Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Arco Triunfal da Rua Augusta, Plaza del Comercio, Lisboa, Portugal, 2012-05-12, DD 02

A bandeira de Portugal, transportada pelo canoísta Norberto Mourão, medalha de bronze nos 200 metros VL2, foi a 77.ª a entrar, num desfile que uniu representantes de 166 comissões, e que iniciou com a equipa de refugiados, que competem sob a bandeira paralímpica.Tóquio despediu-se hoje dos Jogos Paralímpicos, passando o depoimento a Paris, numa cerimónia que enalteceu os valores da diversidade e da inclusão e na qual o medalhado Norberto Mourão foi o porta-estandarte de Portugal.Na despedida dos Jogos, os segundos que coordenaram depois de 1964 sem a espetacularidade de outras cerimónias de fechamento, o que Tóquio desejou ser para todos os desportistas paralímpicos: uma cidade onde as diferenças brilhamos segundos que coordenaram depois de 1964 sem a espetacularidade de outras cerimónias de fechamento, o que Tóquio desejou ser para todos os desportistas paralímpicos: uma cidade onde as diferenças brilham. Os segundos que coordenaram depois de 1964 são os japoneses mostraram. Os segundos que coordenaram depois de 1964 são os japoneses mostraram.Enquanto as bandeiras de todos os países participantes iam desfilando, com o imperador Naruhito na tribuna do estádio, uma cidade colorida foi-se construindo no centro da celebração e colorindo um espaço, no qual o público voltou a ser o grande ausente, como ocorreu nas competições, devido à pandemia de covid-19.A bandeira de Portugal, transportada pelo canoísta Norberto Mourão, medalha de bronze nos 200 metros VL2, foi a 77.ª a entrar, num desfile que uniu representantes de 166 comissões, e que iniciou com a equipa de refugiados, que competem sob a bandeira paralímpica.Faz 1 mês, em o adeus a Tóquio, onde esteve, a bandeira paralímpica passou de as mãos de Koike Yuriko, governador de Tóquio, para Andrew Parsons, o líder de o Comité Paralímpico Internacional, que a entregou a Anne Hidalgo, a presidente de a câmara de Paris.Seiko Hashimoto, a presidente do Comité Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, recordou o lema das duas competições, que se baseou na mudança que o desporto pode fazer no mundo e no futuro, e demonstrou o desejo de que a mensagem de Tóquio2020 seja «uma esperança e uma luz» para as futuras gerações.O brasileiro Andrew Parsons agradeceu a todos quantos tornaram possível o acontecimento, protelado por um ano devido na pandemia de covid-19 e voltou a recordar o compromisso do organismo com o movimento WeThe15, que tem como objetivo modificar a vida de 1,2 mil milhões de pessoas com alguma espécie de deficiência, que encarnam %15 da população global. O brasileiro Andrew Parsons é o presidente do IPC.»Devemos comprometermo-nos todos para sermos a força de mudança, que derruba barreiras e faz a diferença. Juntos podemos mudar a vida de 15% da população global», declarou o presidente do IPC, deixando um pedido: «Unam-se a nós no movimento #WeThe15.»A França «agarrou» os Jogos de 2024, mostrando imagens de Paris e de desportistas em competição, num vídeo passado nos écrans do estádio, que, como não podia deixar de ser, fechou com a bandeira com o logótipo dos próximos Jogos, colocada no alto da Torre Eiffel.A pira esboçada pelo de Canadade Canada educado em Tóquio Oki Sato, que já tinha iluminado os Jogos Olímpicos, fechou-se ao som de musiquinha «What a wonderful world», e Em 3 anos, a chama paralímpica voltará a brilhar em Paris, em uma olimpíada que vai durar somente três anos, devido em a pandemia de covid-19.ortugal, que esteve encarnado por 33 desportistas de oito modalidades, sai de Tóquio com duas medalhas de bronze e 23 diplomas, ocupando o 77.º lugar num medalheiro liderado pela China.

