Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Astrahassleentrance

– A AstraZeneca anunciou nesta sexta-feira que recomeçou ensaio clínico nos Estados Unidos de sua vacina experimental contra a Covid-19, desenvolvida juntamente com pesquisadores da Universidade de Oxford, após aprovação pelos reguladores norte-americanos. Faz 1 mês, se suspendeu o teste de a AstraZeneca em os EUA depois de relato sobre uma enfermidade neurológica que se acredita ser mielite transversa em um participante de o estudo de a companhia em o Reino Unido, grave,. O vice-diretor da equipe de saúde e serviços humanos dos EUA, Paul Mango, também declarou a repórteres que estava otimista com a retomada do teste da Johnson & Johnson nos EUA. Depois que um participante ficou doente, a J&J suspendeu seu grande estudo em estágio progredido na semana passada. A companhia informou que um painel de segurança independente estava investigando. Recomeçaram-se Brasil e África do Sul os testes de a AstraZeneca em o Reino Unido, em o mês passado, mesmo com a agência norte-americana de remédios ainda investigando o caso. No começo desta semana, a Reuters informou que a FDA havia deduzido sua análise e que o teste da AstraZeneca nos EUA seria recomeçado nesta semana, mencionando quatro fontes familiarizadas com a situação.

Uma porta-voz da FDA não desejou comentar.A agência está exigindo que os pesquisadores que governam o ensaio somem informações sobre o incidente aos formulários de aprovação assinados pelos participantes do estudo, de acordo com uma das fontes.- As farmacêuticas Pfizer e Johnson & Johnson estão buscando informações de um comitê consultivo da FDA, a agência de vigilância sanitária dos Estados Unidos, sobre a retenção e atração de voluntários para testes de vacinas contra a Covid-19 depois que uma vacina estiver disponível para aplicação. As duas companhias norte-americanas estão entre um grupo de laboratórios atualmente testando em período avançado possíveis vacinas contra a Covid-19. Observações feitos em cartas mandadas antes de uma reunião de consultores especializados nesta quinta-feira evidenciam os dilemas enfrentados pelos principais desenvolvedores de vacinas contra o coronavírus, além daqueles cujos testes em grande escala estão somente iniciando ou sendo planejados. As farmacêuticas estão em uma corrida por vacinas para proteger contra o coronavírus, que causou mais de 1 milhão de mortes em todo o mundo. Muitas começaram testes envolvendo dezenas de milhares de pessoas que receberam uma vacina experimental ou um placebo, sem saber qual. Depois que as vacinas iniciais estiverem disponíveis, a J&J declarou que um debate é necessária sobre os desafios potenciais de conservar a matricula de voluntários nos ensaios em andamento, especialmente. É provável que várias vacinas sejam necessárias para inocular bilhões de pessoas em todo o mundo. A companhia declarou que, isso pode levar voluntários a buscar as vacinas disponíveis, uma vez que as primeiras vacinas sejam licenciadas ou autorizadas em vez de participarem de estudos em andamento. Os voluntários já inscritos nos ensaios podem desistir, advertiu. A Pfizer, que está desenvolvendo sua vacina com a alemã BioNTech, pode fornecer dados de seu teste de vacina em estágio final ainda neste mês. É provável que a Moderna tenha dados iniciais sobre sua candidata em novembro. Depois que se suspendeu seu teste em os EUA em o começo de este mês devido a uma enfermidade em um participante de o estudo, a J&J está um passo atrás. Se suspendeu o teste de a candidata a vacina de a AstraZeneca em os EUA também devido a uma enfermidade em o teste em o Reino Unido, mas deve ser recomeçado esta semana. Depois que houver uma vacina aprovada, a Pfizer declarou que pode ter uma obrigação ética de informar pelo menos alguns voluntários do estudo que receberam um placebo. Caso sua vacina recebesse a aprovação, a companhia sugeriu permitir que eles passassem para o braço de vacinas do estudo. A J&J declarou que está avaliando uma série de medidas destinadas a reter os voluntários do estudo.O teste no Brasil da candidata a vacina contra Covid-19 da Universidade de Oxford e da AstraZeneca teria sido se o voluntário que faleceu fizesse parte do braço ativo do ensaio clínico, suspenso declarou uma fonte familiarizada com a situação nesta quarta-feira.

