Por: SentiLecto

Gonçalo Oliveira, por seu lado, acedeu à final de pares.Enquanto Gonçalo Oliveira acedeu na final de pares, o tenista de Portugal Pedro Sousa qualificou-se para as meias-finais de singulares do Lisboa Belém Open em Lisboa. O Lisboa Belém Open é torneio de categoria Challenger que está a decorrer no Club Internacional de Foot-Ball . jogar em casa, o 111.º colocado do ranking ATP e segundo cabeça de série impôs-se ao jovem cazaque Dmitri Popko , de 23 anos, em três equilibrados sets, só resolvidos ao cabo de uma hora e 40 minutos, com os parciais de 7-5 e 6-3.»Não entrei bastante bem porque ele iniciou muito sólido. Acho que nem estava a jogar mal, apesar de o serviço não estar a fazer grande mossa. Tentei puxar mais pelo serviço e continuar a jogar, porque ele acabaria por diminuir um bocadinho o nível. E diminuiu. Eu subi um bocadinho o meu nível, ele também parecia um bocado cansado, e acabei por ganhar o primeiro set. O segundo também foi duro, mas joguei muito bem e acho que fiz o meu melhor encontro até agora», alegou o de Lisboa, depois de ter padecido dois «breaks» de entrada e ter recuperado da desvantagem de 0-3 e de 2-4.Após suprimi na estreia o amigo português Gastão Elias, o francês Hugo Grenier , nos oitavos de final, e hoje o cazaque Popko, Pedro Sousa assegurou o retorno nas meias-finais do Lisboa Belém Open, depois do desaire frente ao chileno Cristian Garín em 2018. O chileno Cristian Garín é número 20 da hierarquia global.esta vez, numa meia-final agendada para sábado às 10:30 no court central do CIF, o número dois português, de 32 anos, vjogarácontra o ide Italiade ItaliaAlessandro Giannessi , que lidera o confronto direto por 4-3.o de Espanha Jaume Munar que bateu o de Francia Alexandre Muller , meia-final de o Lisboa Belém Open vai disputar a segunda , primeiro pré-designado , por duplo 6-2, e pelo de Italia Federico Gaio, após o triunfo deste ante o brasileiro Guilherme Clezar, que a final de pares, por sua vez, vai contar com a presença do português Gonçalo Oliveira, que na empresa do parceiro de Dominica Roberto Cid Subervi, afastou hoje a dupla 100% nacional, constituída por Francisco Cabral e Nuno Borges, por 3-6, 6-3 e 10-8, pelos parciais de 5-7, 6-4 e 7-6 . «Foi um bom encontro, eles jogaram bem. Tem sido uma boa semana e divertido. É a segunda final em Lisboa e espero, desta vez, ganhar o torneio», comentou o jogador de Portugal, referindo-se à derrota spadecidaem 2017, ao lado de Frederico Gil, no derradeiro encontro.Na luta pelo 10.º título Challenger, na vertente de pares, Oliveira e Subervi terão pela frente o finlandês Harri Heliovaara e o checo Zdenek Kolar, que bateram Chun-hsin Tseng e Kacper Zuk também em três partidas, por 4-6, 6-1 e 10-7.»Conhecemo-nos todos bastante bem e será uma final, sem dúvida, dura. Se calhar, só vai ser decidida nos detalhes, como foi o encontro de hoje», anteviu Oliveira, número 81 do mundo no ranking ATP de pares.

