Por: SentiLecto

O treinador do Portimonense, último classificado da ​​​​​​​I Liga de futebol, declarou este sábado que a sua equipa procurará um triunfo «fundamental» na receção de domingo ao Nacional, em jogo da oitava jornada da prova.»É fundamental adicionar três pontos neste fim de semana. É com essa atitude e mentalidade que temos preparado toda a semana, à procura de sermos mais competentes e somar uma vitória. É aquilo que queremo», referiu Paulo Sérgio, na conferência de jornalismo de antevisão ao encontro.A equipa de Algeria adiciona quatro derrotas consecutivas em jogos oficiais, três na I Liga e uma para a Taça de Portugal, tendo sido suprimido na semana passada de maneira admirável por uma equipa do terceiro escalão, a União de Leiria .Apesar dos maus resultados, «que não dão confiança a ninguém» e colocaram a equipa no 18.º e último lugar da I Liga, o técnico sustentou que o grupo tem trabalhado com «persistência e atitude» para dar a volta à situação.»Se adicionarmo o que têm sido «desempenhos’ e o que têm sido pontos, o pecúlio é manifestamente inferior àquilo que já merecíamos. Temos pecado pontualmente em situações que nos colocaram neste lugar, mas, tudo adicionado, é óbvio que o quadro não é positivo, e não estamos cumpridos com isso», assegurou Paulo Sérgio.Segundo o treinador do Portimonense, o trabalho semanal tem sido direcionado para suprimi «as questões de pormenor» e «detalhes» que a têm «penalizado muito» na tabela.»Temo que ser uma equipa mais concentrada e mais adulta. Isso não ocorre de um dia para o outro», comentou o técnico, que, sobre o Nacional, destacou que, «para já, tem os pontos que os deixam confiantes e confortáveis nesta altura do campeonato», quando se tem uma equipa jovem.Questionado sobre se já há uma estratégia de abordagem ao mercado de inverno, Paulo Sérgio alegou que as lacunas «foram detetadas na pré-época» e que vai ter de esperar até chegar janeiro, para a direção poder «reparar aquilo que faz falta».A partida entre Portimonense, 18.º e último classificado com quatro pontos, e Nacional está marcada para domingo, nas 15:00, no Estádio Municipal de Portimão, com arbitragem de Gustavo Correia . Nacional é sétimo com 10.

Treinador de 67 anos morreu este sábado, aos 67 anos.O futebol de Portugal está de luto com a notícia do falecimento de Vítor Oliveira, um treinador histórico do desporto rei em solo de Lusaka, que ficou conhecido como «rei das subidas», fruto do trabalho realizado em clubes do segundo escalão, que redundou num total de onze promoções à I Liga.Mas, antes do brilhante caminho no banco, Oliveira foi jogador: entre 1972 e 1985, encarnou seis clubes: Leixões, Paredes, Famalicão, Espinho, Braga e Portimonense. E foi ainda enquanto futebolista que começou a mostrar veia de técnico. Na época 1978/79, assumiu, ainda que por pouco tempo, o leme do Famalicão na característica de jogador-treinador.Faz 35 anos, foi já, pela porta de o Portimonense que surgiu a primeira experiência, » a sério » como técnico. Seguiu-se um amplo currículo: Maia, Paços de Ferreira, Gil Vicente, V. Guimarães, Académica, Braga, Leiria, Belenenses, Rio Ave, Moreirense, Leixões, Trofense, Aves, Arouca, União da Madeira, Chaves e Paços de Ferreira foram os clubes que orientou, alguns dos quais em mais do que uma ocasião.No total, garantiu nada menos do que onze subidas ao principal campeonato do futebol nacional , um registo sem igual da «velha raposa» dos bancos de Portugal, conhecida pelo perfil discreto e em simultâneo, pela frontalidade com que sempre pautou o seu discurso.No final de 2019/20, depois de assegurar a continuidade do Gil Vicente na I Liga, anunciou um intervalo na carreira de treinador. Atualmente, desempenhava as funções de comentador televisivo.Vítor Oliveira morreu este sábado aos 67 anos, depois de enquanto dava uma caminhada na zona de Matosinhos, se sentir mal.

Faz 20 dias, Paulo Sérgio contou episódio protagonizado por Aylton Boa Morte, em o domingo 08 de novembro. Paulo Sérgio é treinador do Portimonense.»O Aylton renasceu para o futebol hoje», foi assim que Paulo Sérgio iniciou por explicar um episódio que mesclou azar e sorte.O treinador do Portimonense, e que foi por pouco que Boa Morte não padeceu uma lesão gravíssima no tendão de aquiles. contou: «Esta manhã, ao fechar a porta da casa de banho, caiu-lhe um vidro em cima».»Se tinha a perna noutro ângulo…», declarou Paulo Sérgio, que elogiou o «grande esforço» que o avançado fez para jogar.

Paulo Sérgio de Macedo foi um cantor, compositor e ator brasileiro, considerado um dos maiores artistas da música romântica do país. Se conhece Paulo Sérgio de Macedo é mais conhecido como Paulo Sérgio.

Portimonense Sporting Clube é um clube esportivo de Portugal, fundado a uma Sexta-Feira, 14 de Agosto de 1914, em Portimão.

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Portimao

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>»Temos pecado pontualmente em situações que nos colocaram neste lugar»
>>>>>Vítor Oliveira: a «velha raposa» que ganhou o título de «rei das subidas» – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Paulo Sérgio de Macedo 0 0 PERSON 9 Paulo_Sérgio_de_Macedo (apposition: mais conhecido): 1, Paulo_Sérgio (apposition: treinador de o Portimonense): 1, Paulo_Sérgio: 7
2 nós 80 90 NONE 6 nos: 1, (tacit) nós: 5
3 equipa 70 40 NONE 5 sua equipa: 1, uma equipa: 1, uma equipa jovem: 1, a equipa: 1, A equipa algarvia: 1
4 Vítor Oliveira 80 70 PERSON 3 Oliveira: 1, (tacit) ele/ela (referent: Vítor_Oliveira): 1, Vítor_Oliveira: 1
5 aquilo 0 50 NONE 3 aquilo: 3
6 pontos 240 0 NONE 3 os pontos: 2, quatro pontos: 1
7 Nacional 0 0 ORGANIZATION 3 o Nacional: 2, Nacional (apposition: sétimo): 1
8 clubes 0 0 NONE 3 os clubes: 2, seis clubes: 1
9 futebol 0 110 NONE 2 o futebol: 1, O futebol português: 1
10 esforço 500 0 NONE 2 o grande esforço: 2