Por: SentiLecto

Declarações do presidente do Benfica prestadas à BTV, canal do clube lde Lisboa em entrevista acerca da atualidade encarnada, feita três meses após ter sido eleito.Porquê Nélson Veríssimo para treinador do Benfica: «É da casa e nesta transição era imprescindível dar um choque. É da casa e de extraordinária característica, o que desenvolve na equipa B é sinónimo na característica, é um jovem treinador com pretensão enorme, acima de tudo conhecia parte deste plantel, já teve muitos destes jogadores. Tenho maior confiaça no Nélson, acredito, sei o quanto padece pelo clube, será mais um a uni-se aos que lá estão e ao mínimo resultado não positivo para o clube vai padecer a dobrar. Acreidto que é a pessoa ideial neste momento para dar a volta ao fatidíco mês de dezembro. É o treinador que nos levará a superar isto. Seremos cautos. Mas se tens tanta confiança porquê nao ano e meio? Tinha-o posto como interino, se nao tivesse tanta confiança. Neste momento, estou persuadido que não vai ser só para seis meses. Espero uma reação de um plantel extraordinário.»

Rui Costa, se entrevista presidente de o Benfica, esta quarta-feira na BTV, canal do clubeDeclarações do presidente do Benfica prestadas à BTV, canal do clube lde Lisboa em entrevista acerca da atualidade encarnada, feita três meses após ter sido eleito.Auditoria forense à SAD: «A auditoria foi feita pela Ernest and Young. Faz 1 mês, exibiu nos os resultados, a mim, a o vice-presidente de a área jurídica e a advogados a 22 dezembro [ ]. A primeira foi feita a reboque do que foi feito pelo Ministério Público. Iniciámo nos primeiros três contratos que o Ministério Público levou para o inquérito. Danificou-se o Benfica em esses três contratos, nada foi achado nem mostrou que [ em determinadas negócios de futebolistas ].»Constituir assistente no processo Operação Cartão Vermelho: «Se o decidiu por os nossos advogados que o Benfica não se iria constituir assistente porque não justificava para já tomada de posição, reservando para futura posição caso se venha a justificar. Percebo a situação porque prometi aos adeptos que seriam tal como me prometeram, entregue em outubro. Que isso foi entregue, não seria lógico da nossa parte quebrar o segredo de justiça, mesmo que desejássemos fazer alguma coisa no momento em. Os advogados sugeriram, juntamente com a companhia, era estender esta auditoria aos restantes contratos que o MP e a JP tinha em sua posse, ou seja, aos 55 contratos. Se houvesse alguma intenção de esconder, tinha-me ficado naqueles três contratos e deixar o processo como ele estava. Desejámo levar tudo até ao fim. E no final analisaremos em que ponto está a situação. Se pelo meio considerarmos que teremos que ser assistentes do processo assim o vamo ser. Alargámos a auditoria a todos os 55 contratos que o MP tem em mãos. Vou ser implacável neste processo, não deixando dúvidas a ninguém.»Declarações do presidente do Benfica prestadas à BTV, canal do clube lde Lisboa em entrevista acerca da atualidade encarnada, feita três meses após ter sido eleito.Assinaturas nos contratos de aquisições de futebolistas sob inquérito na Operação Cartão Vermelho? «Assinei como gerente. Isso não significa um conluio ou que soubesse de qualquer coisa que fosse. Tinha que ser uma pessoa bastante burra que não só renunciaria de dividendos financeiros para auxiliar no que deseja que fosse. É pouco claro na minha cabeça que tenham essa ideia de mim. Tenho a consciência tranquila .Que sentido faria em vez de sair e estar escondido num canto à espera que o navio passasse em vez de estar como presidente? Sabia que o escrutínio seria bastante maior.»

