Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luís Roberto Barroso

Ministro Luís Roberto Barroso alegou que a campanha de Animosidade e mentira nas redes sociais são os grandes opositores da democracia atual. Ministro Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral . Em um discurso nesta quinta-feira em um acontecimento virtual do Tribunal Regional do Rio, o juiz alegou que, em vários países, a democracia está sendo ameaçada por três fenômenos: o populismo, o extremismo e o autoritarismo. Em uma fala cheia de indiretas ao presidente Jair Bolsonaro , Barroso também rebateu a proposta pelo voto impresso e criticou os defensores de ditadura.

— Sob ataque do presidente Jair Bolsonaro em razão do voto impresso, ministro Luís Roberto Barroso declarou nesta segunda-feira que a «ameaça na execução de votações é um comportamento antidemocrático» e alegou, sem mencionar nomes, que há no país «retardatários que gostariam de voltar ao passado». Ministro Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral .— A ameaça à rexecuçãode evotaçõesé uumccomportamentoaantidemocrático Eliminar direitos fundamentais, incluindo os de natureza ambiental, é uma atitude antidemocrática. Conspurcar a discussão pública com desinformação, mentiras, Animosidade e teorias conspiratórias é comportamento antidemocrático. Há coisas erradas ocorrendo no país, e nós todos precisamos estar atenciosos, precisamos das instituições e precisamos da sociedade civil, ambas bem alertas. Nós já superamos os ciclos do atraso institucional, mas há retardatários que gostariam de voltar ao passado. E parte dessas estratégias incluem ataques às instituições —, ddeclarouo ministro. A fala de Barroso aconteceu na primeira sessão do segundo semestre do TSE, que contou com a presença de todos os integrantes titulares da Corte eleitoral. Em alusão a um versículo da Bíblia constantemente mencionado por Bolsonaro, o ministro declarou que «a verdade só liberta a quem deseja se libertar». Urna eletrônica: Cúpula do TSE e 15 ex-presidentes da Corte saem a favor do atual modelo de votações no Brasil Segundo o presidente do TSE uma das manifestações do autoritarismo é o ataque nas instituições, inclusive nas instituições eleitorais que governam um processo lícito. O presidente do TSE é alvo de Jair Bolsonaro por sua defesa da urna eletrônica.— Num país que tem assalto de posição, PCC Amigos do Norte, Comando Vermelho, transportaremos pelas ruas e estradas esses votos. PCC é milícia. Um risco de sumiço e supressão das urnas. Além disso vão ter que ser armazenados por semanas. E pior que tudo: a ideia de uma recontagem manual de 150 milhões de votos vai nos levar ao passado de fraudes dos quais nos libertamos—, alegou, ao defender a segurança da urna eletrônica e alegar que o voto impresso é menos eficaz. Sonar: Após manifestações, plataforma de monitoramento identifica contas falsas tuitando sobre voto impresso Para o presidente do TSE, a afirmação de que o voto eletrônico «não é auditável» é uma afirmação de quem não «tem a menor ideia de como é feito o processo, coisa de gente que vive na argumentação do absurdo». Barroso também fez uma referência à transmissão ao vivo nas redes sociais feita por Bolsonaro na última quinta-feira. O presidente da República havia prometido exibi provas de fraudes, mas, durante a transmissão, reconheceu não tê-las. — Quem prometeu exibi provas de fraude não exibiu porque não existem, não ocorreu. Não é um discurso verdadeiro — declarou Barroso.- Por unanimidade, o Tribunal Superior Eleitoral tomou duas medidas contra o presidente Jair Bolsonaro nesta segunda-feira. Abriu uma investigação administrativa para apurar os ataques sem provas que ele vem fazendo ao sistema eletrônico de eleição, e pediu que ele seja investigado também em uma investigação já aberto no Supremo Tribunal Federal . Na avaliação do TSE, na «live» realizada na última quinta-feira em que prometeu exibi provas de fraudes nas votações, mas não fez, Bolsonaro teve «possível comportamento criminoso». O presidente também vem ameaçando a execução das votações caso o voto impresso não seja implementado. No STF, o inquérito acontecerá no âmbito na investigação das «fake news», governado pelo ministro Alexandre de Moraes no STF. Moraes também é integrante do TSE e declarou na sessão desta segunda-feira, a primeira do semestre após o recesso de julho, que esperará a representação chegar ao STF. O presidente exibiu a proposta de o TSE que também faz parte de o STF. O TSE é o ministro Luís Roberto Barroso. A investigação administrativa foi aberto por sugestão do corregedor do TSE, o ministro Luis Felipe Salomão. Faz 2 meses, ele já havia determinado que Bolsonaro explicasse as denúncias que fez contra as urnas eletrônicas, em junho. O prazo para resposta vence nesta segunda-feira, mas, até agora, Bolsonaro não se demonstrou. Veja também: Em meio a denúncias de Bolsonaro, presidente do STF declara que Corte está atenciosa a ‘ataques de inverdades’ o plenário de o TSE Por a proposta aprovada ela , mandará uma notícia-crime a Moraes, com o link da transmissão ao vivo de Bolsonaro, acontecida na última quinta-feira, «para fins de apuração de possível comportamento criminoso relacionada ao objeto do Inquérito nº 4.781/DF». Esse é o número da investigação as «fake news» no STF.

