Por: SentiLecto

– O calendário apertado para o final do ano, marcado por votações municipais que vão deixar parlamentares em compasso de espera em novembro, e o obstáculo de articulação em torno do que é possível votar em 2020 têm colocado em xeque o andamento de projetos considerados prioritários pela equipe econômica, inclusive aqueles que estão estacionados há tempos no Congresso. A falta de ação tem acontecido a Paulo Guedes comemorarem um novo período de concertação política após aproximação do presidente Jair Bolsonaro com o centrão. Paulo Guedes é despeito de autoridades do governo. Eleito com uma plataforma de propostas liberais para a economia, mas resistente a mudanças fiscais mais drásticas que lhe foram exibidas até aqui, o presidente anda para o fim do seu segundo ano de mandato com a reforma da Previdência como seu trunfo de maior vulto na área econômica –alcançado em 2019. O time de Guedes deseja destravar até dezembro a apreciação da lei de falências, do projeto para facilitação da navegação entre portos , autonomia formal do Banco Central e novos marcos regulatórios do gás e para ferrovias. Se os vêem além dos textos de gás e cabotagem como possíveis para 2020, mas, segundo uma fonte da equipe, progressões na independência do BC, cujo projeto mais avançado está no Senado. Internamente, o desejo era de que a lei de falências, já aprovada na Câmara, fosse logo analisada pelos senadores pela crença de que auxiliaria na recuperação econômica após o duro baque imposto pela pandemia de coronavírus. Por fora, corre também o projeto de modernização cambial, considerado prioritário pelo BC para elevação de investimentos. Encaminhou-se o texto a o Congresso há um ano. Uma segunda fonte da equipe econômica pontuou que mesmo para esses projetos de maior tempo de amadurecimento entre os parlamentares não há firme convicção quanto a uma tramitação rápida. Isso porque a pauta vai ficar congestionada com o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias do próximo ano e pressões por um novo programa de transferência de renda em 2021. Ao mesmo tempo, o governo vai buscar adaptar a solução para um novo Bolsa Família mais robusto à rnormado ttelhadode gastos, o que deverá ser feito na Proposta de Emenda à Constituição do Pacto Federativo, que está sendo fundida com a PEC emergencial. O projeto de Lei Orçamentária Anual do ano que vem é outro que ainda não começou a ser analisado. Do lado político, a avaliação é o tempo é curto e a lista de matérias a serem votadas já está de bom tamanho. Rodrigo Maia mencionou na semana passada a modernização da lei cambial e a lei da cabotagem como propostas da agenda econômica com possibilidades de eleição neste ano na Câmara. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados. Isso, sem contar o Orçamento para 2021 e a aguardada PEC emergencial. Maia recordou, ainda, de acordo selado com o Senado para que a autonomia do BC comece a ser debatida pelos senadores. Um líder de bancada consultado pela Reuters também avaliou que cabotagem e lei cambial são os dois temas com maior possibilidade de serem votadas. Outros assuntos, como a lei de falências, acabam com menos chances de ir a voto por exigirem «mais articulação e engenharia», justamente em um momento em que os parlamentares se dedicam às campanhas nas bases eleitorais, diante de um tempo exíguo até o fim do ano, e ainda com todas as restrições de reuniões ao vivo em grandes proporções pelas medidas de prevenção à Covid-19.