No domingo 19 de dezembro Declarações de Vasco Seabra, treinador do Marítimo, à BTV, após a goleada spadecidacom o Benfica , no estádio da Luz, em jogo a contar para a 15.ª jornada da Liga Bwin.Análise da goleada padecida: «Foi basicamente um jogo com pouca história. pensava que o Benfica acabou por fazer o golo logo na primeira vez que chegou à nossa baliza. E depois a nossa resposta parecia-me que foi boa. Desejámo competir, olhar mais para a frente, pressionar alto também e acabámos por padecer um golo logo a seguir com um lance até algo esquisito e depois o resultado acabava por se avolumar. Não tivemos depois habilidade para conseguir aliviar outra vez e conservarmo o nosso registo. Infelizmente, era uma derrota que nos doíam, um resultado que pesava naturalmente porque era sempre duro padecer tantos golos. Nos últimos três jogos tínhamos padecido dois golos e conseguíamo estancar quase todas as chances na nossa baliza e neste jogo não conseguíamo. E tal como temos feito quando ganhamos, temos 24 horas para sermos felizes e agora temos 24 para sofrer e voltar com entusiasmo ao máximo para dar uma resposta.»Resultado demasiado: «A verdade era que nós desejámo ser iguais a nós mesmos e assim encarávamo os nossos jogos. Infelizmente o resultado avolumou-se para números que pareciam demasiados porque também nos últimos 15 minutos a equipa ficava bastante batida. pensava que nós conseguíamo efetivamente garantir muitas coisas positivas. Agora, também tivemos outras em que cometíamo erros, com perdas de bolas contra um oponente tão forte era mais difícil conseguir invalidar os momentos de transição porque eram fortíssimos neste momento e nos expusemos em algumas situações e reduzíamo a nossa taxa de agressividade.»Derrota pesada: «A equipa reagirá da mesma maneira que quando nós vencíamo, reagia. Nós fizemos três jogos e sete pontos e falámos durante a semana, quando cada um de nós dá o melhor que tem, nós sentimos depois o descanso na cama porque sabemos que as coisas vão acontecer. Hoje não ocorreu, infelizmente cometemos os nossos erros. Mas a equipa tem espírito, tem resolução. E este foi um resultado que não desejávamo que ocorresse. Tivemos um percalço. Também não começamos a caminhar, engatinhávamo, de quando em quando dávamo uns tropeços, quando nascíamo. estávamo tristes, decepcionados, mas era como falei há pouco: temos 24 horas para nos recuperar e voltar alegremente máxima.»

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: New Zealand

Cities: Nelson

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Nélson Veríssimo? Estou persuadido de que não será só para seis meses»
>>>>>EM DIRETO | Acompanhe a entrevista de Rui Costa – (ojogo-pt)
>>>>>Rui Costa e a auditoria à SAD do Benfica: «Alargámos aos 55 contratos que o MP tem. Serei implacável» – (ojogo-pt)
>>>>>Rui Costa diz que assinaturas em contratos não significam conluio: «Teria de ser muito burro» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 240 220 NONE 38 (tacit) nós: 29, nós: 4, nos: 5
2 eu 225 75 NONE 31 (tacit) eu: 26, me: 3, mim: 2
3 resultado 80 185 NONE 9 um resultado: 5, Resultado demasiado: 1, o mínimo resultado: 1, o resultado: 2
4 contratos 0 0 NONE 9 esses três contratos: 1, três contratos: 2, os restantes contratos: 2, os 55 contratos: 1, contratos: 2, aqueles três contratos: 1
5 Nélson Veríssimo Porquê 80 150 PERSON 7 (tacit) ele/ela (referent: Porquê_Nélson_Veríssimo para treinador de o Benfica): 6, Porquê_Nélson_Veríssimo para treinador de o Benfica: 1
6 era 80 130 NONE 4 era sempre duro: 1, tão forte era mais difícil: 1, era: 2
7 BTV 0 0 ORGANIZATION 4 a BTV: 4
8 Benfica 0 0 ORGANIZATION 4 o Benfica: 4
9 derrota 0 240 NONE 3 uma derrota: 2, Derrota pesada: 1
10 pessoa 0 160 NONE 3 uma pessoa muito burra: 2, a pessoa ideial: 1