Por: SentiLecto

Um dos postulantes ao título do GP peso médio do BJJ Stars, programado para o dia 14 de novembro, Gustavo Batista, que também conquistou a prata no absoluto, foi um dos destaques do Pan-Americano de Jiu-Jitsu da IBJJF, realizado no último final de semana, na Flórida . Segundo ele, foi um ótimo termômetro para o seu próximo desafio.

Para comprar o PPV e acompanhar tudo do BJJ Stars, clique AQUI

«Acredito que a participação foi boa, me senti bem combatendo e consegui fazer boas lutas. O objetivo era o ‘double gold’, que infelizmente não veio, mas embora tenha me sentido bastante bem no Pan, corrigirei alguns erros e adaptar alguns detalhes para chegar ao BJJ Stars totalmente preparado, até porque minha preparação vem sendo voltada para o BJJ Stars mesmo «, explicou o faixa-preta.

Gustavo Batista entra no torneio do BJJ Stars já sabendo alguns percursos que podem levá-lo ao prêmio máximo de R$ 100 mil. Isto porque ele foi vice-campeão da última edição, realizada no ano passado, quando perdeu na grande final para Nicholas Meregali.

«Acho que pode me auxiliar o fato de eu já ter combatido uma edição do GP do BJJ Stars, que foi ‘open class’. E agora, sendo na minha categoria de peso, me sinto ainda mais motivado para conquistar o título deste torneio», realça o lutador.

«O público pode esperar o que eu sempre tento exibi nas minhas lutas: um Jiu-Jitsu para frente, sem amarração, imprimindo meu ritmo em busca da conclusão. É para isso que eu treino, e acredito que desta vez não será diferente. Faz 11 meses, deduziu, narração com a torcida de todos para em o dia 14 de novembro fazer grandes lutas para os fãs de o Jiu-Jitsu.

«Sem dúvida essa conquista foi uma boa prévia. Eu me sinto cada vez mais forte e preparado para os campeonatos que estão por vir. Seja Mundial, luta casada ou opens. Eu estou somente há dois meses morando em San Diego e treinando no quartel general da Atos e já vejo muita evolução em tudo. Que o treino aqui é de alto nível, todo mundo já sabe. Mas a Atos é bastante mais que isso. É um ambiente saudável com pessoas que estão se auxiliando, se juntam, e aumentam juntas. Os meus professores, Angélica e André, estão presentes em todas as aulas sempre dando o melhor para a nossa evolução. Além dos treinos de Jiu-Jitsu, eu tenho me dedicado bastante na preparação física e mental. Deus tem visto e recompensado todo o meu esforço», deduziu o campeão.»Esse foi o meu primeiro ouro no Pan. Faz 4 anos, e 2017 eu fui vice-campeão, em 2016, e Faz 2 anos, eu fiquei em terceiro, em 2018. Essa conquista encarna bastante pra mim. Foram quase cinco anos de muita dedicação para alcançar esse objetivo. Tudo ocorreu como eu e o meu professor esperávamos. Todos os treinos que o Galvão me passou, foram exatamente o que eu executei pra ser campeão. Acho que tudo isso me favoreceu pra ser o campeão», declarou o desportista da Atos Jiu-Jitsu.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Título no Pan da IBJJF estimula Gustavo Batista para GP do BJJ Stars: ‘Podem esperar um Jiu-Jitsu sem amarração’
>>>>>Lucas Pinheiro comemora primeiro ouro no Pan-Americano de Jiu-Jitsu: “foram quase cinco anos de muita dedicação para alcançar esse objetivo” – October 14, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 203 21 NONE 26 (tacit) eu: 8, me: 8, eu: 7, mim: 1, Eu: 2
2 Gustavo Batista 120 0 PERSON 3 Gustavo_Batista: 3
3 frente 50 0 NONE 3 (tacit) ele/ela (referent: frente): 3
4 treinos 160 0 NONE 2 Todos os treinos: 2
5 Deus 130 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Deus): 1, Deus: 1
6 lutas 80 0 NONE 2 boas lutas: 1, minhas lutas: 1
7 vocês 80 0 NONE 2 (tacit) vocês: 2
8 BJJ Stars 0 0 ORGANIZATION 2 o BJJ_Stars: 2
9 caminhos 0 0 NONE 2 alguns caminhos: 2
10 campeonatos 0 0 NONE 2 os campeonatos: 2