Cheque o programa dos portugueses para sábado nos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020.O canoísta Norberto Mourão, campeão europeu e vice-campeão global, luta no sábado por uma medalha nos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020, nos 200 metros VL2, tal como duas equipas de boccia que disputarão meias-finais.Norberto Mourão, que na quinta-feira garantiu a passagem direta agendada para as 11:12 locais com o quarto melhor tempo. A passagem direta é parte para a final.No enquanto no torneio de pares BC4, o trio de Lusaka joga com Hong Kong, boccia, a equipa BC1/BC2 defronta a China nas meias-finais.As formações de Lusaka progridem para os jogos de atribuição das medalhas de ouro e prata se vencerem nas meias-finais, e se as vão relegar para o debate de a medalha de bronze em caso de derrota.Portugal, que está encarnado na competição por 33 desportistas, de oito modalidades, adiciona uma medalha de bronze, conquistada por Miguel Monteiro, no lançamento do peso F40, e 18 diplomas.- Sábado, 4 setembro:HORA LOCAL desportista MODALIDADE/PROVA/CLASSE09:30 Pares BC4 Boccia 09:30 Equipa BC1/BC2 Boccia 11:12 Norberto Mourão Canoagem/VL2 12:10 Equipa BC1/BC2 Boccia a)12:10 Pares BC4 Boccia a)15:20 Pares BC4 Boccia a)19:10 Equipas BC1/BC2 Boccia a)a) caso se qualifiqueCanoísta conquistou o bronze na prova de 200 metros VL2.O canoísta português Norberto Mourão, campeão europeu e vice-campeão global, conquistou este sábado a medalha de bronze na prova de 200 metros VL2, dos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020.Mourão, que se estreou em competições paralímpicas, cronometrou 55,365 segundos, ficando a 2,288 do brasileiro Paulo Rufino , que se sagrou campeão paralímpico com a melhor marca da distância.O canoísta de Portugal, que na quinta-feira conseguiu o apuramento direto para a final, concluiu a prova a 316 centésimos de Igor Korobeynikov , do Comité Paralímpico da Rússia, que foi quarto.No Sea Forest Waterway, onde há cerca de um mês Fernando Pimenta foi bronze olímpico em K1 1.000 metros, o de Noruega Steven Haxton arrecadou a medalha de prata.A menos de dois do final da competição, Portugal adiciona duas medalhas de bronze e 19 diplomas.Presidente da República deixou uma mensagem de felicitações.O Presidente da República felicitou o canoísta Norberto Mourão pela conquista da medalha de bronze nos 200 metros VL2 nos Jogos Paralímpicos, que estão a decorrer em Tóquio, no Japão. O Presidente da República é marcelo Rebelo de Sousa.Em comunicado divulgado no site da Presidência da República, o chefe de Estado «felicita e agradece a Norberto Mourão» pela conquista da medalha de bronze na prova de canoagem 200 metros VL2.Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que o também campeão europeu em título conquistou a primeira medalha paralímpica na canoagem para Portugal.Mourão, que se estreou em competições paralímpicas, cronometrou 55,365 segundos, ficando a 2,288 do brasileiro Paulo Rufino , que se sagrou campeão paralímpico com a melhor marca da distância.O canoísta de Portugal, que na quinta-feira conseguiu o apuramento direto para a final, concluiu a prova a 316 centésimos de Igor Korobeynikov , do Comité Paralímpico da Rússia, que foi quarto.No Sea Forest Waterway, onde há cerca de um mês Fernando Pimenta foi bronze olímpico em K1 1.000 metros, o de Noruega Steven Haxton arrecadou a medalha de prata.Portugal adiciona duas medalhas de bronze e 19 diplomas nesta edição dos Jogos Paralímpicos.