Na sexta-feira 09 de julho — Ministro Luís Roberto Barroso rebateu os ataques » deploráveis quanto na maneira e ao conteúdo» feitos pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira. Ministro Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral .Em nota, o ministro rebateu em cinco pontos as ameaças feitas por Bolsonaro, e declarou que a «denúncia leviana de fraude no processo eleitoral era ofensiva a todos» os ministros que já presidiram a Corte eleitoral. «Faz 25 anos, desde a implantação de as urnas eletrônicas nunca se documentou qualquer episódio de fraude. Nesse sistema, foram eleitos os Presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro. Como se constatava singelamente, o sistema não só era íntegro como permitiu a alternância no poder», declarava a nota encaminhada àoijornalismo Ainda na nota, o presidente do TSE alegava que a execução de votações, na data calculada na Constituição, era pressuposto do regime democrático. Alegava: «Qualquer atuação no sentido de impedir a sua ocorrência violava princípios constitucionais e configurava crime de responsabilidade». Em desvantagem em pesquisas de intenção de voto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a colocar em dúvida a segurança das votações nesta sexta-feira, novamente sem exibi provas. Bolsonaro repetiu que há a chance de não serem realizadas eleições em 2022 e chamou de «idiota» e «imbecil» o presidente do Tribunal Superior Eleitoral , Luís Roberto Barroso. — Não tenho medo de votações. entregava a faixa a quem ganhar. No voto auditável. Nessa maneira, corremos o risco de não termos votação no ano que vem. Porque era o futuro de vocês que estava em jogo — declarou Bolsonaro, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. De acordo com o presidente, os institutos de pesquisas participariam de uma fraude ao lado do TSE para beneficar Lula: — Daí vinha os institutos de pesquisas, fraudados também, botando ali o nove dedos lá em cima. Para que? Para ser confirmado o voto fraudado no TSE — declarou, adicionando depois: — Já estava certo quem será presidente no ano que vem. A gente deixará entregar isso? Bolsonaro defendia que era preciso imprimir um registro do voto, após a eleição na urna eletrônica. Ele, contudo, jamais exibiu nenhuma prova de fraude no modelo atual. O presidente também agrediu Barroso, declarando que os argumentos dele contra a proposta de voto impresso eram de um «estúpido» e «idiota»: — era uma resposta de um estúpido. Eu lamentava falar isso de uma autoridade do Supremo Tribunal Federal. Só um bobinho para fazer isso aí. Quando Dilma Rousseff venceu Aécio Neves, bolsonaro também voltou a declarar, sem provas, que houve anormalidade nas votações de 2014 , e declarou que «a fraude estava no TSE». O próprio Aécio que declarou de Bolsonaro contestou a afirmação não acreditar que tenha acontecido fraude em aquela votação. O próprio Aécio é deputado federal.

