo caseiro: 1