Por: SentiLecto

Antigo jogador do FC Porto fala de um médio taticamente muito evoluído, mas entende que tem condições para ser mais completo.A viver em Belgrado, Ljubinko Drulovic tem acompanhado as exibições de Grujic no FC Porto. «Aproveitou estas oportunidades e tem feito excelentes jogos, tanto na Liga dos Campeões como no campeonato português. Tecnicamente, é muito evoluído; não é muito rápido, mas tem uma passada larga e chega a qualquer lado rapidamente, até porque é inteligente. Naquela posição tem tudo. Joga fácil ao primeiro ou segundo toque. Tem altura, também é bom de cabeça», destacou o treinador que levou a Sérvia ao título Europeu de sub-19, em 2013. Só lhe aponta uma coisa negativa:»Tem de arriscar mais na zona de finalização, até porque tem um bom remate. Vi em alguns jogos que podia ter tentado o golo, mas preferiu passar a bola para o lado ou para a frente.»O antigo jogador considera que o médio não estava a jogar com tanta regularidade porque «a concorrência no FC Porto é muito grande», mas lembra que se trata de «um jogador muito jovem e com margem para evoluir.» «Tem muita cultura tática. Adapta-se a qualquer tipo de estratégia», reforça. Jogar em 4x4x2 ou em 4x3x3 não é diferente para Marko. «Pode jogar sozinho, como trinco, e sabe que tem de fechar mais atrás, sem subir tanto no terreno, mas, se o FC Porto jogar em 4x4x2 e ele jogar com mais um companheiro no meio-campo, torna-se ainda mais forte», sublinha.Drulovic não está surpreendido com o momento atual do compatriota. «Está a ser a época de adaptação, mas agora já mostra o real valor», sintetizou, explicando porquê. «Já conhece a equipa e a maneira como se joga em Portugal. Faltava-lhe ritmo de jogo, mas esta continuidade dá-lhe confiança e ajuda-o em termos psicológicos, porque também é importante que um jogador tenha estabilidade mental. De certeza que o Sérgio Conceição está a apoiá-lo e a dar-lhe confiança», destaca.»Seria bom para ele continuar no FC Porto»Numa altura em que o futuro do jogador não está certo, Drulo deixa um conselho. «Seria bom para ele continuar no FC Porto, seja a título definitivo ou por empréstimo. Está num grande clube e pode jogar a Liga dos Campeões. Isso é fundamental para ele, porque está numa idade de se afirmar como jogador de equipa grande, de top do futebol europeu. Se jogar no FC Porto, vai ser titular da seleção da Sérvia», perspetiva, certo de que a continuidade do médio «seria boa para as duas partes.»

Bino Maçães fez a antevisão da deslocação do V. Guimarães ao reduto do FC Porto, marcada para as 21h00 de quinta-feira.Confiança da equipa: «O Vitória começa a exorcizar alguns fantasmas do passado e isso será muito importante na confiança de que os jogadores precisam não só para o jogo com o FC Porto, como também para os seguintes. Vejo uma equipa a querer crescer e a trabalhar, empenhada em fazer bem as coisas. Mesmo ganhando, há sempre retificações a fazer e é nisso que nós trabalhamos, no sentido de reforçar a confiança da equipa e também na assimilação dos processos de jogo para que sejam cada vez mais eficazes».A anterior intermitência de Edwards e a recuperação nos últimos jogos: «Não gosto de particularizar ou de falar de um só jogador. O Edwards é um dos jogadores da nossa equipa e trata-se de um grande talento. Fez uma grande temporada em 2019/20 e, naturalmente, queremos que volte a ajudar o Vitória. Queremos isso dele e dos outros jogadores, queremos que ponham em prático aquilo que sabem fazer de melhor. Tenho a certeza de que se crescerem nesse sentido seremos mais fortes no futuro. É assim que enquadro o Edwards. É um dos jogadores que conseguem desequilibrar, como outros que temos na equipa, todos com muita qualidade. Cada um, dentro das suas funções, deve dar o seu melhor e crescer e também acredito que a última vitória poderá libertá-los para melhores desempenhos».O Vitória só está a defender o sexto lugar ou ainda olha para o quinto? «Olhamos para todas as equipas, mas o nosso foco principal é olharmos para a frente. Tem sido assim desde o primeiro dia, desde que cheguei. Tentamos fazer o nosso caminho, encurtando distâncias para cima e melhorar em termos de rendimento. Se nos vamos aproximar ou não do Paços de Ferreira, isso já dependerá dos nossos jogos. Quero é que os jogadores se libertem porque a instabilidade que se criou como resultado dos maus resultados levou a algum negativismo. Mas volto a sublinhar que estamos a lutar pela Europa, não estamos a lutar pela permanência. É uma pressão muito boa».A indisponibilidade de Quaresma: «Regressou agora aos treinos e ainda não está pronto na totalidade para o jogo com o FC Porto. Eventualmente já estará apto para o jogo seguinte, frente ao Nacional, nessa altura já poderemos ter uma ideia diferente. Está num processo de crescimento em termos físicos e a evoluir da lesão. Julgo que está