Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Escudo do Esporte Clube Vitória

Câmara de Setúbal toma posse do Estádio Bonfim sem trocar fechadurasA presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Maria das Dores Meira, participou na visita técnica ao Estádio do Bonfim, recinto cujos direitos de superfície são do município, acompanhada por membros do executivo camarário e funcionários.Ao contrário do que tinha sido comunicado pela edilidade, que desde 12 de novembro é detentora dos direitos de superfície do Bonfim, em carta mandada ao presidente do Vitória de Setúbal, Paulo Rodrigues, a mudança de fechaduras não foi efetuada, revelou o dirigente do clube do Campeonato de Portugal.Sem disponibilidade para responder às pquestõesdos jornalistas, Maria das Dores Meira explicou, no final da visita que durou mais de duas horas, que é intenção da autarquia cuidar do espaço cujos direitos fse os acomprou.Temos por costume cuidar bem daquilo que é património desta cidade. Neste momento, o estádio é património da Câmara Municipal e desejamo cuidar bem deste estádio e da memória daqueles que ao longo de 110 anos deram a glória a Setúbal, à nossa região e ao nosso país. Não desejamo que fique o ónus na Câmara Municipal de deixar degenerar ainda mais o que está edificado», vincou.Uma vez que permitiu na Câmara ver o estado em que se encontra o recinto, paulo Rodrigues considera que a visita, que tinha cerca de 100 pessoas junto na sala de jornalismo aquando da chegada dos representantes da autarquia, foi muito útil. Paulo Rodrigues é eleito presidente do clube a 18 de outubro.iquei contente com a visita da presidente. Como é meu dever, fui-lhe mostrar o estádio e pôde ver como estão as partes mais degradadas no espaço. Como nos competia, fizemos o nosso trabalho e estou orgulhoso por a presidente ter ficado mais por dentro da realidade que, acho, não conhecia bem. Acho que hoje saiu um pouco mais esclarecida daqui», referiu.Depois de os últimos tempos terem sido marcados pelo nervosismo entre os líderes do município e do Vitória, que não foi convidado para a cerimónia do 110.º aniversário do clube que decorreu diante dos Paços do Concelho, Paulo Rodrigues lamentou o sucedido.»Desejo pedir desculpas se algum dia ofendi alguém. Acho que não o fiz, restringi-me a defender o Vitória e os sócios do clube respondendo ao que veio nos jornais. Fui sempre intransigente com o que ia lendo e escutando. Se sou presidente é porque os sócios o desejaram e acho que continuarei a sê-lo. Estou aqui pelos sócios e pelo clube e vou sempre defendê-los»,alegouu.Maria das Dores Meira, que à chegada ao Bonfim retribuiu a receção fria e tensa que teve dos dirigentes, não entrou em pormenores na declaração que fez no final da vistoria.»Viemos aqui, conversámos com a direção do Vitória, o seu presidente e todos aqueles que nos desejaram acompanhar. Verificámos como está a situação do clube para agora fazermos aqui também um aprimoramento em relação ao edificado e ao campo», declarou.Paulo Rodrigues fez questão de destacar o protagonismo da Câmara Municipal tem no futuro do Vitória de Setúbal, que se discute com uma grave crise depois de ter sido relegada da I Liga de futebol ao Campeonato de Portugal.»Queremo compreender-nos porque a Câmara é uma parceira oficial do Vitória há muitos anos. Senti essa abertura e penso que a presidente saiu daqui um pouco mais informada da verdade realidade atual do Vitória e penso que nos vai ajudar a partir de hoje», referiu.O presidente do Vitória de Setúbal, que vai em 04 de dezembro saber se continua à frente dos destinos do clube, depois de os sócios votarem em Assembleia Geral Extraordinária se destituem o dirigente, deixou uma mensagem aos adeptos.»Gostava de dizer aos sócios para terem um pouco de paciência, porque nada se faz num dia. Não temos varinhas mágicas, temos trabalhado muito e ajudado toda a gente: funcionários, jogadores, ‘staff’ da SAD e credores. Temos feito tanta coisa em tão poucochinho tempo que fico espantado quando sou confrontado com um requerimento de 113 sócios que desejam que saiamos do Vitória. Somos direção há pouco tempo [eleito a 18 de outubro] e isso não faz sentido», concluiu.

Vitória de Setúbal foi ao Algarve conquistar os três pontos.A contar para a quinta jornada do Campeonato de Portugal, Série H, o Vitoria de Setúbal viajou até Olhão e venceu os de Algeria por 3-1.Com uma primeira parte demolidora, os sadinos marcaram ao minuto 22 por Bruno Ventura e por José Semedo pouco depois . O Olhanense viria a diminuir ainda antes do pausa, por Caleb, aos 35 minutos, de grande penalidade.Na etapal final, o Olhanense entrou com vontade em reverter o resultado, com Gabionetta a estar perto do empate, mas seria o V. Setúbal a marcar ao minuto 75, por João Serrão, de cabeça, após livre de Nuno Pinto. O Olhanense viria a diminuir já perto do final tempo de compensação por Jacopo.A equipa de Alexandre Santana apanha o Amora na liderança da Série H do Campeonato de Portugal e no estádio contou com a presença de Maria das Dores Meira, presidente da autarquia de Setúbal, isto numa semana marcada pela polémica.

O Esporte Clube Vitória é um clube multiesportivo brasileiro, acolhido na cidade salvadorenha, no estado da Bahia.

Maria das Dores Marques Banheiro Meira ComM é uma política de Portugal, atual Presidente da Câmara Municipal de Setúbal.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Portugal

Cities: Setubal

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Neste momento, o Estádio do Bonfim é património da Câmara Municipal»
>>>>>Triunfo sadino em Olhão com a presidente da Câmara presente após polemica – November 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Cerimónia do 110.º aniversário do V. Setúbal vai ser celebrada nos Paços do Concelho – November 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Plantel do V. Setúbal revela que incumprimento salarial persiste – November 19, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Aljustrelense muda de treinador e também há retoques no plantel – November 18, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 120 155 NONE 18 (tacit) eu: 17, me: 1
2 nós 3 80 NONE 13 nos: 2, (tacit) nós: 11
3 Maria Dores Meira das 120 180 PERSON 6 Maria_das_Dores_Meira e tensa: 3, Maria_das_Dores_Marques_Banheiro_Meira_ComM: 1, Maria_das_Dores_Meira: 2
4 Paulo Rodrigues 0 120 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Paulo_Rodrigues): 3, Paulo_Rodrigues (apposition: eleito presidente de o clube): 1, Paulo_Rodrigues: 2
5 Vitória 30 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: o Vitória): 3, o Vitória: 2, o (referent: o Vitória): 1
6 sócios 0 0 NONE 4 os sócios: 2, 113 sócios: 2
7 visita 140 0 NONE 3 a visita: 2, a visita técnica: 1
8 Olhanense 50 0 ORGANIZATION 3 O Olhanense: 2, o Olhanense: 1
9 estádio 0 0 NONE 3 este estádio: 1, o estádio: 2
10 recinto 0 0 NONE 3 o recinto: 1, recinto: 2