Por: SentiLecto

Gustavo Viera, que realizou ainda uma bateria de exames que não detetou nada de irregular, já teve alta hospitalar. O futebolista do Santa Clara Gustavo Viera, que desmaiou no treino dos desportistas não usados após o encontro com o Famalicão, já teve alta hospitalar e está adequado a treinar, revelou o clube açoriano da I Liga.Fonte oficial do Santa Clara progrediu à agência Lusa que o uruguaio spadeceuuma hipotensão , mas que chegou a ter alta na noite de domingo.se levou o jogador de Uruguay em o domingo, para a clínica depois de ter desmaiado em o treino de os não usados, realizado após o encontro entre os açorianos e o Famalicão, de a 14.ª jornada da I Liga de futebol.Responsáveis do Santa Clara progrediram à agência Lusa que o jogador ude Uruguaysentiu uma «pequena indisposição e algumas tonturas», tendo acabado por desmaiar.Quando Viera foi transportado de maca para o clínica, já estava «consciente».Após o encontro frente ao Famalicão, os jogadores não usados do Santa Clara realizaram o treino habitual após as partidas.Quando se verificou uma grande agitação no relvado do estádio de São Miguel, daniel Ramos falava na conferência de jornalismo após a derrota diante do Famalicão.Vários bombeiros correram para o local onde decorria o treino e a ambulância entrou no relvado para transportar Viera.Gustavo Viera, progredido de 20 anos, chegou esta época ao Santa Clara, proveniente do Liverpool Montevideo.Faz 1 mês, o uruguaio alinhou somente em um encontro, em o triunfo de os açorianos por 3-1 diante do Nacional, a contar para o campeonato em 06 de dezembro,.No jogo da 14.ª jornada, o Famalicão bateu o Santa Clara por 2-1, com golos de Robert e Lukovic para a equipa de João Pedro Sousa e de Diogo Queirós para o Santa Clara.

Declarações do treinador Daniel Ramos após o triunfo do Famalicão , por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga, realizado nos Açores:Sobre o jogo: «Pouco vale declarar se é justo ou injusto. Sei que o Famalicão venceu, parabéns ao Famalicão. Também sei de algo que me parece bastante visível, que foi termos controlado o jogo e concedemos praticamente quase nada ao Famalicão do ponto vista de jogadas.Penalizados: «Fomos altamente penalizados, bastante penalizados pelo resultado, dois lances de bola parada: um penálti, um livre que se afigurava sem grande perigo e distante da baliza. É uma sensação de impotência, porque fizemos por merecer bem mais.»Tristeza: «Sinto neste momento amargura, porque em casa estamos a ter obstáculos a vencer. Estou triste. Também sinto que estamos a ser avezinhas, porque não estamos a usar todas as armas que temos. O futebol português está a entristecer-nos um pouco. É falta atrás de falta e falta e falta. Um jogo, se a equipa de arbitragem deixa jogar mais, nós estranhamos. Depois aparecem cinco seis jogos, que é falta, falta falta. Falta é falta.»Osama Rashid despede-se este domingo do clube açoriano. Rumará à Turquia.Osama Rashid fará este domingo, frente ao Famalicão, a sua despedida com a camisola do Santa Clara.Quatro anos depois de ter chegado aos Açores, o médio internacional pelo Iraque vai, aos 29 anos, abraçar uma nova etapa na carreira. A Turquia, mais precisamente o Çaykur Rizespor, é o destino do jogador que ao serviço do Santa Clara, desde janeiro de 2017, alinhou em 122 jogos e assinalou 25 golos.O negócio, que será formalizado nos próximos dias, renderá aos cofres da SAD açoriana pouco mais de um milhão de euros, embora o valor de mercado do jogador, segundo o site Transfermarket, seja 1,2 milhões de euros. Rashid, refira-se, está em final de contrato com os açorianos.O médio vai fazer a sua despedida na qual Daniel Ramos pretende estender o bom momento da equipa. Os açorianos vêm de dois empates para o campeonato e um triunfo, histórica, para a Taça de Portugal, embora não vençam em casa desde setembro.»O estado anímico é positivo. Realizámos boas prestações e garantimos também a passagem de uma eliminatória da Taça de Portugal que nos deu a possibilidade de sermos reconhecidos e estarmos onde nunca estivermos na competição», apontou o técnico.Declarações do treinador João Pedro Sousa após o triunfo do Famalicão diante do Santa Clara, por 2-1, em jogo da 14.ª jornada da I Liga, realizado nos Açores:Sobre o jogo: «Foi um jogo importante para nós, desejávamo retornar depressa àosvtriunfos vínhamos de um ciclo mbastantenegativo e, portanto, este jogo era mbastanteimportante. Foi um jogo difícil, o jogo não foi bastante bem jogado, devido também às condições do campo, o que foi pena, porque são duas equipas que gostam de praticar bom futebol e gostam de fazer bons espetáculos.»Justiça: «De facto, o jogo foi bastante equilibrado, com poucas chances de golo, deseja para uma equipa deseja para outra. Não posso deixar também de destacar a proficiência dos nossos golos, um de penálti e outro de livre direto. O Santa Clara obrigou ao erro, pressionou a nossa saída no período de construção e acabou por fazer um golo. Contudo, fizemos dois, não posso deixar de achar que foi um resultado justo.»

