Por: SentiLecto

Desportista de Portugal venceu o concurso de triplo salto dos europeus de pista cobertaPatrícia Mamona, que , conseguiu a sua quarta medalha em grandes campeonatos, sempre no triplo: em 2016 foi campeã da Europa absoluta, depois de ter sido «prata» em 2012, conquistou a medalha de ouro na prova do triplo salto dos Campeonatos da Europa de atletismo em pista coberta, que se disputam em Torun, Polónia, com um salto de 14,53 metros. A marca obtida por Mamona na final do triplo salto é também lembre nacional em pista coberta, superando os 14,44 que a desportista conseguira há dois anos, em Madrid.As três atletas no pódio ficaram separadas por um centímetro apenas – a espanhola Ana Peleteiro, campeã há dois anos, foi segunda e fez 14,52 centímetros, a mesma marca da alemã Neele Eckhardt, que perdeu no desempate pelo segundo melhor salto., e Faz 4 anos, foi vice-campeã em pista coberta, em 2017.Esta é a terceira medalha de Portugal nestes Europeus de Torun, depois dos «ouros» de Auriol Dongmo no lançamento do peso, na sexta-feira, e de Pedro Pichardo, no triplo masculino, já hoje, aumentando para 26 o total das medalhas de Lusakade Lusaka em todas as edições dos campeonatos.

Português saltou 17,03 metros e disputará a final no sábado.O de Portugal Pedro Pichardo, grande favorito à conquista da medalha de ouro do triplo salto nos Europeus de atletismo, conseguiu esta sexta-feira, em Torun, um apuramento fácil para a final da prova, ao saltar 17,03 metros.Na Polónia, Pichardo só precisou de um salto para ser o melhor desta ronda e assegurar o apuramento direto, que estava fixado para mais de 16,80 metros. A final disputa-se no sábado, a partir das 9h50 horas.Os dois desportistas que Portugal exibiu em pista para a primeira ronda dos 400 metros, Ricardo Santos e Mauro Pereira, não continuam em prova.Ricardo Santos foi o último na quinta série eliminatória e Mauro Pereira o penúltimo na sexta , ficando distantes da repescagem por tempos.Saltadora de Portugal assegurou a vaga na etapa decisiva da competição ao protagonizar um salto que ficou somente a um centímetro da sua melhor marca de semprePatrícia Mamona assombrou, este sábado, pela maneira como assegurou a passagem à final do triplo salto dos Campeonatos da Europa em pista coberta, ao quase bater o recorde nacional nas qualificações.Em Torun, na Polónia, a saltadora de Portugalde Portugal resolveu a qualificação logo com o primeiro salto, atingindo os 14,43 metros, a um centímetro somente da melhor marca de sempre em ‘indoor’.»Para declarar a verdade estou tão surpreendida como vocês. Posso adiantar que entrei na pista com vontade de saltar o mais longe possível, tentar a qualificação logo no primeiro salto , felizmente isso ocorreu», declarou a desportista logo após a prova.Mamona reconhece que a preparação dos últimos meses não foi a ideal, mas também que, agora, tudo está melhor. Ainda declarou: «Os últimos resultados, sempre a melhorar, deram-me confiança, apesar de me ter faltado o ritmo competitivo de outras ocasiões».A desportista chegou a Torun só com duas competições este inverno, sempre com resultados em crescendo – os campeonatos de Portugal, que venceu, e o ‘meeting’ madrileno onde confirmou os mínimos que tinha feito no ano passado.»Cada final é uma competição diferente. Não gosto de pensar bastante em marcas ou em lugares, gosto de me focar em saltar cada vez mais longe, para obter a melhor classificação possível», comentou, a finalidade da final de domingo à tarde. «Só com um salto hoje, fiquei com mais tempo para poder descansar, normalmente temos dois dias entre provas, mas desta vez é já amanhã [domingo]», adicionou a desportista treinada por José Uva.A líder europeia do ano, a grega Paraskevi Papachristou, saltou também uma vez somente, a 14,39, ficando logo apurada. A final do triplo salto dos Europeus de pista coberta disputa-se neste domingo, às 16h20 .A de Portugal Auriol Dongmo conquistou a medalha de ouro do lançamento do peso nos Campeonatos da Europa de atletismo de pista coberta, que se estão a disputar em Torun, Polónia.Dongmo venceu na final com um lançamento de 19,34 metros, num concurso em que atirou sempre a mais de 19 metros, tirando o primeiro e o último, que foram nulos.A medalha de prata foi para a sueca Fanny Roos, com 19,29, e a de bronze para a alemã Christina Schwanitz, com 19,04.

