Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Sébastien Ogier Rally Italy 2015 001

Piloto britânico dominou este terceiro e último dia de 54.ª edição da prova de Portugal.O britânico Elfyn Evans tornou-se o sexto ganhador diferente nas últimas seis edições do Rali de Portugal, e impediu que o de Francia Sébastien Ogier, que «Sabe bem, atingisse o recorde de seis vitórias. Evans, que dominou este terceiro e último dia de 54.ª edição da prova de Portugalde Portugal, deduziu esta quarta ronda do campeonato com o tempo de 3:38.54,5 horas, batendo Sordo por 55,3 segundos e o francês Sébastien Ogier por 2.00,1 minutos. Não fomos os mais rápidos este fim de semana, mas fizemos o suficiente para vencer. É bom. Não sabia quantas triunfos já eram, mas estou contente por esta», declarou o galês, mal concluiu a última especial da prova.Desde 2014, ano em que venceu o de Francia Sébastien Ogier , tem havido sempre um ganhador diferente.O finlandês Jari-Matti Latvala , agora diretor da Toyota, venceu em 2016, Ogier em 2017 , Thierry Neuville em 2018 e Ott Tänak em 2019. Faz 1 ano, cancelou se a prova devido em a pandemia de covid-19.oje, Evans concluiu a «power stage’ somente na quinta posição, adicionando um ponto extra, mas venceu três das cinco especiais disputadas hoje, cabendo ao belga Thierry Neuville a vitória numa e ao estónio Ott Tänak na restante, fechando a prova de Portugal com nove troços ganhos, de um total de 251 na carreira.»É bom voltar à corrida. [O triunfo] Está lá quase, mas parece que devemo tentar mais uma vez», lamentou o estónio em 2019. O estónio é último ganhador da prova de Lusaka.O japonês Takamoto Katsuta alcançou o quarto lugar, o seu melhor resultado de sempre numa prova do Mundial.Em quinto concluiu o britânico Gus Greensmith , que esta manhã destronou o de Francia Adrien Fourmaux .O finlandês Esapekka Lappi foi sétimo e venceu a categoria de WRC2, batendo o compatriota Teemu Suninen por 1.42,8 minutos.Armindo Araújo foi o melhor dos portugueses, concluindo em 19.º da geral, num dia em que Bruno Magalhães desistiu com problemas mecânicos.Com estes resultados, Ogier chegou aos 79 pontos e conservou a liderança do campeonato, mas agora com somente dois pontos de benefício sobre o segundo, que é Elfyn Evans.Thierry Neuville caiu para terceiro, com 57, mais 12 do que Tänak.Desta forma, Ogier sabe que volta a ser o primeiro em pista na próxima prova, o rali da Sardenha, em Itália, que se disputa dentro de duas semanas, de 03 a 06 de junho.

Em comunicado publicado na rede social Twitter, a Hyundai explica que decidiu «retirar o carro depois da especial 11 para proceder a mais consertos antes do dia final».A equipa da Hyundai decidiu retirar este sábado o belga Thierry Neuville do segundo dia do Rali de Portugal, quarta prova do Campeonato do Mundo, depois de os problemas mecânicos padecidos no acidente de sexta-feira não terem ficado resolvidos.Em comunicado publicado na rede social Twitter, a Hyundai explica que decidiu «retirar o carro depois da especial 11 para proceder a mais consertos antes do dia final».A equipa tinha três horas para poder trabalhar no carro do piloto belga de forma a conseguir fazê-lo alinhar no terceiro e derradeiro dia de prova, de forma a poder tentaradicionarr pontos na power stage, a especial final da prova lusa, que distribui 15 pontos pelos cinco mais rápidos.Neuville padeceu um ligeiro capotamento durante o sétimo troço, na sexta-feira, em Mortágua, lesando a traseira direita do seu i20, ainda retornou à prova esta manhã, csatisfazendoas três primeiras classificativas e tconcluindona 25.ª posição da geral.O estónio Ott Tanäk parte para o setor da tarde como líder da prova, com 19,5 segundos de benefício sobre o britânico Elfyn Evans .Elfyn Evans parte para o último dia de prova na liderança.O britânico Elfyn Evans , líder do Rali de Portugal à entrada para o terceiro e último dia, admite que, com 10,7 segundos de vbenefíciosobre o segundo classificado, «ainda está tudo em aberto».Apesar de sentir, em declarações aos jornalistas na «media zone», Evans declarou ter tido «um bom dia dentro do carro» que «ainda há áreas a melhorar».»Esta tarde fiquei muito cumprido com o carro. Ainda há algumas áreas em que podemos melhorar, mas, no geral, estou cumprido», referiu o piloto da Toyota.Evans tem, agora, cinco especiais para defender a liderança, incluindo a dupla passagem por Fafe e pelo salto da Pedra Sentada.»O salto? Não sou grande fã. É sempre difícil colocar o carro direito, mas é igual para todos», enfatizou.A chave do último dia vai ser a «escolha de pneus».»Temo que ver que pneus ainda temos e quais levar. Alguma coisa deve funcionar», deduziu o líder do Rali de Portugal, quarta de 12 provas do Campeonato do Mundo.Piloto da Hyundai tinha ganho quatro classificativas este sábado antes do duro revésO estónio Ott Tanak, que vinha a dominar por inteiro o segundo dia do Rali de Portugal, padeceu um duro revés à segunda passagem por Amarante.O piloto da Hyundai lesou a suspensão traseira tal como o companheiro Thierry Neuville de véspera, sendo forçado a parar e ficando fora da luta para repetir o triunfo de 2019.Quando resta a Street Stage na Foz do Douro, a liderança fica assim nas mãos do galês Elfyn Evans , a partir das 19h00, num total de três quilómetros.