Na quinta-feira 12 de agosto Marcelo prometia suporte à distância e g garantiaque v vai estarem Paris’2024O Presidente da República prometeu o asuportede todos os portugueses aos adesportistaspde Portugalque v vão participarnos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020, e garantiu que em 2024 desejava assistir ao vivo à competição, marcada para Paris.Marcelo Rebelo de Sousa, na receção à missão paralímpica, que decorreu antigo Museu Nacional dos Coches, em Lisboa.Mesmo que vibrávamo, o alegou: » vibraremos exatamente o com todos os demais que estavam a encarnar a pátria, numa almazinha universal e fraternal de abertura e de diálogo». Presidente da República admitiu sentir-se «defraudado pela pandemia de covid-19» que, explicou, impediu o cumprimento do acordo que tinha com o Primeiro-ministro, e deixou uma garantia: «Daqui a três anos vou estar nos Jogos Olímpicos e nos Paralímpicos».» tínhamos combinado que o Primeiro-Ministro iria aos Jogos Olímpicos e eu aos Paralímpicos, não foi possível. Já decidi que daqui a quatro anos, porque ainda cá estarei, vou aos Olímpicos e aos Paralímpicos, seja quem for o Primeiro-ministro. vou até aos limites dos poderes presidenciais», referiu.O chefe de Estado recordou que fase de pandemia «o desporto olímpico e paralímpico português tem conseguido converter obstáculos em êxitos» e classificou os desportistas portadores de deficiência como «ganhadores» e «construtores da democracia social».»Se já era difícil ser-se os melhores olímpicos, era ainda mais difícil ser-se os melhores paralímpicos. Estar aqui é ser o exemplo de já serem vencedores numa luta feita a pulso, uma luta difícil, que é a luta de cultural, de uma sociedade que tem de se olhar ao espelho e aceitar-se como é. Isso era que era construir uma democracia social», alegou.Marcelo Rebelo de Sousa, que prometeu estar no retorno dos desportistas paralímpicos para lhes demonstrar «reconhecimento e gratidão», realçou o protagonismo da equiparação dos suportes e prémios de olímpicos e paralímpicos.»Foram décadas de luta para os prémios dos paralímpicos serem equiparados aos dos olímpicos, parece que havia portugueses de primeira e de segunda, não parece, havia mesmo. Em boa hora o governo tomou esta resolução», referiu.O presidente do Comité Paralímpico de Portugal, José Lourenço, também realçou o protagonismo da equiparação dos prémios e garantiu que os desportistas de Portugal » vão para Tóquio com almazinha de compromisso e missão».Tiago Brandão Rodrigues, que tutelava o Desporto, alegou ser «um ministro repleto de orgulho e de esperança de que todos se possam superar» e deixou uma garantia aos desportistas: «os portugueses já estavam com o coração aberto para vos apoiar».Portugal estará encarnado nos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020, que decorriam entre 24 de agosto e 05 de setembro, por 33 desportistas, que competiriam em oito modalidades.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, France, China, Brazil

Cities: Paris, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Paralímpicos: Tóquio enaltece diversidade e inclusão no até já a Paris’2024
>>>>>Paralímpicos: Norberto Mourão na final de canoagem, boccia coletivo nas «meias» – (ojogo-pt)
>>>>>Norberto Mourão alcança a segunda medalha para Portugal nos Jogos Paralímpicos – (ojogo-pt)
>>>>>Paralímpicos: a reação de Marcelo à medalha conquistada por Norberto Mourão – September 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Paralímpicos: Portugal estreia-se na canoagem em Jogos com o campeão europeu – September 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Portugal em cinco finais nos Jogos Paralímpicos: o programa para terça-feira – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>«Foi um resultado muito bom, tendo em conta que foram os primeiros Jogos» – September 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>As contas de Portugal nos Jogos Paralímpicos: 93 medalhas com atletismo em foco – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Jogos Paralímpicos: André Ramos joga para o bronze no torneio de boccia BC1 – August 31, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Paralímpicos: recordista mundial Miguel Monteiro na estreia portuguesa no atletismo – August 28, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Miguel Monteiro após bronze em Tóquio: «Claro que esperava fazer melhor marca» – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Miguel Monteiro alcança medalha para Portugal nos Jogos Paralímpicos – August 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Beatriz Monteiro entra a vencer no torneio de badminton SU5 dos Paralímpicos – September 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Canoísta Norberto Mourão garante acesso direto à final dos 200 metros VL2 – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Portugal 120 0 PLACE 10 Portugal de oito modalidades: 2, (tacit) ele/ela (referent: Portugal): 1, Portugal: 7
2 da República 0 86 PERSON 7 O Presidente_da_República (apposition: Marcelo_Rebelo_de_Sousa): 1, O Presidente_da_República: 1, 2024O Presidente_da_República: 1, República_Portuguesa: 1, Presidente_da_República: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Presidente_da_República): 2
3 Boccia 0 0 ORGANIZATION 6 BC4 Boccia: 3, BC1-BC2 Boccia: 3
4 bandeira 0 0 NONE 6 a bandeira paralímpica: 3, A bandeira portuguesa transportada: 2, a bandeira: 1
5 metros 0 0 NONE 6 os 200 metros: 3, K1 1.000 metros: 2, 200 metros: 1
6 Norberto Mourão 180 0 PERSON 5 o canoísta Norberto_Mourão: 3, o medalhado Norberto_Mourão: 1, Norberto_Mourão que em a: 1
7 Tóquio 0 0 PLACE 5 Tóquio: 5
8 eu 0 20 NONE 4 (tacit) eu: 3, eu: 1
9 atletas 320 0 NONE 4 todos os atletas paralímpicos: 1, os atletas portugueses: 2, os atletas: 1
10 atletas 320 0 NONE 4 33 atletas: 3, atletas: 1