Por: SentiLecto

Seis milhões de euros é o valor assinalado.A Região de Turismo do Algarve congratulou-se com o retorno do MotoGP a Portimão e estima um efeito superior a seis milhões euros na economia da região, semelhante à edição do ano passado, mesmo sem público.Para o presidente da RTA, mesmo sem assistência, «há receitas diretas que são apreciáveis», resultantes das despesas de estadia, alimentação e deslocação da organização e das equipas participantes na prova.À Lusa, João Fernandes evidenciou que «é, obviamente, uma grande notícia» e que tem a esperança que «marque o reinício da atividade na Páscoa» e que possa também «divulgar a oportunidade de um destino que se está a preparar com todas as salvaguardas do ponto de vista sanitário».Assinalando que a saúde pública é a «prioridade número um», progrediu que neste período «está a perspetivar-se um grande prémio sem público», mas destacou a importância para a «notoriedade e projeção internacional da marca Algarve», já que a prova chega «a 428 milhões de lares em todo o mundo».O dirigente realçou a «especial pertinência» da prova ocorrer em meados de abril, numa altura do ano que considerou ser «bastante importante dar ao Mundo a ideia de alguma recomeça da normalidade», numa período que em que acredita que «à partida» o país estará «numa condição de saúde pública diferente» da atual.Quanto a uma permanência da prova em Portimão, relembrou que a primeira vinda do MotoGP ao Algarve foi precedida de uma «negociação de três anos», na perspetiva de poder ocorrer «com alguma regularidade» – tanto o Moto GP como a Fórmula 1 -, destacando, contudo, que são «calendários muitos disputados» e por isso, «nem sempre há essa chance».João Fernandes realçou que, aquando da prova de Fórmula 1 em 25 outubro do ano passado – que precedeu a do MotoGP, em 22 de novembro -, «foi feito um investimento para melhorar o pavimento da pista», numa ação de «qualificação da própria estrutura» a pensar «não só no momento, mas também nas chances futuras».A organização do campeonato e a Federação Internacional de Motociclismo anunciaram hoje Portugal vai sediar pelo segundo ano consecutivo uma prova do Mundial de MotoGP, em 18 de abril, no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão.O deferimento das corridas marcadas para Argentina e Estados Unidos , devido aa ampliação de casos provocados pela pandemia do novo coronavírus, promoveu o Autódromo Internacional do Algarve de suplente a circuito efetivo do campeonato.Portugal vai sediar a terceira etapa do Mundial de MotoGP, que arranca em 28 de março, em Losail, no Qatar, o mesmo o GP de Doha em 04 de abril. O GP de Doha é circuito que receberá a segunda etapa.Faz 5 meses, quando Miguel Oliveira arrebatou a segunda vitória em a classe rainha de o motociclismo de velocidade, Portimão recebeu pela primeira vez uma corrida de MotoGP, em 22 de novembro, depois de o vitória em Estíria, em a Áustria, em 23 de agosto, em 2020.Esta será a 15.ª edição do Grande Prémio de Portugal de MotoGP, depois de 12 edições, entre 2002 e 2012, terem sido disputadas no autódromo do Estoril e a de 1987 no circuito de Jarama, em Espanha.

No dia em que o MotoGP confirmou o retorno ao Autódromo Internacional do Algarve, lembre a vitória do português Miguel Oliveira na corrida de novembro último, em que o piloto da KTM fechou a época com chave de ouro, vencendo a prova no país natal. Veja o vídeo no «tweet» abaixo.Esta é a primeira vez que o circuito de Portugal alberga uma prova do Mundial de Resistência, depois de já ter sediado corridas das European Le Mans Series.O Autódromo Internacional do Algarve vai sediar a abertura do Mundial de Resistência automóvel , em 4 de abril, depois de a prova calculada para Sebring ter sido protelada, informaram hoje os promotores do campeonato.»Devido à rápida evolução do novo coronavírus, bem como à mudança de diretivas de diferentes governos, que inclui relimitaçõese viagens, o WEC não qudesejaorrer riscos desnecessários», lê-se no comunicado.tomou-se esta resolução em conjunto com a Federação Internacional do Automóvel e a IMSA, organizador de as corridas de resistência em os EUA.Com o deferimento da corrida de Sebring, inicialmente agendada para 18 de março, Portugal passa a sediar a prova de abertura do Mundial, no qual participam os portugueses Filipe Albuquerque e António Félix da Costa, com uma nova corrida de oito horas, em 4 de abril.Esta é a primeira vez que o circuito de Portugal alberga uma prova do Mundial de Resistência, depois de já ter sediado corridas das European Le Mans Series.Faz 1 ano, foi palco, pela primeira vez, de uma prova de o Mundial de Fórmula 1, devido em a revisão de o calendário imposta por a pandemia de covid-19, em 2020.ortimão volta a sediar uma prova do Mundial de motociclismo de velocidade – a 18 de abril -, depois de já o ter feito em novembro.se formalizou a resolução em esta sexta-feira e Portugal vai mesmo receber um Grande Prémio de MotoGP pelo segundo ano consecutivo. O Autódromo Internacional do Algarve será palco da terceira corrida da temporada, que vai decorrer entre 16 e 18 de abril.EM ATUALIZAÇÃO

