Por: SentiLecto

– O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama parabenizou LeBron James, que é uma das vozes mais realçadas da liga na defesa da justiça racial e no clamor para que os cidadãos do país votem na votação presidencial de novembro, um dia depois de o jogador conquistar seu quarto título na NBA , e figuras ilustres do esporte, da política e além comemoraram o campeonato do Los Angeles Lakers. Depois que o Lakers derrotou o Miami Heat por 4 a 2 na série de melhor de sete partidas, o 16 All-Star se tornou-se o primeiro jogador da Associação Nacional de Basquete dos Estados Unidos a receber o prêmio de jogador mais precioso da final da NBA com três times diferentes no domingo. «Orgulhoso do meu amigo @KingJames por seu quarto título, quatro MVPs da Final e por nãoexclusivamentee fazer jus às expectativas depois de dezessete temporadas, mas superá-las como um líder extraordinário, tanto na quadra quanto na arena públicacombatendoo pela educação, pela justiça social e por nossa democracia», tuitou Obama na segunda-feira. A NBA concluiu a temporada de uma forma inédita depois que a Covid-19 a obrigou a fazer um intervalo em março: os competidores passaram a morar em uma «bolha» de quarentena no Walt Disney World de Orlando, na Flórida. LeBron declarou que a vivência na bolha, longe de sua família, foi o maior desafio que enfrentou na carreira, mas o jogador de 35 anos ainda conseguiu ampliar sua lista longa de conquistas. «Parabéns ao meu irmão @KingJames por vencer seu 4º campeonato. Nada mal para um velho nas últimas!», tuitou Tom Brady, quarterback de 43 anos e heptacampeão do Super Bowl.

Eleito mais uma vez o melhor da final da NBA.LeBron James foi galardoado pela quarta vez, no terceiro símbolo diferente, como o Jogador Mais Valioso da final da Liga norte-americana de basquete , isolando-se no segundo lugar do ranking, somente atrás de Michael Jordan.James contribuiu com médias de 29,8 pontos, 11,9 ressaltos e 8,5 assistências para a vitória por 4-2 dos Los Angeles Lakers sobre os Miami Heat, repetindo o conseguira precisamente pela equipa da Florida e os Cleveland Cavaliers .Na hierarquia de títulos de MVP das finals, que só começaram a ser atribuídos a partir de 1969, o 23 dos Lakers deixou para trás Magic Johnson , Shaquille O’Neal e Tim Duncan .À sua frente, está agora somente Michael Jordan, que venceu o prémio por seis vezes, no mesmo número de presenças na final, sempre pelos Chicago Bulls, que auxiliou, e de que forma, a vencer as finais de 1991, 1992, 1993, 1996, 1997 e 1998.Com 35 anos, o jogador dos Lakers ainda pode sonhar em equiparar o registo de Jordan, mas existe uma grande diferença entre ambos, pois LeBron adicionou quatro títulos de MVP em 10 presenças, se o ex-jogador dos Bulls logrou o pleno em finais .Os títulos individuais do atual basquetebolista dos Los Angeles Lakers, que acabou de satisfazer a sua 17.ª temporada na NBA, correspondem aos coletivos, pois perdeu as restantes seis finais disputadas.Na primeira passagem pelos Cavs, perdeu com os San Antonio Spurs , e, com os Miami Heat, perdeu com os Dallas Mavericks , bateu os Oklahoma City Thunder e os Spurs e perdeu com os Spurs .De retorno a Cleveland, jogou mais quatro finais, todas com os Golden State Warriors: ganhou em 2016, por 4-3, depois de estar a perder por 3-1, mas Faz 5 anos, perdeu as restantes, por 2-4 1-4 em 2017 e 0-4 em 2018.Agora, na segunda época em Los Angeles, e após falhar os play-offs na primeira, logrou o título para os Lakers, um cetro especial, por equiparar os 17 dos Boston Celtics e, sobretudo, por ter ocorrido no ano da trágica morte de Kobe Bryant, que perdeu a vida, com a filha Gianna, num acidente de helicóptero.Extremo dos Los Angeles Lakers, considerado o jogador mais precioso da competição pela quarta vez na carreira, abordou o mais recente título do símbolo da CalifórniaOs Los Angeles Lakers sagraram-se, na última madrugada, campeões da NBA e o extremo LeBron James, eleito o jogador mais precioso da competição pela quarta vez, considerou a conquista do título «um dos maiores feitos» da carreira e exigiu «respeito».No final do encontro decisivo frente aos Miami Heats, disputado na Florida, Lebron James alegou que «tem bastante orgulho em fazer parte» dos Los Angeles Lakers e relembrou a promessa feita aos culpados do símbolo quatro vezes campeão da NBA – o último troféu havia sido levantado em 2010.»Quando cheguei [aos Lakers], declarou a Jeanie Buss [proprietário do clube] que ia devolver a equipa ao lugar a que pertencia. Jamais perdi a confiança porque o Rob Pelinka [diretor-geral] declarou-me que faria tudo o que fosse necessária para que os Lakers voltassem a ser uma equipa ganhadora. Agora, voltem a respeitá-los. E eu também desejo o meu maldito respeito», vincou Lebron.O extremo dos campeões em título Los Angeles Lakers não especificou se este quarto título da sua carreira foi o que mais prazer lhe deu em conquistar – Lebron havia vencido a NBA duas vezes com os Miami Heats e uma vez com os Cleveland Cavaliers.»Esta é uma das maiores conquistas da minha carreira, mas todos os títulos são importantes, todos têm o seu próprio valor. Não títulos piores que outros», explicou o experiente extremo de 35 anos, que está, agora, a dois de alcançar o lendário Michael Jordan.Os Los Angeles Lakers venceram os Miami Heats no jogo seis da final da NBA, por 106-93, e adicionaram o 17.º título da NBA. Lebron James foi o principal destaque do desafio ao fazer 28 pontos, conseguir 14 ressaltos e efetuar 10 assistências.Os Los Angeles Lakers sagraram-se campeões da NBA depois de vencerem os Miami Heat , no sexto jogo da final.

