Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Arco Triunfal da Rua Augusta, Plaza del Comercio, Lisboa, Portugal, 2012-05-12, DD 02

Dia positivo para Portugal nos Europeus de natação ajustada, esta quarta-feira.Portugal fechou esta quarta-feira com uma medalha de prata, conquistada por Susana Veiga, e dois recordes nacionais o quarto dia dos Europeus de natação ajustada, que decorrem até sábado no Funchal.Na penúltima prova do dia, para a qual partia com o melhor tempo, Susana Veiga, que tem uma displasia na perna direita, nadou para a prata e para recorde nacional em 1.04,33 minutos.A de Espanha Sarai Gascon arrecadou o ouro, com a marca de 1.02,93 minutos, e a sua compatriota Núria Marques Soto ficou com o bronze, ao nadar em 1.05,26.Na final dos 400 metros livres S6, Daniel Videira foi quarto, com a marca de 5.15,72 minutos, que lhe permitiu bater o recorde nacional que lhe pertencia , ficando a 16,16 segundos do italiano Antonio Fantin, que conquistou o ouro .Se desqualificou Marco Meneses em a final direta de os 200 metros estilos SM11, prova que tinha concluído em a quinta posição, com 2.43,55 minutos, marca que constituiria novo recorde nacional.Ao quarto dia de competição, Portugal segue com duas medalhas, a de prata conquistada hoje, e uma de bronze, conseguida por Renata Pinto nos 100 metros bruços SB9.A Rússia lidera o quadro de medalhas, com 15 ouros, 14 pratas e oito bronzes, depois de hoje ter ultrapassado a Itália, que liderava na terça-feira.Protelada no ano passado devido à pandemia de covid-19, a competição, que decorre até sábado no complexo de piscinas olímpicas do Funchal, conta com a presença de 380 adesportistas entre os quais oito portugueses, de 47 países.Os Europeus da natação adaptada, que em 2016 também se realizaram na Madeira, têm a categoria open, pelo que contam com a presença de nadadores de todo o mundo, alguns ainda à procura de um lugar nos Jogos Paralímpicos Tóquio’2020, que decorrerão entre 24 de agosto e 5 de setembro.

Nadadora de Portugal elege os Jogos Paralímpicos Paris2024 como o grande objetivo.Renata Pinto nadou para o bronze e para um recorde nacional nos 100 metros bruços dos Europeus de natação ajustada e, aos 21 anos, ambiciona mais conquistas e elege os Jogos Paralímpicos Paris2024 como o grande objetivo.Renata Pinto, assumindo que esse é o seu grande objetivo e prometendo dar o melhor «em todas as provas», tal como no curso de psicologia que frequenta. alega: «Paris é já ali, já só faltam três anos».No Funchal, Renata Pinto, que tem uma malformação congénita no antebraço direito, participa no seu segundo Europeu de natação ajustada, depois de em 2016 ter marcado presença na competição, disputada também na Madeira.»Faz 5 anos, fui em a final de os 100 metros bruços, a prova em a qual agora fui bronze, em 2016 e acabei em oitavo lugar. O meu tempo da altura era superior em sete segundos ao que fiz agora», conta a nadadora, que também participou nos Europeus de 2018 e nos Mundiais de 2019.Renata Pinto, que chegou à natação aajustadaem 2013, depois de ter passado pela natação pura, admite que esta foi uma oalternativaque correu bem desde o icomeço e fica contente por fazer parte de uma geração jovem da natação para pessoas com deficiência.»Pouco tempo depois de ter chegado à aajustada fui a um campeonato nacional e ganhei logo o título dos 100 metros bruços, entretanto participei numa competição internacional para fazer a classificação [da classe na qual tem que competir], e Faz 6 anos, em os Jogos Europeus Paralímpicos da Juventude, onde nadei imensas prova, conquistei quatro medalhas de prata e uma de bronze «, relembra, em 2015.No domingo, na primeira final dos Europeus de natação ajustada, Renata Pinto nadou os 100 metros bruços, a sua prova de votação, em 1.25,02 minutos, fazendo cair o anterior máximo nacional , que já lhe pertencia.Renata admite que conhecia as oponentes e assume que tinha noção de que «podia chegar ao terceiro lugar, se tudo corresse bastante bem». Foi exatamente isso que ocorreu.Ao olhar para trás, a jovem de Portugalde Portugal, que integra o programa de esperanças paralímpicas, classifica de «inacreditável» a sua evolução na natação ajustada e garante: «Sei que não sou a mesma Renata».A nadadora admite que é difícil compatibilizar os estudos com a alta competição, mas garante que «tudo se consegue com muita disciplina e organização», reconhecendo que as aulas online, impostas pela pandemia de covid-19, «têm sido uma grande assistência».Renata Pinto integra a seleção de oito nadadores que encarnam Portugal nos Europeus de natação ajustada, que decorrem até sábado no Funchal e são a última prova de apuramento para os Jogos Paralímpicos Tóquio2020. Renata Pinto é desportista da ADADA.Na maior competição global de desporto ajustado, que vai decorrer no Japão entre 24 de agosto e 05 de setembro, Portugal vai ter cinco nadadores , de acordo com as quotas impostas pelo Comité Paralímpico Internacional.Alexis Santos, que nas eliminatórias da manhã tinha batido o recorde nacional, ao cumprir a distância em 25,28 segundos, marca que lhe valeu ainda a presença nestas semifinais, foi um pouco mais lento e acabou por registar o 16.º tempo das duas séries.O de Portugal Alexis Santos foi hoje oitavo e último na sua série das semifinais da prova de 50 metros costas dos Europeus de natação, que decorrem em Budapeste, ao nadar em 25,40 segundos.Alexis Santos, que nas eliminatórias da manhã tinha batido o recorde nacional, ao cumprir a distância em 25,28 segundos, marca que lhe valeu ainda a presença nestas semifinais, foi um pouco mais lento e acabou por registar o 16.º tempo das duas séries.O nadador do Sporting foi o único português a superar hoje as eliminatórias, tendo na disciplina de 50 metros costas também competido Francisco Santos, que foi quarto na terceira série, com o tempo de 25,91 segundos, longe dos 25,28 registados pelos últimos apurados.Nos 100 metros mariposa, Ana Catarina Monteiro foi quarta classificada na terceira série, com o tempo de 1.00,83 minutos, tendo o último tempo de apuramento se cifrado nos 59,39 segundos.Francisco Robalo Quintas foi oitavo na quarta série de apuramento dos 100 metros bruços, registando o tempo de 1.01,87 minutos, tendo o último apurado seguido em frente com o tempo de 1.00,23.Também fora do apuramento para os 800 metros livres ficou Diana Durães, sexta na segunda série com 8.44,81 minutos, quase mais oito segundos do que o último tempo .A equipa de Portugal de 4×100 metros livres, composta por Miguel Nascimento, Diogo Carvalho, Alexis Santos e Francisco Rogério Santos, foi nona na terceira série de apuramento, com o tempo de 3.28,52 minutos, a quase 13 segundos do último tempo de apuramentoPortugal está encarnado por 16 nadadores nos Campeonatos da Europa, a decorrer até domingo, com a pretensão de chegar às finais e de conseguir aampliaras cinco presenças já asseguradas nos Jogos Olímpicos Tóquio2020.O nadador Diogo Cancela concluiu na quinta posição a final dos 100 metros mariposa S8.O nadador Diogo Cancela concluiu esta terça-feira na quinta posição a final dos 100 metros mariposa S8, dos europeus de natação ajustada, que decorrem até sábado, no Funchal.Diogo Cancela, que não tem o braço direito, nadou a distância em 1.07,08 minutos, a 4,01 segundos do grego Dimosthenis Michalentzakis, que arrecadou a medalha de ouro.Protelados no ano passado devido à pandemia de covid-19, os Europeus de natação aajustada que decorrem até dia 22, junemno complexo de piscinas olímpicas do Funchal 380 adesportistas de 47 países, entre os quais oito portugueses.Na natação ajustada, os desportistas estão divididos por 14 classes, sendo as classes entre o um e o 10 para nadadores com deficiência motora, as classes entre 11 e 13 destinadas à deficiência visual, e a 14 para a deficiência intelectual.