– Paulo Guedes classificou na noite desta quarta-feira a Proposta de Emenda na Constituição do Pacto Federativo como a mais importante das reformas e alegou ser favorável na completa desindexação das despesas. Paulo Guedes é o ministro da Economia.m seminário online promovido pelo Instituto Brasiliense de Direito Público , ele declarou que a PEC vai dar liberdade para a classe política decidir sobre a alocação dos recursos públicos ante o modelo vigente, em que 95% das despesas são compulsórias. «Eu gosto da versão mais extensa possível. É desindexar, desobrigar e desvincular todos os recursos», alegou ele. Com a desindexação, os gastos deixariam, por exemplo, de ser corrigidos pela inflação, cabendo aos parlamentares decidir o direcionamento e eventual aumento dos recursos, sendo que o crescimento das despesas totais permaneceria sujeito à rnormado ttelhado que lrestringeessa alta à inflação do ano anterior. Guedes argumentou em sua fala que isso já ocorreu durante a crise do coronavírus. «O que protege melhor a saúde dos brasileiros: uma indexação, a correção dos gastos de saúde por 2%, que é o IPCA, ou uma ação política decisiva, que foi a PEC de Guerra, por exemplo, e a ajudinha emergencial e o programa de suplementação salarial?», questionou. «Quando você desindexa o Orçamento você não tira a proteção de ninguém. A classe política pode declarar o seguinte: os gastos de saúde subirão até mais que a inflação esse ano, ou nós daremos a inflação esse ano, ou daremos menos que a inflação esse ano porque o mais importante esse ano é a educação.» O governo mandou A PEC do Pacto Federativo a o Congresso em o fim de o ano passado, e o senador Marcio Bittar ainda não exibiu seu parecer formal sobre o texto. O senador Marcio Bittar é seu relator. O secretário especial de Fazenda, Waldery Rodrigues, chegou a levantar a possibilidade de os benefícios previdenciários serem congelados para abrir espaço no teto de gastos para o novo programa de transferência de renda do governo Jair Bolsonaro, mas o presidente rechaçou a opção , em uma mostra de o obstáculo político de promover a desindexação. Ainda não há definição dentro do governo sobre se o vai financiar como o programa . Sobre a reforma administrativa, Guedes alegou que o cálculo de economia de 300 bilhões de reais em dez anos considera uma taxa de reposição de cerca de 70% do quadro de funcionários. No entanto, ele ressalvou que hoje o governo repõe 26 servidores de cada 100 que se aposentam. Alegou: «Os ganhos vão se aumentar, em vez de 300 bilhões pode ser 400, 450 «. Se encaminhou a proposta de a reforma administrativa também já a o Congresso, mas não começou a ser apreciada. Guedes avaliou que, apesar de todo o barulho e desacertos típicos de situação política de estresse, o Brasil reagiu bastante bem à crise do coronavírus e está mbastantebem-visto lá fora. Ele alegou ter recebido essa leitura após reunião virtual, nesta manhã, de ministros de Finanças e presidentes de bancos centrais do G20. Em sua fala, Guedes realçou em diversos momentos a colaboração entre Poderes para enfrentamento à crise, cmencionandonominalmente o trabalho do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia , e do ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes, este último moderador do seminário.- Rodrigo Maia alegou nesta quarta-feira que é importante melhorar a redação da emenda constitucional do telhado de gastos públicos, por meio da chamada da PEC dos gatilhos, para que não haja risco jurídico para o presidente da República caso o telhado seja eventualmente furado. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados. «Melhorar essa redação é importante porque senão gerará um risco jurídico ao presidente da República; isso não é bom, não é correto», declarou Maia durante participação virtual no 10º Seminário de Administração Pública e Economia, promovido pelo Instituto de Direito Público , de Brasília. Em encontro do qual participa também o ministro da Economia, Paulo Guedes, o presidente da Câmara disse também que é preciso reorganizar as receitas e o que é para cada ente federado na reforma tributária. Segundo ele, o financiamento dos Estados anda para um colapso. – Rodrigo Maia em mais uma defesa da regulamentação do telhado dos gastos, alegou nesta quinta-feira que sem ela, não vai ser possível sequer aprovar o Orçamento para 2021. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados. que sem ela, não vai ser possível sequer aprovar o Orçamento para 2021. Em acontecimento sobre o cenário econômico e o papel do Legislativo coordenado pelo banco BMG, Maia alegou que se não houver a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição que trata do ttelhadodos gastos, não adianta aprovar regulamentações de setores na intenção de atrair investimentos privados na área de infraestrutura.

Na sábado 10 de outubro – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia , alegou que a Casa vai votar ainda neste ano a Proposta de Emenda à Constituição da segunda instância, que permite a prisão de condenados por dresoluçãode um tribunal em segundo grau. Faz 10 meses, Maia, em entrevista a o programa Gabinete de Crise, de o site O Antagonista declarou : » A PEC de a segunda instância estaria votada até o final «. Maia declarou que o presidente da delegação especial que debatia o assunto, Marcelo Ramos , e o relator da proposta no colegiado, Fábio Trad , estavam debatendo o assunto. Faz 11 meses, o Supremo Tribunal Federal reviu de o ano passado o entendimento que vinha adotando desde 2016 a o acabar com a chance de começar a realização de a pena de prisão após condenação em segunda instância. O entendimento anterior deu impulso para a operação Lava Jato, levando a uma série de prisões e pressionando o acerto de acordos de delação premiada. Questionado sobre a eleição de outra PEC, a do fim do foro privilegiado, o presidente da Câmara realçou que políticos já tiveram o foro por prerrogativa de função «derrubado» porque a maioria dos casos já estava tramitando na primeira instância. Apesar disso, declarou que a questão sobre pautar o foro estava mais distante de um acerto. » achava que a segunda instância estava um passo à frente», comparou.

