Por: SentiLecto

Suárez abriu as contas no dérbi madrileno e celebrou efusivamente: veja o vídeoO salto que valeu a medalha de ouro a Pichardo nos Europeus de atletismoMessi já votou nas votações do Barcelona e o clube fez questão de mostrarPrimeiro salto de ouro e bandeira aos ombros: as imagens do triunfo de PichardoJoelhada brutal redundou em desclassificação e mudança de título no UFC: «Triunfo de merda»Patrícia Mamona conquistou a medalha de ouro na prova do triplo salto dos Campeonatos da Europa de atletismo em pista coberta, que se disputam em Torun, Polónia, com um salto de 14,53 metros.

Saltadora de Portugal assegurou a vaga na etapa decisiva da competição ao protagonizar um salto que ficou somente a um centímetro da sua melhor marca de semprePatrícia Mamona assombrou, este sábado, pela maneira como assegurou a passagem à final do triplo salto dos Campeonatos da Europa em pista coberta, ao quase bater o recorde nacional nas qualificações.Em Torun, na Polónia, a saltadora de Portugalde Portugal resolveu a qualificação logo com o primeiro salto, atingindo os 14,43 metros, a um centímetro somente da melhor marca de sempre em ‘indoor’.»Para declarar a verdade estou tão surpreendida como vocês. Posso adiantar que entrei na pista com vontade de saltar o mais longe possível, tentar a qualificação logo no primeiro salto , felizmente isso ocorreu», declarou a desportista logo após a prova.Mamona reconhece que a preparação dos últimos meses não foi a ideal, mas também que, agora, tudo está melhor. Ainda declarou: «Os últimos resultados, sempre a melhorar, deram-me confiança, apesar de me ter faltado o ritmo competitivo de outras ocasiões».A desportista chegou a Torun só com duas competições este inverno, sempre com resultados em crescendo – os campeonatos de Portugal, que venceu, e o ‘meeting’ madrileno onde confirmou os mínimos que tinha feito no ano passado.»Cada final é uma competição diferente. Não gosto de pensar bastante em marcas ou em lugares, gosto de me focar em saltar cada vez mais longe, para obter a melhor classificação possível», comentou, a finalidade da final de domingo à tarde. «Só com um salto hoje, fiquei com mais tempo para poder descansar, normalmente temos dois dias entre provas, mas desta vez é já amanhã [domingo]», adicionou a desportista treinada por José Uva.A líder europeia do ano, a grega Paraskevi Papachristou, saltou também uma vez somente, a 14,39, ficando logo apurada. A final do triplo salto dos Europeus de pista coberta disputa-se neste domingo, às 16h20 .Os Europeus de atletismo decorrem até domingo, em Torun, na Polónia.António Costa felicitou hoje a desportista de Portugal Auriol Dongmo, que conquistou a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo em pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia. António Costa é o primeiro-ministro.»As minhas felicitações a Auriol Dongmo pelo título, hoje conquistado, de campeã europeia de lançamento do peso em pista coberta. Votos de êxito a todos os desportistas de Portugal em competição nos Europeus de atletismo em pista coberta», escreveu o primeiro-ministro na rede social Twitter.Dongmo venceu na final com um lançamento de 19,34 metros, num concurso em que atirou sempre a mais de 19 metros, tirando o primeiro e o último, que foram nulos.A medalha de prata foi para a sueca Fanny Roos, com 19,29, e a de bronze para a alemã Christina Schwanitz, com 19,04.Os Europeus de atletismo decorrem até domingo, em Torun, na Polónia.Desportista de Portugal, naturalizado em 2017, venceu a final masculina do triplo salto, na Polónia, com uma marca conseguida logo no primeiro ensaioO realçado vitória de Pedro Pichardo, este domingo, na final do triplo salto dos Campeonatos da Europa de atletismo em pista coberta aumenta para 25 as medalhas que Portugal já conquistou em todas as edições.Em Torun, Polónia, Portugal já contava desde sexta-feira com o ouro de Auriol Dongmo, no lançamento do peso, e pode fechar a sua melhor prestação de sempre com mais uma medalha, para Patrícia Mamona no triplo salto feminino, hoje à tarde.A maioria de medalhas de ouro alcançadas por portugueses ficou ainda mais reforçada, com 14, contra nove de prata e exclusivamente duas de bronze.O meio-fundo curto ainda domina, com 13 medalhas, seguido pelos saltos, com nove. Uma medalha somente para a velocidade, com Francis Obikwelu, uma para as provas combinadas, através de Naide Gomes, e uma para os lançamentos, com Dongmo.O único desportista de Portugal com três títulos continentais é Rui Silva, mais um do que Fernanda Ribeiro, enquanto Nelson Évora e Naide Gomes contribuem com dois cada para o total luso de ouro.Estes quatro atletas e Carla Sacramento são os mais medalhados de sempre nesta competição, assegurando mais de 70 por cento dos pódios a que Portugal chegou: Rui Silva e Naide Gomes com quatro cada, Carla Sacramento, Nelson Évora e Fernanda Ribeiro com três.Sara Moreira, com duas medalhas, João Campos, Carlos Calado, Francis Obikwelu, Patrícia Mamona, Auriol Dongmo e Pedro Pichardo completam a lista de 12 desportistas que já trouxeram para Portugal medalhas em Campeonatos da Europa em pista coberta.Em 1990 há ainda a registar a conquista de uma medalha de bronze no triplo salto feminino, através de Ana Oliveira, mas a prova era de exposição, porque a modalidade ainda não fazia parte do calendário oficial para as mulheres.

