Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Victor Melícias

Já Vítor Lopes entregou um primeiro cartão com 76 pancadasO golfista de Portugal Ricardo Melo Gouveia estreou-se no Challenge de Itália, torneio do Challenge Tour, com uma primeira volta ao traçado do Margara Golf Club com 67 pancadas e uma vaga no «top 10». Vítor Lopes é o outro representante nacional no torneio de Italia.O profissional de Portugal registou sete «birdies» nos buracos 4, 9, 11, 13, 14, 15 e 18, um «bogey» no 10 e um «duplo bogey» no 16 para assegurar um lugar entre os jogadores que dividem a sétima posição do «leaderboard».»Joguei bastante bem, cometi só um erro no buraco 16, onde falhei o «tee-shot» e acabei por perder a bola. De resto, foi uma exposição e uma volta bastante sólida», contou o 35. º colocado no «ranking» do Challenge Tour, que tal como Melo Gouveia, que está a dois «shots» do líder de Inglaterra Nathan Kimsey, após completar os 18 buracos inaugurais com 65 pancadas , Tomás Bessa também entrou bem no Challenge de Itália e, com o Par do campo, está no grupo dos 48, em declarações à Lusa. ºs colocados, no limite do «cut» provisório.Já Vítor Lopes entregou um primeiro cartão com 76 pancadas e figura no 138. Vítor Lopes é o outro representante nacional no torneio de Italia.º lugar.

À distância mínima da manutenção em prova está o outro representante nacional, Pedro Figueiredo,O golfista português Ricardo Santos entrou hoje pouco ‘afinado’ no Cazoo Open suported by Gareth Bale, mas conseguiu recuperar e colocar-se dentro do «cut» provisório, após uma estreia no Par do campo no The Celtic Manor Resort.O profissional de Algeria, de 39 anos, estreou-se com um «duplo bogey» no primeiro buraco e assinou um «bogey» no 4, mas reagiu com quatro «birdies» no 9, 11, 12 e 18, contra somente mais um «bogey» no 15, e acabou por não perder nenhuma pancada para o campo.»Foi um começo bastante mau e uma luta até ao fim, mas valeu a pena. No buraco 1 fui para o «bunker» com o «drive», depois bati com a bola no «lip» do «bunker» e ficou no mesmo sítio. Fiz «shot» para a frente, «microchip» e dois «putts». Depois, no buraco 7, dei um bom «shot», senti algo diferente, que gostei, e iniciei só o focar-me naquele «feeling». Não sei exatamente que ocorreu, mas comecei a jogar bem melhor», contou Santos, em declarações à Lusa.Com 71 pancadas, Ricardo Santos ocupa o 44.º lugar no «leaderboard», empatado, e dentro do «cut» provisório, que apurará os 65 melhores e empatados para as últimas duas voltas.À distância mínima da manutenção em prova está o outro representante nacional, Pedro Figueiredo, que deduziu os 18 buracos inaugurais com 73 pancadas , num dia em que o sueco Vincent Norrman e o espanhol Nacho Elvira assumiram a liderança do torneio pontuável para o European Tour, ambos com 64 pancadas .

Faz 12 dias, ricardo Melo Gouveia concluiu em o grupo de os classificados em 42, em o domingo 11 de julho.º lugar no Le Vaudreuil Golf Challenge.O golfista de Portugal Ricardo Melo Gouveia concluiu no grupo dos classificados em 42.º lugar no Le Vaudreuil Golf Challenge, torneio do Challenge Tour, que decorreu no Par 71 do Golf PGA France du Vaudreuil, em França.O profissional, natural de Lisboa, deduziu a quarta e última volta com 69 pancadas, três abaixo do Par do campo, naquela que foi a sua melhor exposição ao longo dos quatro dias, depois de registar três «birdies» , nos buracos 11, 12 e 18, um «eagle» , no 8, um «bogey» , no 6, e um «duplo bogey» , no 15.»Hoje, estive melhor no jogo comprido e, com isso, conseguíei instituir mais chances para «birdie». Ainda houve um ou outro «putt» falhado, que podiam ter feito a diferença, e o «duplo bogey», na sequência de um mau «tee shot» também não auxiliou. Ainda assim, estava cumprido por concluir com a melhor volta nos quatro dias», alegou Melo Gouveia, em declarações à Lusa.Com um agregado de 284 «shots» , Par do campo, o jogador de Portugal subiu 11 lugares na classificação, despedindo-se no 42.º posto, empatado com o de Alemania Alexander Knappe, mas desceu três posições na «Road to Maiorca», figurando agora no 35.º lugar.O triunfo no Le Vaudreuil Golf Challenge coube ao também germânico Marcel Siem, que totalizou 269 pancadas , 15 abaixo do Par, e deixou o chileno Hugo Leon à distância mínima no segundo lugar.

Frei Vítor José Melícias Lopes Ofm Gcc • GOM • Gcm é um religioso franciscano de Portugal.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Italy

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ricardo Melo Gouveia arranca no top 10 no Challenge de Itália
>>>>>Ricardo Santos dentro do cut provisório no País de Gales – July 22, 2021 (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 260 120 NONE 13 (tacit) eu: 13
2 Par 0 0 ORGANIZATION 6 Par: 1, o Par: 1, Par de o campo: 2, o Par de o campo: 2
3 Ricardo Melo Gouveia 0 0 PERSON 6 Ricardo_Melo_Gouveia: 1, Melo_Gouveia: 3, ricardo Melo_Gouveia: 1, português Ricardo_Melo_Gouveia: 1
4 um bogey 0 0 OTHER 6 um bogey: 3, um duplo bogey: 2, (tacit) ele/ela (referent: um bogey): 1
5 pancadas 0 300 NONE 5 269 pancadas: 1, 67 pancadas: 1, 71 pancadas: 1, 76 pancadas: 1, 69 pancadas: 1
6 buraco 0 0 NONE 4 o primeiro buraco: 1, o buraco: 3
7 Vítor Lopes 40 120 PERSON 3 Vítor_Lopes (apposition: o outro representante nacional): 2, (tacit) ele/ela (referent: Vítor_Lopes): 1
8 Lusa 0 0 ORGANIZATION 3 a Lusa: 3
9 declarações 0 0 NONE 3 declarações: 3
10 lugar 0 0 NONE 3 º lugar: 2, o segundo lugar: 1