Orçamento é a parte de um plano financeiro estratégico que entende a previsão de receitas e despesas futuras para a gestão de determinado exercício .

Economia ou ciência econômica ) é uma ciência que consiste na análise da produção, distribuição e consumo de bens e serviços.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Calendário e falta de consenso colocam em xeque eleição de agenda econômica prioritária em 2020
>>>>>Guedes diz que PEC do Pacto Federativo é prioritária e defende total desindexação das despesas – October 15, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>É importante melhorar redação da PEC do teto para não gerar risco jurídico ao presidente, diz Maia – October 14, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Maia diz que Câmara votará PEC da segunda instância até dezembro – October 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Maia diz concordar com Guedes sobre não prorrogação de calamidade e auxílio emergencial – October 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Guedes descarta estender auxílio emergencial para 2021 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Estamos indo para o precipício se não regulamentarmos teto de gastos, diz Maia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Recuperado da Covid-19, Maia diz que doença não é brincadeira e quase foi internado – October 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Camilo Santana, do Ceará é diagnosticado com Covid, 15º governador a contrair doença – October 07, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Incluir atuais servidores em reforma administrativa pode impedir avanço, diz Maia – October 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Inclusão dos atuais servidores em reforma administrativa pode impedir avanço, diz Maia – October 13, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Reagendamento de perícias do INSS já está disponível no aplicativo; Veja o passo a passo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Caixa libera novos pagamentos do auxílio emergencial; Confira o calendário – October 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Lojas com estoques à mostra e grandes prateleiras podem ser risco ao consumidor – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Inflação dos alimentos afasta clientes e derruba consumo nos supermercados em agosto – October 08, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Golpistas usam Pix como isca para atrair vítimas; saiba como se proteger de fraudes no cadastro da chave – October 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Pix é diferente de TED/DOC e de cartões de crédito e débito. Entenda o que muda – October 09, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Guedes testa negativo para Covid após jantar com pessoas que foram infectadas – October 14, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Ministro Luiz Eduardo Ramos testa positivo para Covid-19 – October 10, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ibovespa fecha quase estável em sessão marcada por volatilidade – October 07, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St fecha em alta com esperança sobre acordo de estímulo parcial – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que palavra final na economia é dele e de Paulo Guedes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Não existe no momento interesse em recriar qualquer ministério, diz Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Maia avalia como ‘impossível’ começar 2021 ou aprovar Orçamento sem regulamentação do teto – October 15, 2020 (EntretenimientoBit)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Paulo Guedes 80 0 PERSON 10 Paulo_Guedes (apposition: O ministro de a Economia): 1, Guedes: 4, Paulo_Guedes (apposition: despeito de autoridades de o governo): 1, Ele (referent: Guedes): 1, (tacit) ele/ela (referent: Guedes): 3
2 Rodrigo Maia 0 60 PERSON 7 Rodrigo_Maia (apposition: O presidente de a Câmara_dos_Deputados): 4, Rodrigo_Maia: 1, (tacit) ele/ela (referent: Rodrigo_Maia): 2
3 esta 200 110 NONE 5 esta: 5
4 eu 120 0 NONE 5 (tacit) eu: 4, Eu: 1
5 Maia 60 0 PLACE 5 Maia: 5
6 Supremo Tribunal Federal 0 72 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: O Supremo_Tribunal_Federal): 3, O Supremo_Tribunal_Federal: 1
7 Orçamento 60 0 ORGANIZATION 4 Orçamento: 1, o Orçamento: 1, (tacit) ele/ela (referent: Orçamento): 1, (tacit) ele/ela (referent: o Orçamento): 1
8 despesas 0 50 NONE 3 despesas totais: 1, despesas: 2
9 Congresso 0 0 ORGANIZATION 3 o Congresso: 3
10 Constituição do Pacto Federativo 0 0 ORGANIZATION 3 a Constituição_do_Pacto_Federativo: 3