Portugal, oficialmente República Portuguesa, é um país soberano unitário localizado no sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Russian Federation, Italy

Cities: Funchal

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Portugal com prata e dois recordes no quarto dia dos Europeus de natação ajustada
>>>>>Natação: Renata Pinto tem Paris2024 no horizonte depois do bronze no europeu – (ojogo-pt)
>>>>>Europeus de natação: Alexis Santos conclui 50 metros costas no 16.º lugar – May 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Europeus de natação: Portugal à procura de finais e qualificações olímpicas – May 15, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Europeus de natação adaptada no Funchal vão definir seleção portuguesa para Tóquio’2020 – May 14, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Europeus de natação adaptada no Funchal colocam grandes desafios organizativos – May 14, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Portugueses em três finais no primeiro dia dos Europeus de natação adaptada – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>Portugal fecha com bronze e recordes primeiro dia de Europeus de natação adaptada – (ojogo-pt)
>>>>>Diogo Cancela foi quinto em final dos europeus de natação adaptada – May 18, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Renata Pinto 180 328 PERSON 20 Renata_Pinto (apposition: atleta de a ADADA): 1, (tacit) ele/ela (referent: Renata): 1, (tacit) ele/ela (referent: Renata_Pinto): 8, Renata_Pinto: 8, Renata: 2
2 eu 100 0 NONE 12 (tacit) eu: 12
3 Portugal 60 40 PLACE 5 Portugal: 5
4 natação 240 0 NONE 5 natação adaptada: 2, a natação pura: 1, a natação adaptada: 2
5 metros 110 0 NONE 5 os 200 metros estilos: 1, os 800 metros livres: 1, os 100 metros mariposa: 1, os 100 metros bruços: 2
6 bronze 0 0 NONE 5 o bronze: 2, bronze: 3
7 competição 0 0 NONE 5 uma competição internacional: 1, a competição: 2, a maior competição mundial: 1, competição: 1
8 prova 0 0 NONE 5 a prova: 2, prova: 3
9 Diogo Cancela 0 80 PERSON 4 O nadador Diogo_Cancela: 2, Diogo_Cancela: 2
10 nadadora 0 36 NONE 4 Nadadora portuguesa: 1, A nadadora: 1, a nadadora: 2