Na quarta-feira 24 de fevereiro Patrícia Mamona superou por três vezes a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.A desportista Patrícia Mamona fez em Madrid a marca de referência para os Europeus de atletismo em pista coberta, ao conseguir no triplo salto 14,21 metros, que lhe valeu o segundo lugar na prova.A última etapa do World Athletics Indoor Tour Gold também correu de feição a Carlos Nascimento, quarto na final dos 60 metros com 6,63, o que equiparava o seu recorde pessoal.Ainda sem ter confirmado esta época os mínimos para os Europeus de Torun , marcados para a primeirde março, Mamona desfez quaisquer dúvidas e só foi batida pela norte-americana Tori Franklin, ganhadora com 14,22.Mamona liderou o concurso desde o começo, com 14,14, e ao quarto salto passou para 14,21. A adversária norte-americana Só em a sexta e última série de saltos ultrapassou ela.A desportista de Lusaka por três vezes superou a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.» estava bastante contente por ter conseguido confirmar a minha ida ao Europeus. Infelizmente só conseguíei competir uma vez, nos Campeonatos de Portugal, e estava bastante contente com o segundo lugar de hoje, apesar de ter estado perto do primeiro. O mais importante era garantir a minha qualificação e agora já estava a sonhar com os Europeu», declarou a desportista.Em Madrid, ficou à frente da terceira mundial do ano, a cubana Liadagmis Povea , e entrou direta para sétima mundial do ano, terceira europeia.Com Mamona, a seleção portuguesa para os Europeus indoor sobe para 16 nomes confirmados, dos quais três no top-3 – além da triplo saltadora, estão a esse nível Auriol Dongmo e Pedro Pichardo .Quanto a Carlos Nascimento, superou as melhores expectativas e equiparou o seu recorde pessoal, que já datava de 2016.Após 6,71 numa das meias-finais, foi quarto na final, a dois centésimos somente do terceiro lugar.Com a marca de hoje, subiu a 16.º europeu do ano.

Luis Alberto Suárez Díaz, conhecido somente como Luis Suárez é um futebolista de Uruguayde Uruguay que atua como atacante.

Patrícia Mbengani Bravo Mamona ComM é uma desportista de Portugal de triplo salto, de ascendência angolana.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Spain, Poland

Cities: Madrid, Torun, Barcelona

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>O salto, as expressões e as afeições do triunfo de Patrícia Mamona
>>>>>Mamona declarou-se «surpreendida» pela forma como passou à final dos Europeus – March 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Europeus de atletismo: Francisco Belo na final do lançamento do peso – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Auriol Dongmo é a primeira portuguesa a entrar em ação nos Europeus – March 03, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Dongmo na final do peso e Mariana Machado na dos 3000 metros – March 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Auriol Dongmo renova contrato com o Sporting – March 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Flávio Nazinho renova pelo Sporting – March 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Europeus de atletismo: Pichardo com apuramento fácil para a final do triplo salto – March 05, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Francisco Belo quarto no peso com recorde nacional dos Europeus – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>António Costa felicita Auriol Dongmo pela medalha de ouro – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>Pichardo entra em quadro de honra com 25.ª medalha de Portugal nos Europeus – March 07, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>O lançamento que valeu a medalha de ouro a Auriol Dongmo – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Patrícia Mamona 140 40 PERSON 11 Patrícia_Mamona: 3, A atleta Patrícia_Mamona: 1, (tacit) ela (referent: Mamona): 2, (tacit) ele/ela (referent: Mamona): 1, Mamona: 4
2 pista 0 0 NONE 11 pista coberta: 10, a pista: 1
3 eu 190 40 NONE 9 (tacit) eu: 6, me: 3
4 Europeus 30 0 ORGANIZATION 8 o Europeus: 1, os Europeus: 2, os Europeus de atletismoMessi: 1, Os Europeus de atletismo: 2, (tacit) eles/elas (referent: os Europeus): 1, os Europeus de atletismo: 1
5 salto 0 0 NONE 8 o triplo salto feminino: 1, um salto: 2, salto: 2, o quarto salto: 1, o primeiro salto: 2
6 Torun 0 0 PLACE 7 Torun: 7
7 mínimos 0 300 NONE 6 os mínimos: 6
8 atleta 560 40 NONE 6 a atleta: 2, A atleta: 1, a atleta treinada: 1, a atleta portuguesa: 1, A atleta lusa: 1
9 a Polónia 0 0 PLACE 6 a Polónia: 4, Polónia: 2
10 medalhas 0 0 NONE 5 as medalhas: 2, 13 medalhas: 1, medalhas: 1, duas medalhas: 1