Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Jair e Michelle Bolsonaro com a filha Laura em 7 de setembro de 2019

– O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta quinta-feira em transmissão pelas redes sociais que mergulhará no próximo ano no Congresso para aprovar uma proposta que estabeleça o voto impresso para as votações 2022. Declarou: «Nós temos sim, está muito progredido o estudo, a gente deseja no ano que vem, mergulhar na Câmara e no Senado para que a gente possa realmente ter um sistema eleitoral confiável em 22». O presidente tem sido um crítico ao voto em urna eletrônica, que é utilizada no Brasil desde votações municipais de 1996. Segundo Bolsonaro, há uma proposta de emenda constitucional, de autoria da deputada Bia Kicis , que poderia ser aproveitada para o regresso do voto impresso. Ele, ao reforçar que avaliará o que acontece em outros países declarou: «É a forma que você deve auditar, contar os votos de verdade aqui».

– O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta quinta-feira em transmissão pelas redes sociais que a economia brasileira está reagindo e, após mencionar dados positivos na geração de empregos no país, pediu para prefeitos e governadores «não inventarem» novos confinamentos e lockdowns após as votações municipais. Isse.: «A economia está reagindo, peço a Deus que a gente volte à normalidade e que não inventem a partir do ano que vem, depois das evotações novos confinamentos, novos lockdowns»,.Em meio à pandemia do novo coronavírus, Bolsonaro uutilizoucomo argumento para a melhora econômica dados do Cadastro Geral de Empregados que têm sido positivos desde julho. O presidente foi um dos principais críticos de medidas tomadas por governadores e prefeitos de encerramento provisória de atividades econômicas para conter a propagação do Covid-19. Na transmissão, Bolsonaro também declarou que o governo diminuiu o imposto sobre brinquedos de 35 por cento para 20 por cento. Novamente o presidente acusou João Doria por ter ampliado impostos. João Doria é o governador de São Paulo. Assinalado como potencial oponente na corrida presidencial de 2022, Doria já rechaçou essa denúncia.- O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta quinta-feira que trabalhará pela federalização do arquipélago de Fernando de Noronha, que se o vincula atualmente a o Estado de Pernambuco, e criticou o que considera alto preço para se visitar o local, defendendo transformá-lo em um polo turístico. «Eu propus a gente federalizar Fernando de Noronha porque parece que virou ali uma ilha de amigos –não desejo falar o nome aqui para não instituir problema–, de amigos do rei, e o rei não sou eu», declarou ele, em transmissão pelas redes sociais. Bolsonaro chamou de «absurdo» e «incrível» ir para uma praia na ilha e pagar 100 reais, ao pregar mudanças. Na verdade, há uma taxa de conservação ambiental do arquipélago no valor diário de 75,93 reais. O presidente alegou que pretende federalizar o arquipélago para fazer de Noronha um polo turístico. «Poderia ser um local aí de arranjar recursos para o Brasil, vindo de fora, do turismo, dar uma condição de vida melhor para a população. Então é muita coisa errada no Brasil que a gente vai arrumando lentamente, arranjando solução. Não dá para aquela ilha ter proprietário», criticou Bolsonaro, sem mencionar quem seria o «proprietário» do local. O atual governador de Pernambuco é Paulo Câmara, filiado ao PSB, partido que tradicionalmente tem feito oposição ao governo Jair Bolsonaro.- O presidente Jair Bolsonaro alegou nesta terça-feira em sua conta no Twitter, sem dar detalhes ou assinalar evidências que sustentassem suas afirmações, que o Brasil pode padecer «uma decisiva interferência externa» desde já com vistas a influir a votação presidencial de 2022, quando ele tem que buscar a reeleição, como alegou por diversas vezes. Sem elaborar, Bolsonaro aproveitou a votação presidencial nos Estados Unidos, que será deduzida nesta terça-feira e na qual seu aliado Donald Trump vai buscar a reeleição, para assinalar riscos de ingerência de potências estrangeiras no Brasil. «É inegável que as votações norte-americanas despertam interesses mundiais, em especial, por influenciar na geopolítica e na projeção de poder globais. Até por isso, no campo das informações, há sempre uma forte suspeita da ingerência de outras potências no resultado final das urnas», escreveu o presidente. «No Brasil, em especial pelo seu potencial agropecuário, poderemos padecer uma decisiva interferência externa, na busca, desde já, de uma política interna simpática a essas potências, visando as votações de 2022», adicionou. O presidente também aparentou insinuar, mais uma vez sem dar detalhes ou exibi quaisquer evidências, que resultados eleitorais que deram triunfos a candidatos de esquerda na América do Sul ocorreram por causa de ingerências externas. Também voltou a assinalar o que alega ser uma cobiça internacional sobre a Amazônia. «Não se trata somente do Brasil. Devemos nos inteirar, cada vez mais, do porquê, e por ação de quem, a América do Sul está andando para a esquerda», alegou. «Nosso bem maior, a liberdade, continua sendo ameaçado. Nesse combate, fica evidente que a segurança alimentar, para alguns países, torna-se tão importante e aí se inclui, como prioridade, o domínio da própria Amazônia.» O presidente dos EUA, Donald Trump, de quem Bolsonaro é declaradamente admirador e para quem o presidente de Brasil já declarou torcer na disputa eleitoral contra o democrata Joe Biden, questionou por diversas a eleição por correio nos EUA, ao alegar, sem exibi provas, de que é sujeita a fraudes, e já mencionou que pode judicializar o resultado da votação. No passado recente, Bolsonaro também questionou a lisura da eleição eletrônica no Brasil e alegou ter provas –embora nunca as tenha exibido– de fraude na votação presidencial de 2018 que, afirmou, o impediram de vencer já em primeiro turno.