Luís Roberto Barroso é um jurista, professor e juiz brasileiro, atualmente ministro do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral, sendo o atual presidente desta corte.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

Barroso, que também é ministro do Supremo Tribunal Federal , entrou na rota direta dos ataques de Bolsonaro nesta semana, após o presidente se tornar alvo de duas ações do TSE por seus constantes ataques às urnas eletrônicas. Bolsonaro alegou, na quarta-feira, que não vai aceitar «intimidações» e que sua «briga» é com o presidente do tribunal eleitoral.

— Não consigo compreender porque outras pessoas do Supremo não falam o oposto, como se o Barroso fosse o proprietário da verdade.Horas após as declarações de Bolsonaro, o domo do TSE e 15 ex-presidentes da Corte divulgaram uma nota defendendo o atual modelo de votações no Brasil. Os ministros e ex-ministros reafirmam que urnas eletrônicas são auditáveis e transparentes.

No acontecimento de hoje, Barroso não mencionou o nome de Bolsonaro. No entanto, ao falar do populismo, descreveu como um movimento puxado por líderes carismáticos que se elegem com o discurso contra “tudo isso que está aí”. A fala faz referência a promessa do presidente quando ainda era candidato ao Palácio do Planalto, em que alegava que conduziria de maneira diferente de seus antecessores e da chamada “velha política”.

— O extremismo hoje se vale, sobretudo, usando as redes sociais para campanhas de Animosidade, campanhas de desinformação e teorias conspiratórias. E aí nós caímos no autoritarismo, que é essa tentação permanente e em diferentes partes do mundo de concentração do poder, de supressão das instituições representativas. E, hoje em dia, o populista extremista autoritário se vale das redes sociais para agredi as instituições para tentar enfraquecê-las e preparar opercursoo para o autoritarismo. Assim tem sido a experiência global — declarou Barroso.

Defensor do voto impresso, Bolsonaro tem feito, sem provas, denúncias em discursos a seus apoiadores e nas redes sociais de que a urna eletrônica é passível de fraude e de que o sistema eleitoral brasileiro é falho. Há na Câmara uma Proposta de Emeda à Constituição , feita pela deputada bolsonarista Bia Kicis , de que seja impresso um comprovante de voto na hora de evotação

Nesta quinta, o presidente do TSE criticou a proposta alegando que, além do ampliação do gasto público, a impressão do comprovante coloca em risco o sigilo do voto e traz problemas de logística ao pleito, já que “ao menos 150 milhões de votos vão precisar ser transportados, armazenados e contatos a mão”. Ainda que a contagem manual dos votos também não traz mais clareza ao processo eleitoral, barroso alegou e, pelo contrário, abre brecha para possíveis fraudes como já vistas antes da implementação da urna eletrônica.

— [Quem defende isso] é que não tem a menor ideia de como o sistema funciona.

Barroso participou da palestra magna da abertura do webinário «Reforma Política e Eleitoral – Temas Relevantes para as Eleições 2022″, coordenada pela Escola Judiciária Eleitoral do TRE-RJ. Em sua fala, defendeu a democracia, mas alegou que ela passa por um processo de corrosão estimulado por » por agentes políticos eleitos pelo voto popular como presidentes e primeiros-ministros».

— [Eles] Depois de eleitos, no entanto, tijolo por tijolo, desconstroem alguns dos pilares da democracia num passo a passo em que cada ato individual não parece grave ou dramático, mas o conjunto é o esvaziamento da democracia — disse Barroso, que também alegou: — Nós vivemos um momento no mundo em que as instituições que protegem a democracia são mais demandadas do que jamais.