Na terça-feira 13 de outubro – A Johnson & Johnson informou que tardaria alguns dias até que um comitê de monitoramento de segurança avalie os testes clínicos de sua candidata a vacina contra coronavírus, após anunciar que o estudo fora suspenso devido a uma enfermidade considerada inexplicada em um participante. A medida acontecia cerca de um mês depois de a AstraZeneca também interromper provisoriamente testes clínicos de sua vacina experimental contra coronavírus, que utilizava uma tecnologia semelhante, devido ao adoecimento de um participante. Na segunda-feira, a J&J declarou que a enfermidade estava sendo investigada por uma delegação independente de monitoramento de dados e segurança, além dos médicos clínicos e de equipe de segurança do grupo de Noruega. Mathai Mammen, chefe de pesquisa e desenvolvimento de remédios da J&J, declarou que a companhia informou ao conselho de segurança sobre o participante do ensaio no domingo. O conselho pediu mais informações, alegou, adicionando que a companhia estava coletando informações para responder a questões. Mammen durante uma teleconferência para debater os resultados trimestrais da companhia declarou: » levaria alguns dias, no mínimo, para que o conjunto certo de informações seja coletado e avaliado». Ele alegou que, devido ao formato do estudo, a companhia ainda não sabe se o doente recebeu a vacina ou um placebo. A J&J informou que tais intervalos eram normais em testes grandes, que podiam incluir dezenas de milhares de pessoas. Ela adicionou que a «intervalo de estudo» voluntária na gestão de doses da candidata a vacina era diferente de uma «suspensão regulatória» imposta pelas autoridades de saúde. Faz 1 mês, a AstraZeneca suspendeu testes de estágio progredido de sua vacina experimental contra coronavírus desenvolvida com a Universidade de Oxford devido a uma enfermidade incompreensível em um participante de o estudo britânico, em setembro. Seu teste nos Estados Unidos ainda estava suspenso à espera de uma análise regulatória, embora os testes da AstraZeneca no Reino Unido, Brasil, África do Sul e Índia tenham rretomadodesde então.As vacinas da J&J e da AstraZeneca se baseavam no chamado adenovírus, um vírus transformado inócuo que instruía as células humanas a produzirem defesas contra o vírus.

AstraZeneca Plc é um conglomerado farmacêutico anglo-sueco instituído em 6 de abril de 1999 pela fusão da empresa de Suecia Astra AB e da britânica Zeneca Group.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Brazil, United Kingdom

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>AstraZeneca recomeça teste de vacina contra Covid-19 nos EUA
>>>>>Teste nos EUA de vacina da AstraZeneca para Covid-19 pode ser retomado nesta semana, dizem fontes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Pfizer e J&J cobram clareza da FDA sobre futuro de testes da vacina contra Covid-19 quando houver imunizante aprovado – October 22, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ibovespa futuro tem alta discreta com atenções voltadas para EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Putin diz que mundo não tem futuro sem sistema de controle de armas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Teste de vacina da AstraZeneca teria parado se voluntário que morreu fizesse parte do braço ativo, diz fonte – October 21, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 JeJ 150 40 ORGANIZATION 16 (tacit) ele/ela (referent: A JeJ): 2, (tacit) ele/ela (referent: a JeJ): 6, A JeJ: 5, a JeJ: 2, Ela (referent: A JeJ): 1
2 AstraZeneca 0 0 ORGANIZATION 8 (tacit) ele/ela (referent: a AstraZeneca): 1, a (referent: a AstraZeneca): 1, a AstraZeneca: 5, A AstraZeneca: 1
3 vacina 0 0 NONE 8 vacina: 2, uma vacina: 1, sua vacina: 2, uma vacina aprovada: 1, a vacina: 1, vacina era: 1
4 doença 0 50 NONE 7 uma doença: 2, uma doença inexplicável: 1, a doença: 1, uma doença considerada: 1, uma doença neurológica: 2
5 teste 0 0 NONE 7 O teste: 3, seu teste: 3, o teste: 1
6 testes 100 0 NONE 6 os testes clínicos: 1, Os testes: 1, testes grandes: 2, testes: 2
7 empresa 0 0 NONE 5 A empresa: 3, a empresa: 2
8 os EUA 0 0 PLACE 5 os EUA: 5
9 vacinas 40 0 NONE 4 As vacinas: 1, as primeiras vacinas: 1, as vacinas iniciais: 1, possíveis vacinas: 1
10 Universidade de Oxford 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: a Universidade_de_Oxford): 2, a Universidade_de_Oxford: 2