Na quinta-feira 29 de outubro – Em uma longa conversa com apoiadores, de quarta-feira, o presidente Jair Bolsonaro justificou a proximidade com o centrão e alegou que esta é «a norma do jogo» em Brasília. «Alguns criticavam que estava me aproximando de determinados partidos. Deputados eram 513. Para aprovar uma emenda constitucional precisava de 308 votos. Me assinale os 308 que eu tinha que conversar com eles», declarou o presidente. «Não me criticava ‘ah, se aproximou de tal pessoa que não prestava’. Eu preciso desse voto para aprovar as coisas que interessavam para a gente. Como era que vou escapar dele?» «Essa era a norma do jogo», completou o presidente aos seus apoiadores. Depois de instituir uma relação de confronto direto com o Congresso pelava maior parte de seus quase dois anos de governo , aliados persuadiram Bolsonaro a diminuir o tom e se aproximar das siglas do chamado centrão para conservar seu mandato e facilitar a aprovação de medidas sugeridas no Congresso. Nos últimos meses, o presidente trocou o líder do governo na Câmara, tirando Vitor Hugo , com que tinha muito proximidade mas que tinha obstáculos de relacionamento na Câmara, pelo deputado veterano Ricardo Barros , ofereceu posições de segundo e terceiro escalão no governo para os partidos do centrão e passou a ter entre seus principais conselheiros o senador Ciro Nogueira e o deputado Arthur Lira , ambos investigados pela operação Lava Jato.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

Beatriz Kicis Torrents de Sordi, mais conhecida como Bia Kicis é uma advogada ativista, youtuber e política de Brasil. Uma advogada é procuradora do Distrito Federal aposentada.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Bolsonaro declara que vai combater para aprovar voto impresso nas votações de 2022
>>>>>Não inventem lockdown após as eleições, diz Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bolsonaro defende federalizar Fernando de Noronha para ampliar turismo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bolsonaro diz que Brasil pode sofrer interferência externa visando eleição de 2022 – November 03, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Museu Madame Tussaud de Berlim coloca Trump no lixo antes de eleição dos EUA – October 30, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Trump e Biden vão ao Meio-Oeste dos EUA em arrancada final da campanha – October 30, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Em arrancada final, Biden vai à Geórgia e Trump faz campanha em três Estados – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump e Biden iniciam semana final de campanha com Covid-19 em ascensão nos EUA – October 26, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>‘É bom ver vocês’: Obama participa de primeiro ato de campanha para Biden – October 21, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Obama entra na campanha de Biden e faz críticas a desempenho de Trump – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Mais de 47 milhões já votaram antecipadamente em eleições dos EUA, superando número de 2016 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Votação antecipada em massa aumenta esperança de Biden no Texas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Sem Dino, Bolsonaro inaugura obra no Maranhão e elogia parlamentares do estado – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Rosângela Gomes, candidata a prefeita de Nova Iguaçu: ‘Sou a candidata do presidente Jair Bolsonaro’ – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 155 80 PERSON 25 (tacit) ele/ela (referent: O presidente Jair_Bolsonaro): 3, o presidente Jair_Bolsonaro: 1, ele (referent: Bolsonaro): 1, (tacit) ela (referent: Bolsonaro): 1, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 5, Bolsonaro: 9, o governo Jair_Bolsonaro: 1, O presidente Jair_Bolsonaro: 4
2 eu 122 0 NONE 15 (tacit) eu: 9, Eu: 1, eu: 2, Me: 1, me: 2
3 presidente 50 0 NONE 10 O presidente: 4, o presidente: 5, o presidente brasileiro: 1
4 o Brasil 160 0 PLACE 7 o Brasil: 6, (tacit) ele/ela (referent: o Brasil): 1
5 João Doria 0 50 PERSON 6 (tacit) ele (referent: Doria): 1, João_Doria (apposition: o governador de São_Paulo): 1, Doria: 1, (tacit) ele/ela (referent: Doria): 3
6 esta 0 0 NONE 6 esta: 6
7 gente 0 0 NONE 6 a gente: 6
8 eleições 140 0 NONE 5 as eleições norte-americanas: 1, as eleições municipais: 1, as eleições: 1, as eleições de 2022: 1, a votação: 1
9 redes 0 0 NONE 5 as redes sociais: 5
10 nós 140 14 NONE 4 (tacit) nós: 3, Nós: 1