— Só defende a Ditadura aqueles que perderam a fé no futuro e têm saudades de um passado que não houve, não ocorreu. Esse sucesso que alguns procuraram alardear — disse o ministro, que completou: — Portanto, nós precisamos defender a democracia no plano das ideias, conquistando corações e mentes, e no plano das ações, tomando atitudes necessárias para impedir o avanço do autoritarismo e coibir as tentações golpistas em todo o mundo.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Alvo de ataques de Bolsonaro, Barroso declara que líderes ‘populistas e extremistas’ utilizam redes para ‘preparar percurso para autoritarismo’
>>>>>Bolsonaro ataca presidente do TSE por posição contrária ao voto impresso: ‘só o Barroso está certo?’ – August 02, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Bolsonaro volta a provocar presidente do TSE sobre voto impresso: ‘quem trata de Orçamento sou eu’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>‘Discurso de ‘se eu perder houve fraude’ é discurso de quem não aceita a democracia’, diz Barroso – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Partidos pedem que TSE cobre explicações de Bolsonaro por acusações sem provas contra as urnas eletrônicas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’Ameaça à realização de eleições é uma conduta antidemocrática’, diz presidente do TSE em resposta a Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>TSE abre investigação sobre ataques de Bolsonaro às urnas e pede ao STF que apure caso no inquérito das fake news – August 03, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Alexandre de Moraes determina que PF retome investigações de inquérito sobre interferência de Bolsonaro – July 30, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Pazuello presta depoimento à PF sobre suposta prevaricação de Bolsonaro no caso Covaxin – July 29, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>À Polícia Federal, Luis Miranda nega ter gravado conversa com Bolsonaro e coloca celular à disposição – July 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Líder do Centrão aceita o convite e será novo ministro da Casa Civil do governo Bolsonaro – July 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que Mourão ‘atrapalha um pouco’ e indica que não irá escolhê-lo para vice em 2022 – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que mandou investigar suposta diferença de preço na CoronaVac – July 22, 2021 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Rosa Weber determina que PGR opine sobre pedido da PF para Luis Miranda ser investigado com Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Rosa Weber dá 10 dias para que Congresso preste informações sobre aprovação de fundo eleitoral – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Carta branca’ para Moro, Centrão e número de ministérios: relembre as vezes em que Bolsonaro recuou no discurso – July 27, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ida de Ciro Nogueira para o Planalto deixa Flávia Arruda ainda mais isolada – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>’Extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado’, diz Bolsonaro sobre fundo eleitoral – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>De alvo de críticas na campanha a aliado do governo: o Centrão e sua relação com Bolsonaro – July 22, 2021 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Luís Roberto Barroso 40 0 PERSON 26 ministro Luís_Roberto_Barroso (apposition: O presidente de o Tribunal_Superior_Eleitoral): 2, ministro Luís_Roberto_Barroso (apposition: o presidente de o Tribunal_Superior_Eleitoral): 1, ela (referent: Barroso): 1, Luís_Roberto_Barroso: 1, (tacit) ele/ela (referent: Barroso): 7, o Barroso: 1, Barroso: 13
2 Jair Bolsonaro 120 80 PERSON 21 Bolsonaro: 15, o presidente Jair_Bolsonaro: 4, (tacit) ela (referent: Bolsonaro): 1, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 1
3 nós 90 0 NONE 8 (tacit) nós: 3, nos: 1, Nós: 2, nós: 2
4 era 140 80 NONE 7 era preciso: 1, era íntegro: 1, era candidato: 1, era: 3, era ofensiva: 1
5 voto 140 0 NONE 7 o voto popular: 1, o voto eletrônico: 1, o voto impresso: 3, voto impresso: 1, o voto auditável: 1
6 eu 20 0 NONE 7 (tacit) eu: 6, Eu: 1
7 instituições 0 0 NONE 7 as instituições eleitorais: 2, as instituições representativas: 1, as instituições: 4
8 presidente 0 120 NONE 6 O presidente: 2, o presidente: 3, presidente: 1
9 TSE 0 0 ORGANIZATION 6 TSE: 1, o TSE (apposition: o ministro Luís_Roberto_Barroso): 1, o TSE: 4
10 esta 0 0 NONE 6 esta: 6