Na quarta-feira 24 de fevereiro Patrícia Mamona superou por três vezes a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.A desportista Patrícia Mamona fez em Madrid a marca de referência para os Europeus de atletismo em pista coberta, ao conseguir no triplo salto 14,21 metros, que lhe valeu o segundo lugar na prova.A última etapa do World Athletics Indoor Tour Gold também correu de feição a Carlos Nascimento, quarto na final dos 60 metros com 6,63, o que equiparava o seu recorde pessoal.Ainda sem ter confirmado esta época os mínimos para os Europeus de Torun , marcados para a primeirde março, Mamona desfez quaisquer dúvidas e só foi batida pela norte-americana Tori Franklin, ganhadora com 14,22.Mamona liderou o concurso desde o começo, com 14,14, e ao quarto salto passou para 14,21. A adversária norte-americana Só em a sexta e última série de saltos ultrapassou ela.A desportista de Lusaka por três vezes superou a marca de referência para Torun, imposta pela Federação Portuguesa de Atletismo, confirmando assim amplamente os mínimos que já tinha desde o ano passado.» estava bastante contente por ter conseguido confirmar a minha ida ao Europeus. Infelizmente só conseguíei competir uma vez, nos Campeonatos de Portugal, e estava bastante contente com o segundo lugar de hoje, apesar de ter estado perto do primeiro. O mais importante era garantir a minha qualificação e agora já estava a sonhar com os Europeu», declarou a desportista.Em Madrid, ficou à frente da terceira mundial do ano, a cubana Liadagmis Povea , e entrou direta para sétima mundial do ano, terceira europeia.Com Mamona, a seleção portuguesa para os Europeus indoor sobe para 16 nomes confirmados, dos quais três no top-3 – além da triplo saltadora, estão a esse nível Auriol Dongmo e Pedro Pichardo .Quanto a Carlos Nascimento, superou as melhores expectativas e equiparou o seu recorde pessoal, que já datava de 2016.Após 6,71 numa das meias-finais, foi quarto na final, a dois centésimos somente do terceiro lugar.Com a marca de hoje, subiu a 16.º europeu do ano.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

A Ricinus communis L., conhecida popularmente como mamona, pé-de-mamona, mamoneira, carrapateira, carrapato e rícino, é uma planta da família das euforbiáceas, originária da Ásia Meridional.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Poland, Spain, Portugal

Cities: Torun, Madrid

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Patrícia Mamona é campeã da Europa do triplo salto
>>>>>Europeus de atletismo: Pichardo com apuramento fácil para a final do triplo salto – March 05, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>Mamona declarou-se «surpreendida» pela forma como passou à final dos Europeus – March 06, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Europeus de atletismo: Francisco Belo na final do lançamento do peso – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Auriol Dongmo é a primeira portuguesa a entrar em ação nos Europeus – March 03, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Dongmo na final do peso e Mariana Machado na dos 3000 metros – March 04, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Auriol Dongmo renova contrato com o Sporting – March 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Flávio Nazinho renova pelo Sporting – March 01, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Francisco Belo quarto no peso com recorde nacional dos Europeus – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>António Costa felicita Auriol Dongmo pela medalha de ouro – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>O lançamento que valeu a medalha de ouro a Auriol Dongmo – March 05, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 220 40 NONE 13 (tacit) eu: 10, me: 3
2 Patrícia Mamona 80 0 PERSON 10 A atleta Patrícia_Mamona: 1, (tacit) ela (referent: Mamona): 2, (tacit) ele/ela (referent: Mamona): 1, Mamona: 6
3 pista 0 0 NONE 10 pista: 1, pista coberta: 8, a pista: 1
4 atleta 560 40 NONE 7 a atleta: 3, A atleta: 1, Atleta portuguesa: 1, A atleta lusa: 1, a atleta treinada: 1
5 salto 100 0 NONE 7 o quarto salto: 1, um salto: 3, melhor salto: 1, o primeiro salto: 2
6 mínimos 0 300 NONE 6 os mínimos: 6
7 Europeus 30 0 ORGANIZATION 6 os Europeus: 2, o Europeus: 1, (tacit) eles/elas (referent: os Europeus): 1, os Europeus de atletismo: 2
8 Carlos Nascimento 0 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: Carlos_Nascimento): 4, Carlos_Nascimento: 2
9 Torun 0 0 PLACE 5 Torun: 5
10 metros 0 0 NONE 5 14,21 metros: 1, 17,03 metros: 1, 16,80 metros: 1, os 14,43 metros: 1, 19 metros: 1