Na segunda-feira 05 de outubro Miami Heat vencia por 115-104 e diminuía para 2-1 a desvantagem na final da NBAUma exposição «estratosférica» de Jimmy Butler permitiu domingo aos desfalcados Miami Heat bater sensacionalmente os Los Angeles Lakers por 115-104 e diminuir para 2-1 a desvantagem na final da Liga norte-americana de basquete .Sem a companhia do base esloveno Goran Dragic e do poste Bam Adebayo, pelo segundo jogo consecutivo, Butler chamou a si o comando da equipa e, com uma exibição para a «lenda», reduziu a «nada» LeBron James, Anthony Davis e companhia.Caminho a equipa ameaçava ceder ao maior poder oponente.F, em 44.51 minutos que foram um hino à coragem, à inteligência e ao que é ser um líder, tudo com uma inesgotável cahabilidadee resistência, Butler dominou o jogo, aparecendo sempre ao melhor nível qu eitas as contas, o «22» dos Heat fechou o encontro com 40 pontos, com 70% nos «tiros» de campo e 85,7% nos lances livres , 13 assistências e 11 ressaltos, sem esquecer um enorme trabalho na defesa. Nem foi preciso arremessar um «triplo».»Ganhar. Eu não desejava saber de «triplos duplos». Eu não desejava saber nada sobre isso, não desejava mesmo. Eu desejava ganhar e foi o que nós conseguíamo. estava contente por isso», alegou Butler, somente o terceiro jogar na história a conseguir um «triplo duplo» com 40 pontos numa final, depois de Jerry West e LeBron James.Numa luta desigual com os Lakers, rostito às ausências de Dragic e Adebayo, alguns jogadores dos Heat seguiram o líder, nomeadamente o suplente Kelly Olynyk, que saiu do banco para sadicionar17 pontos e sete ressaltos, em 31.20 minutos.Mesmo nem sempre certeiros, pois em conjunto só acertaram 15 de 42 lançamentos, Tyler Herro , Duncan Robinson e Jae Crowder também deram contributos importantes ao «cinco» de Erik Spoelstra.No conjunto de Frank Vogel, que ainda tinha que estar a tentar perceber o ocorreu, como foi possível falhar o que seria um jamais revertido 3-0, o melhor foi LeBron James, que adicionou 25 pontos, 10 ressaltos e oito assistências, mas também cometeu oito «turnovers» e não esteve bem nos momentos decisivos.Os suplentes Markieff Morris e Kyle Kuzma, ambos com 19 pontos, também tiveram performances positivas, ao contrário de Anthony Davis – que se ficou pelos 15, com somente nove lançamentos de campo efetuados – e do restante elenco.Uma vez mais sem Dragic e Adebayo, os Miami Heat entraram estimulados, determinados e dominaram a parte inicial do encontro, chegando a um benefício de 13 pontos , a 4.16 minutos do final da primeira fase.Os Lakers, com os suplentes Kuzma e Morris em destaque, conseguiram, porém, responder: concluíram o fase inicial a somente três pontos e, no começo do segundo, completaram a reviravolta , com um parcial mundial de 28-11.O jogo parecia andar para os moldes dos prévios, mas, então, Butler assumiu a liderança e o marcador voltou a virar .Depois de desvantagens de 17 e 14 pontos a meio dos dois primeiros jogos, os Heat saíram na frente para a segunda metade e reentravam em «grande», com um parcial de 10-0, que fez a diferença disparar para 14 pontos .Os Lakers responderam com 8-0, diminuindo para seis pontos , mas, uma vez mais, Butler apareceu para tranquilizar a equipa e devolvê-la a umabenefíciom na casa das dezenas , comsomentes 2.10 minutos para jogar no terceirofaseo.Depois, os Lakers tiveram a seu melhor período: com um parcial de 20-6, rematado por dois «triplos» de Morris e dois pontos de Rondo, voltaram para a frente a 8.55 minutos do fim. parecia que, finalmente, os Heat já não tinham energia, mas, uma vez mais, surgiu o «infatigável» Butler: nos 7.42 minutos que se seguiram, marcou 10 pontos e fez três assistências, num parcial de 20-9 que «acabou» com o jogo . faltavam 1.13 minutos para jogar e o «milagre» tinha virado realidade. O conjunto de Miami, sem dois dos três melhores jogadores, conseguiu vencer os Lakers, no dia em que Butler fez uma exposição para a lenda das «finals».A final da NBA prosseguia na terça-feira, de novo na «bolha» de Orlando, desconhecendo-se, para já, quais as suposições de Dragic e Adebayo retornarem.Jogo no AdventHealt Arena, no Complexo da ESPN, em Orlando.Miami Heat – Los Angeles Lakers, 115-104 .Aa pausa: 58-54.Sob a arbitragem de Trony Brothers, Scott Foster e Pat Fraher, as equipas alinharam e marcaram:- Miami Heat: Tyler Herro , Duncan Robinson , Jimmy Butler , Jae Crowder e Meyers Leonard . Jogaram ainda Andre Iguodala , Kelly Olynyk , Kendrick Nunn , Solomon Hill e Derrick Jones Jr.Treinador: Erik Spoelstra.- Los Angeles Lakers: Kentavious Caldwell-Pope , Danny Green , LeBron James , Anthony Davis e Dwight Howard . Jogaram ainda Rajon Rondo , Kyle Kuzma , Markieff Morris , Alex Caruso e JR Smith .Treinador: Frank Vogel.Passeata do marcador: 26-23 , 58-54 , 85-80 e 115-104 .Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia da covid-19.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States