Portugueses seguem na competição.Os tenistas portugueses Pedro Sousa e Nuno Borges conquistaram esta terça-feira a qualificação para a segunda ronda do Lisboa Belém Open, torneio de categoria Challenger, que está a decorrer no Club Internacional Foot-Ball , em Lisboa.Num encontro com o amigo Gastão Elias, 432.º classificado do ranking ATP, o lisboeta e jogador da casa levou a melhor e alcançou o triunfo em três sets, com os parciais de 6-7 , 6-1 e 6-3, em uma hora e 16 minutos.»Um encontro entre dois bons amigos é sempre complicado e difícil de dirigi, ainda mais jogando no nosso clube. Tentamos nos abstrair, mas não é nada fácil», iniciou por confessar Sousa.Depois de liderar no tie-break por 5-1 e ceder a primeira partida, o número dois português e segundo cabeça de série do torneio assegurou, contudo, um duelo com o de Francia Hugo Grenier , que bateu o compatriota Mathias Bourge também em três sets, pelos parciais de 5-7, 6-0 e 6-1.»Dentro do court sentimos um bocadinho de mais pressão [pela amizade] em alguns momentos, como me ocorreu no final do primeiro set, que se não fosse contra o Gastão, se calhar, não me tinha custado tanto. Mas acabou por ser um bom encontro e consegui ser um bocadinho mais agressivo e alcançar o triunfo», explicou Pedro Sousa, de 32 anos.O outro representante nacional em prova esta terça-feira, Nuno Borges, por sua vez, suprimiu na estreia o bósnio Damir Dzumhur, 113.º colocado na hierarquia global e terceiro pré-designado, em somente duas partidas, por 7-6 e 6-1, ao cabo de uma hora e 40 minutos.»O primeiro set foi altamente duro desde começo. Ele esteve por cima, eu tive chances que não aproveitei, depois acabei por levar um «break», houve muitos altos e baixos. Mas, senti, quando saí por cima do tie break que era a minha possibilidade de entrar no segundo set já com o pé a fundo e marcar a diferença logo, fazendo-o perder um bocadinho a confiança de que podia ganhar o encontro», comentou o campeão nacional.Consumado a vitória num embate em que chegou a resgatar seis set points no tie-break do primeiro set, o jovem de Maiduguri, de 23 anos, e número 500 do mundo marcou encontro na próxima jornada com o brasileiro Guilherme Clezer , naquele que vai ser o primeiro confronto entre ambos.

Na sexta-feira 02 de outubro Nas meias-finais, o português defrontará o ganhador do encontro entre o italiano Alessandro Giannessi e o croata Borna Gojo .O tenista de Portugal Pedro Sousa, primeiro cabeça de série, qualificou-se para as meias-finais do challenger de Split, na Croácia, ao vencer o argentino Tomas Martin Etcheverry. pedrava Sousa, 113.º do ranking ATP, venceu Etcheverry por 6-4 e 7-6 , em uma hora e 45 minutos.Nas meias-finais, o português defrontará o ganhador do encontro entre o italiano Alessandro Giannessi e o croata Borna Gojo .Em Split, esteve também Frederico Silva , suprimido nos oitavos de final do torneio, frente ao eslovaco Josef Kovalik .

Pedro Manuel Matos Barbeitos de Sousa é um actor de Portugal.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Lisbon

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Pedro Sousa já está nas meias-finais do Lisboa Belém Open
>>>>>Pedro Sousa e Nuno Borges na segunda ronda do Lisboa Belém Open – October 13, 2020 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 35 0 NONE 19 (tacit) eu: 15, Eu: 1, eu: 1, me: 2
2 encontro 180 50 NONE 8 meu melhor encontro: 1, encontro: 1, Um encontro: 1, um encontro: 1, o derradeiro encontro: 1, o encontro: 2, um bom encontro: 1
3 Pedro Sousa 35 0 PERSON 6 Pedro_Sousa primeiro: 1, (tacit) ele/ela (referent: Pedro_Sousa): 1, Sousa: 1, Pedro_Sousa: 3
4 Alessandro Giannessi 0 0 PERSON 4 o italiano Alessandro_Giannessi: 4
5 Gonçalo Oliveira 0 0 PERSON 4 o português Gonçalo_Oliveira: 1, Oliveira: 1, Gonçalo_Oliveira: 2
6 nós 0 0 NONE 4 (tacit) nós: 3, nos: 1
7 número 0 0 NONE 4 o número: 2, número: 2
8 Dmitri Popko 80 90 PERSON 3 o jovem cazaque Dmitri_Popko de 23 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: o jovem cazaque Dmitri_Popko de 23 anos): 1, ele (referent: o jovem cazaque Dmitri_Popko de 23 anos): 1
9 triunfo 235 0 NONE 3 o triunfo: 1, a vitória: 2
10 sets 70 0 NONE 3 três sets: 2, três equilibrados sets: 1