Na quarta-feira 13 de janeiro marca de Australia vai conservar-se no Mundial de MotoGP, pelo menos, até 2026.A KTM, marca austríaca pelava qual alinha o português Miguel Oliveira, vai conservar-se no Mundial de MotoGP pelo menos até 2026, anunciou aquele construtor de motas.O acordo para a manutenção da marca ao nível oficial no campeonato promovido pela companhia Dorna já foi assinado.O de Alemania Pit Beirer em comunicado declarou: » estava altamente contente por anunciar esta prorrogação do contrato por mais cinco anos». O de Alemania Pit Beirer é o diretor esportivo da marca austríaca.A KTM entrou na categoria rainha do Mundial de velocidade de motociclismo, a MotoGP, em 2017, depois de já ter ganhava um primeiro campeonato de Moto3 em 2012.Faz 1 ano, a marca concluiu em o quarto lugar entre os construtores, tendo conseguido três triunfos, duas de elas pelava de Portugal Miguel Oliveira, em a Estíria e em Portimão, em 2020.Para o culpado da Dorna, o espanhol Carmelo Ezpeleta, esta era «uma boa notícia, não só para o campeonato, mas para todo o desporto».»Esta prorrogação ocorria após uma época em que conseguiram três triunfos, uma pelo de Sullana Brad Binder na República Checa e dois históricas vitórias por Miguel Oliveira, na Estíria e na sua corrida em Portugal, o que veio confirmar as suas potencialidades no desporto mais exigente do motociclismo», frisou.

João Fernandes de Oliveira era um contratador de diamantes na região de Diamantina.

Portimão é um concelho e uma cidade portuguesa no distrito de Faro, região e sub-região do Algarve.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Argentina, United States, Qatar, Austria

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>MotoGP: Turismo do Algarve estima efeito de milhões na economia
>>>>>Recorde o momento da vitória de Miguel Oliveira no Grande Prémio de Portugal – (ojogo-pt)
>>>>>Algarve vai receber abertura do Mundial de Resistência – January 22, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>É oficial: MotoGP regressa a Portugal em abril de 2021 – January 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Portugal bateu o pé à Noruega, mas não evitou a primeira derrota no Mundial – January 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Confira os 16 convocados de Paulo Jorge Pereira para o Portugal-Argélia – January 18, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Paulo Jorge Pereira: «Noruega pode ter um significado especial» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>»Portugal tem imensa qualidade e está aqui para lutar pelas medalhas» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Autódromo do Algarve 60 0 PERSON 9 o Autódromo_Internacional_do_Algarve: 3, (tacit) ele/ela (referent: o Autódromo_Internacional_do_Algarve): 1, O Autódromo_Internacional_do_Algarve: 2, (tacit) ele/ela (referent: O Autódromo_Internacional_do_Algarve): 3
2 Portimão 0 0 PERSON 6 Portimão: 6
3 Miguel Oliveira 0 80 PERSON 5 o português Miguel_Oliveira: 1, (tacit) ele/ela (referent: Miguel_Oliveira): 1, Miguel_Oliveira: 2, português Miguel_Oliveira: 1
4 Portugal 0 0 PLACE 5 Portugal: 5
5 triunfo 265 0 NONE 3 três vitórias: 2, o segundo triunfo: 1
6 campeonato 60 0 NONE 3 o campeonato promovido: 1, um primeiro campeonato de Moto3: 1, o campeonato: 1
7 Estíria 0 0 PLACE 3 Estíria: 1, a Estíria: 2
8 João Fernandes de Oliveira 0 0 PERSON 3 João_Fernandes_de_Oliveira era um contratador de diamantes em a região de Diamantina: 1, João_Fernandes: 1, (tacit) ele/ela (referent: João_Fernandes): 1
9 MotoGP 0 0 ORGANIZATION 3 o MotoGP: 2, a MotoGP: 1
10 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3