Na sexta-feira 08 de janeiro treinador desejava Santa Clara com ciclo de triunfos para afastar «posições incómodas».Daniel Ramos declarou desejar começar um «ciclo positivo» vencendo o Boavista na 13.ª jornada da I Liga, para a equipa açoriana ficar «mais longe de posições incómodas» na classificação.Apesar de estarmos bem posicionados em termos de tabela, daniel Ramos disse: «, temos a noção de que há proximidade, há competitividade, há equilíbrio e tínhamo que fazer por conseguir o tal ciclo positivo, conseguir triunfos, para caminharmo mais longe de posições incómodas».O treinador do Santa Clara falava no estádio de São Miguel, em Ponta Delgada, em conferência de jornalismo, antes da deslocação ao Bessa para defrontar o Boavista.O Santa Clara era sétimo, enquanto o Boavista era o penúltimo da classificação, mas somente quatro pontos separavam as duas equipas.Daniel Ramos destacou que a equipa vai com a «pretensão de retornar àosvtriunfos num campo «difícil».»Vamos com esse objetivo, com o objetivo de procurar vencer, como disse, num campo que é difícil, a uma equipa que toda a gente diz que está aquém em termos pontuais daquilo que é a valia do seu plantel», disse.Uma vez que se encontrava em zona de despromoção, sobre a pressão que o Boavista teria para o encontro o treinador do Santa Clara desvalorizou, referindo que a «pressão existe sempre» para todas as equipas.Daniel Ramos destacou que devido ao treinador oponente, o «grau de obstáculo do jogo ampliava», uma vez que Jesualdo Ferreira era um dos treinadores «mais experientes» e «titulados» do campeonato.O técnico da equipa açoriana alegou que o Boavista tem um «misto de juventude e experiência», mas que «ainda não encontrou» o «melhor percurso para rentabilizar ao máximo o plantel».O treinador do Santa Clara, que na época passada orientou o Boavista assinalou: «Vários daqueles jogadores foram meus jogadores, sabia da característica que têm, entraram também muitos jogadores novos que também já deram mostras de característica».Na ocasião, Daniel Ramos também informou que Jean Patric só «retornou a casa» na quinta-feira, tendo estado hospitalizado e ainda estava «impedido de treinar» até realizar novos exames nas próximas semanas.No último jogo frente ao Benfica , o jogador do Santa Clara Jean Patric saiu lesionado após um embate com Gilberto.Na quinta-feira, o Santa Clara anunciou a contratação do internacional japonês Hidemasa Morita, que Daniel Ramos considerou um «bom reforço» e um «bom investimento».Ainda que pretendia a entrada de um avançado no plantel, o técnico dos insulares realçou para «ampliar a competitividade» da equipa.Faz 6 dias, Daniel Ramos realçou também que todos os 24 jogadores disponíveis vão seguir para estágio e que a equipa irá permanecer em o continente até a o próximo encontro diante do Moreirense para a Taça de Portugal, a.O Santa Clara, sétimo classificado com 14 pontos, vai defrontar o Boavista 17.º com dez, no próximo sábado, no estádio do Bessa, às 20:30, para a 13.ª jornada da I Liga de futebol.

Gustavo Viera, é um futebolista de Paraguayde Paraguay que atua como meia ou volante.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Uruguay

Cities: Montevideo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Santa Clara dá novas informações sobre jogador que desmaiou após jogo
>>>>>»O futebol português está a entristecer-nos um pouco», diz Daniel Ramos – (ojogo-pt)
>>>>>Depois de Thiago Santana, outra saída rende novo «jackpot» ao Santa Clara – January 17, 2021 (ojogo-pt)
>>>>>»Vínhamos de um ciclo muito negativo, era um jogo muito importante» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 0 190 NONE 13 nós: 2, (tacit) nós: 11
2 Clara Responsáveis do 30 24 PERSON 12 o Santa_Clara: 5, Responsáveis_do_Santa_Clara: 1, O Santa_Clara: 1, O Santa_Clara sétimo classificado: 1, Santa_Clara: 1, O Santa_Clara era sétimo enquanto o Boavista era o penúltimo de a classificação: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Santa_Clara): 2
3 Daniel Ramos 192 0 PERSON 10 (tacit) ele/ela (referent: Daniel_Ramos): 1, Daniel_Ramos: 9
4 jogo 70 100 NONE 9 este jogo era muito importante: 1, Um jogo: 1, o último jogo frente: 1, o jogo: 4, um jogo importante: 1, um jogo difícil: 1
5 Famalicão 155 80 ORGANIZATION 9 (tacit) ele/ela (referent: o Famalicão): 1, o Famalicão: 6, Famalicão: 1, o Famalicão de o ponto: 1
6 eu 0 80 NONE 8 (tacit) eu: 7, me: 1
7 falta 0 300 NONE 6 falta: 6
8 jogadores 0 0 NONE 6 meus jogadores: 1, aqueles jogadores: 1, muitos jogadores novos: 2, os 24 jogadores disponíveis: 1, os jogadores: 1
9 encontro 0 0 NONE 5 o encontro: 2, um encontro: 1, o encontro frente: 1, o próximo encontro: 1
10 o Boavista 0 0 PLACE 5 o Boavista: 5