Faz 1 mês, No fim de o rali, a FIAO multou Sebastien Ogier de Francia Sébastien Ogier venceu o rali de a Croácia, terceira prova de o Campeonato do Mundo, em o domingo 25 de abril, e chegava ao rali de Portugal na liderança do Mundial.O atual campeão do mundo concluiu com o tempo de 2:51.22,9 horas, deixando o galês Elfyn Evans no segundo lugar, a somente 0,6 segundos, com o belga Thierry Neuville a fechar os lugares do pódio, em terceiro, a 8,1 segundos.Mas toda esta história podia ter sido bastante diferente para o piloto de Franciade Francia, que quando fazia a ligação entre o parque fechado e a primeira classificativa de domingo, teve um acidente de viação. Ao perceber que algo não estaria bem no Toyota Yaris, Ogier mudou de faixa de rodagem, acabando por embater com um BMW que o tentava ultrapassar pela direita, usando a faixa de bus.O momento do acidente:Ogier trocou dados com o condutor da BMW e, com a licença dos organizadores do rali e de um membro da equipa que estava ao local, acreditou que poderiam prosseguir. Mas, uma patrulha da polícia de tráfego interveio. O campeão global acabou por «forçar» a saída, apesar a oposição policial.No fim do rali, Ogier foi multado pela FIA: 5000 euros por deixar o loca do acidente sem autorização da polícia e mais 2000 euros por passar um sinal vermelho, mais à frente.

Sébastien Ogier é um piloto de ralis de Francia que atualmente compete no mundial de rali pela Toyota GAZOO Racing WRC.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Italy

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Rali de Portugal: últimas seis edições com vecendores diferentes, agora Elfyn Evans
>>>>>Neuville desiste do segundo dia, mas regressa ao Rali de Portugal no domingo – May 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>WRC: Dani Sordo segue imparável no Rali de Portugal – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>WRC: Thierry Neuville recusa que atraso no Rali de Portugal tenha sido questão tática – May 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Hyundai vem ao Rali de Portugal ao ataque e pode ter um herói improvável – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Rali de Portugal: pilotos lamentam restrições na escolha de pneus – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>>>>>WRC: como Thierry Neuville chegou ao fim do troço em Mortágua – May 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>«Salto de Fafe? Não sou grande fã», admite o líder do Rali de Portugal – May 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Rali de Portugal: Elfyn Evans chega ao último dia na liderança – (ojogo-pt)
>>>>>>>>>WRC: Elfyn Evans foi o mais rápido no shakedown do Rali de Portugal – (ojogo-pt)
>>>>>WRC: Ott Tanak danifica suspensão traseira em Amarante e está fora da luta pelo Rali de Portugal – May 22, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Sébastien Ogier 80 0 PERSON 15 (tacit) ele/ela (referent: o francês Sébastien_Ogier): 1, o francês Sébastien_Ogier: 3, (tacit) ele/ela (referent: Sebastien_Ogier): 1, Sebastien_Ogier: 1, (tacit) ele/ela (referent: Ogier): 1, Ogier: 5, francês Sébastien_Ogier: 1, Sébastien_Ogier: 1, (tacit) ele/ela (referent: Sébastien_Ogier): 1
2 eu 150 105 NONE 10 (tacit) eu: 10
3 Thierry Neuville 0 195 PERSON 9 o companheiro Thierry_Neuville de véspera: 1, Neuville: 1, Thierry_Neuville: 2, (tacit) ele/ela (referent: Neuville): 3, o belga Thierry_Neuville: 2
4 Evans 240 0 PERSON 8 (tacit) ele/ela (referent: Evans): 3, Evans: 5
5 nós 30 40 NONE 6 (tacit) nós: 6
6 Hyundai 195 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: a Hyundai): 3, a Hyundai: 2
7 Elfyn Evans 140 0 PERSON 5 Elfyn_Evans parte para o último dia de prova em a liderança: 1, Elfyn_Evans: 1, O britânico Elfyn_Evans: 2, o galês Elfyn_Evans: 1
8 Ott Tanak 0 0 PERSON 4 Ott_Tanak: 2, Ott_Tänak: 1, o estónio Ott_Tänak: 1
9 equipa 0 0 NONE 3 a equipa: 2, A equipa: 1
10 piloto 0 0 NONE 3 o piloto francês: 2, Piloto britânico: 1