Cities: Orlando

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Obama aplaude liderança de LeBron James ‘na quadra e na arena pública’
>>>>>NBA: LeBron James já segue isolado… atrás de Michael Jordan – October 12, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>NBA: Lakers fecham contas da final e igual registo dos Celtics – October 12, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Heat, com um incansável Butler, põem travão à festa dos Lakers – October 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Lakers usarão camisa criada por Kobe Bryant em partida que pode decidir título da NBA – October 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>NBA: Lakers vencem Heat no quarto jogo e ficam a um triunfo do 17.º título – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Isiah Thomas provoca Michael Jordan: «LeBron é o melhor da história» – October 09, 2020 (ojogo-pt)
>>>>>LeBron James pede «respeito» após a conquista do título da NBA – October 12, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>LA Lakers de novo campeões da NBA – October 12, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 260 140 NONE 16 (tacit) eu: 11, me: 1, eu: 1, Eu: 3
2 James LeBron 90 0 PERSON 14 Lebron_James: 2, o (referent: James): 1, James: 1, (tacit) ele/ela (referent: James): 1, LeBron_James: 5, Lebron: 2, LeBron: 2
3 NBA 50 0 ORGANIZATION 14 a NBA: 3, (tacit) ele/ela (referent: A NBA): 1, NBA: 1, (tacit) ele/ela (referent: a NBA): 8, A NBA: 1
4 Lakers 320 25 ORGANIZATION 13 o Lakers: 1, (tacit) eles/elas (referent: os Lakers): 3, Os Lakers: 2, os Lakers: 7
5 Jimmy Butler 165 0 PERSON 7 Butler: 5, o incansável Butler: 1, (tacit) ele/ela (referent: Butler): 1
6 Los Angeles Lakers 80 0 ORGANIZATION 6 Os Los_Angeles_Lakers: 2, (tacit) eles/elas (referent: Os Los_Angeles_Lakers): 1, os Los_Angeles_Lakers: 2, título Los_Angeles_Lakers: 1
7 pontos 0 0 NONE 6 40 pontos: 1, três pontos: 1, 19 pontos: 1, seis pontos: 1, pontos: 1, 10 pontos: 1
8 Miami Heat 80 40 ORGANIZATION 5 os Miami_Heat: 4, o Miami_Heat: 1
9 carreira 0 0 NONE 5 a carreira: 3, minha carreira: 1, sua carreira: 1
10 parcial 0 125 NONE 4 um parcial global de 28-11: 1, um parcial de 20-6: 1, um parcial de 20-9: 1, um parcial de 10-0: 1