Por: SentiLecto

A carpete do Caldeirão dos Barreiros passou da 15ª posição para o último lugar, com uma classificação média de 2,95, o que o líder maritimista considera ser «uma avaliação bastante injusta»O relvado do Estádio do Marítimo sempre foi alvo de várias críticas por parte das equipas adversárias e, inclusive, na época 2019/2020, no final do jogo com o Rio Ave, o próprio treinador do clube de Madagascar, na altura José Gomes, criticou as más condições do relvado. Se considerou o relvado de o Caldeirão dos Barreiros mas, curiosamente, em este ano em que as críticas públicas foram escassas ou inexistentes, o pior de a Liga NOS.Depois de na temporada passada, ter ficado em 15º lugar com uma avaliação média de 3,35 em 5, desta vez, não conseguiu fugir ao último lugar com uma apreciação de 2,95, ficando atrás dos relvados do Jamor e do estádio de São Miguel, nos Açores .»É uma avaliação bastante injusta. Só pode ser considerada represália, pelas minhas atitudes e reivindicações justas. Mas, isso são atitudes que ficam com quem as praticam, que neste caso, é uma atitude do sr. Presidente da Liga», comentou em exclusivo a O JOGO o líder do Marítimo, Carlos Pereira, que considera que a avaliação não é bem feita.»Não pode ser uma situação unilateral a decidir uma situação que tem que ser do coletivo e jamais do individual. Portanto, é porque temos a Liga que merecemos, se isto ocorre ou não», declarou. Apesar da avaliação, o líder maritimista destaca que não está em vista qualquer espécie de intervenção no relvado. «O Marítimo tem todas as recomendações que são pedidas pelo seu provedor de serviços, que é credível como todos os outros. Porém, este é diferente, porque não é aquele que presta vassalagem à Liga. Ou seja, nós não prestamos vassalagem a ninguém. Por isso, somente tenho a declarar, declara-me com quem andas, que eu declaro-te quem és…», concluiu o presidente do símbolo verde-rubro. Na época passada, Carlos Pereira, que nomeadamente em relação à rrecomeçada Liga NOS, após a paragem competitiva devido à pandemia, esteve na frente das principais críticas à direção da Liga e à FPF.

Treinador foi o selecionado para comandar o Torreense na Liga 3Daúto Faquirá é o novo treinador do Torreense, que subiu à Liga 3. O técnico, 55 anos, passou pelo Covilhã esta temporada, tendo orientado os serranos durante três jogos, clube onde chegou no no decorrer de 2019/20.Venceu uma II Divisão em 2004/05 pelo Barreirense e no currículo conta com passagens por diversos clubes como Estrela da Amadora, Olhanense, V. Setúbal.Orientou 110 jogos na Liga NOS e 30 na Liga SABSEG.

Na terça-feira 08 de junho jogador do Sporting eleito um dos melhores médios da prova.A Liga divulgou na manhã dmais um nome presente no onze do ano da Liga NOS: João Palhinha. O médio leonino unia-se assim a Adán, Porro, Coates, Pepe, Nuno Mendes e Sérgio Oliveira nos jogadores já revelados.O internacional de Portugal, convidado para o Europeu alegou: » era bastante gratificante para mim poder estar presente neste lote, algo que refletia bem a época coletiva e individual que tive».Palhinha adicionou 2667 minutos no campeonato, unindo ainda 145 recuperações bola, um golo marcado e três prémios «Homem do Jogo Liga NOS».

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Relvado dos Barreiros considerado o pior da Liga: «É injusto… só pode ser represália»
>>>>>Daúto Faquirá está de volta ao ativo e para treinar na Liga 3 – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Liga 0 0 ORGANIZATION 5 a Liga: 4, A Liga: 1
2 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 2, me: 1, eu: 1, mim: 1
3 avaliação 0 80 NONE 3 avaliação: 1, uma avaliação média de 3,35: 1, uma avaliação muito injusta: 1
4 uma II_Divisão 80 0 OTHER 3 (tacit) ele/ela (referent: uma II_Divisão): 2, uma II_Divisão: 1
5 Liga NOS 0 0 ORGANIZATION 3 a Liga_NOS: 3
6 atitudes 0 0 NONE 3 atitudes: 3
7 lugar 0 0 NONE 3 o último lugar: 2, 15º lugar: 1
8 nós 0 0 NONE 3 nós: 1, (tacit) nós: 2
9 seu fornecedor de serviços 160 0 NONE 2 seu fornecedor de serviços: 2
10 o presidente de o emblema verde-rubro 80 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: o presidente de o emblema verde-rubro): 2