bem encaminhado no sentido de regressar em breve».O desgaste do FC Porto: «É verdade que o FC Porto vem de uma densidade grande de jogos, mas tem um plantel recheado de muitos e bons jogadores. Tem várias opções e essa gestão pode ser feita de uma forma clara, como se tem percebido. Acredito por isso que o FC Porto vai apresentar-se bem e muito forte, criando-nos muitas dificuldades. Espero que os meus jogadores também pensem assim para que joguem totalmente focados desde o primeiro minuto. Não será um bom princípio acreditarmos em facilidades. A jogar em casa, o FC Porto é sempre muito forte e, ao ter encurtado para seis pontos a distância para o Sporting, ainda pensa mais em chegar ao título. Vão entrar com tudo e, por isso, não podemos contar com esse fator [desgaste]. Teremos é de responder a um FC Porto muito forte».Postura do Vitória no Dragão: «O Vitória terá de aproveitar todos os momentos do jogo, sendo muito consistente. Sabemos que temos pela frente um jogo difícil e que poderemos passar uma parte do tempo num processo defensivo. Sendo consistentes, teremos de procurar as nossas oportunidades, sendo uma equipa agressiva e determinada na procura e encurtar espaços ao FC Porto. Quando tivermos bola, vamos explorar as nossas qualidades e mais-valias no jogo no sentido de ferir o FC Porto. É com esse intuito que vamos para o jogo e espero que a equipa se apresente confiante, fruto da última vitória, para que se possa libertar em termos ofensivos. Em termos defensivos, a equipa deu, de resto, uma grande resposta contra o Santa Clara. Queremos manter essa consistência defensiva. Era importante não sofrermos golos e, por isso, acredito que a equipa será capaz de dar um passo em frente, procurando a baliza do adversário com grande determinação».Técnico português avaliou o perfil do extremo brasileiro Pepê, que viu atuar de perto em jogo recente da Taça dos Libertadores, e enalteceu a opção tomada pelos responsáveis portistasRenato Paiva, treinador do Independiente del Valle, «aprovou» a contratação de Pepê, extremo brasileiro do Grémio, pelo FC Porto para a próxima época, em simultâneo com uma descrição das principais qualidades do mesmo e uma comparação a dois atletas portistas.»É um jogador explosivo, que finta em condução e em velocidade. Finta para qualquer lado, é muito imprevisível, é muito criativo. É mais um jogador na linha do Corona, do Otávio, de jogadores muito tecnicistas, que executam muito rápido. Não tenho dúvidas que o FC Porto acertou em cheio», afirmou o técnico à Antena 1.Renato Paiva teve a oportunidade de ver Pepê a jogar bem de perto na segunda mão da terceira eliminatória da Taça dos Libertadores, na qual o Independiente del Valle voltou a derrotar o Grémio e acedeu, ineditamente, à fase de grupos da competição.O extremo, de 23 anos, vai deixar o clube brasileiro, que representa desde 2016, para rumar ao Estádio do Dragão e atuar com o emblema portista ao peito. O negócio, feito por 15 milhões de euros, ficou confirmado em janeiro último. Pepê assinou até 2026.Partida que encerra a jornada 28 da Liga NOS.O lateral direito Zié Ouattara é a única novidade nos convocados do V. Guimarães para o duelo de quinta-feira com o FC Porto, que encerra a 28.ª jornada da Liga NOS.Ausente no triunfo da ronda anterior sobre o Santa Clara , o defesa costa-marfinense é um dos 21 jogadores escolhidos pelo treinador Bino Maçães para a visita ao Estádio do Dragão, segundo a lista divulgada no sítio oficial vitoriano.Utilizado até agora em 10 jogos oficiais na presente época, o jogador de 21 anos substituiu na convocatória o avançado Bruno Duarte, autor de dois golos em 22 encontros na presente temporada.Já o internacional luso Quaresma, a contas com uma lesão muscular no gémeo direito, continua indisponível, tal como os guarda-redes Jhonatan e Nicolas Tiê e o médio Joseph, também lesionados.O encontro entre Vitória de Guimarães, sexto classificado da I Liga portuguesa, com 38 pontos, e FC Porto, segundo, com 63, está agendado para as 21:00 de quinta-feira, no Estádio do Dragão, no Porto, com arbitragem de Tiago Martins, da associação de Lisboa.Lista de 21 convocados:- Guarda-redes: Bruno Varela, Matous Trmal e Antal Bencze.- Defesas: Sacko, Zié Ouattara, André Amaro, Jorge Fernandes, Abdul Mumin, Suliman, Sílvio e Gideon Mensah.- Médios: Mikel Agu, Pepelu, André André, Janvier e André Almeida.- Avançados: Rúben Lameiras, Marcus Edwards, Rochinha, Óscar Estupiñán e Noah Holm.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>O conselho de Drulovic ao compatriota Grujic: «Jogando no FC Porto…»
>>>>>Bino deixa nota sobre Quaresma e avisa: «Teremos de responder a um FC Porto muito forte» – (ojogo-pt)
>>>>>Renato Paiva «aprova» contratação do FC Porto para a próxima época – (ojogo-pt)
>>>>>Uma novidade nos convocados do V. Guimarães para o jogo com o FC Porto – (ojogo-pt)