Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Hélio Negão e Jair Bolsonaro

– Após garantir diversas vezes que vetaria o fundo eleitoral de R$ 5,7 bilhões, o presidente Jair Bolsonaro, que também garantiu carta branca para o então juiz Sergio Moro aceitar a vaga de ministro da Justiça, recuou. Nesta segunda-feira, ele declarou que pretende se opor apenas a um “valor extra”, sinalizando a instituição do fundo com cerca de R$ 4 bilhões para as eleições de 2022, o dobro do valor do pleito de 2020. Desde que foi eleito para ocupar a posição, mas esta não é a primeira vez que o chefe do Executivo muda de opinião sobre assuntos importantes. No mais recente episódio, Bolsonaro chancelou a aproximação com o Centrão – grupo alvo de duras críticas durante a campanha presidencial de 2018 – com a indicação de Ciro Nogueira para a Casa Civil. O “casamento”, entretanto, concluiu em divórcio após o presidente determinar a substituição do diretor da Polícia Federal. Veja outras vezes em que o presidente ‘rasgou’ o discurso: Carta branca para Moro Em novembro de 2018, após o então juiz Sergio Moro aceitar ser ministro da Justiça, Bolsonaro prometeu que ele teria “liberdade total” e “carta branca” na pasta. Faz 1 ano, entretanto, o ministro pediu demissão de a posição após o presidente determinar a substituição de o diretor de a Polícia Federal. Fundo eleitoral Em 2019, Bolsonaro chegou a alegar que a “tendência” era que ele vetasse o fundo eleitoral de R$ 2 bilhões, definido para o pleito do ano seguinte. Se não sancionasse o texto, entretanto, o presidente voltou atrás e declarou que poderia ser acusado de crime de responsabilidade. Agora, repetiu diversas vezes que vetaria o fundo de R$ 5,7 bilhões, mas sinalizou que pode consenti com uma diminuição para R$ 4 bilhões. Reeleição e reforma política Durante a campanha à Presidência da República, Bolsonaro aalegouque pretendia fazer uma reforma política que acabaria com a reeleição. Já no governo, jogou a responsabilidade da reforma ao Congresso e passou a declarar publicamente que pode ser candidato nas votações do ano que vem. Centrão no governo Também na campanha, Bolsonaro criticava o Centrão e alegou que não negociaria ministérios em troca de suporte no Congresso. O presidente começou a aceitar indicações dos partidos no segundo escalão no ano passado, e sacramentou a coalizão neste ano ao colocar nomes do grupo em ministérios como Casa Civil , Secretaria de Governo e Ministério da Cidadania . Privatização da EBC Bolsonaro prometeu durante a campanha, e quando já estava no Palácio do Planalto, que privatizaria a Empresa Brasileira de Comunicação, reforçou. Faz 3 meses, incluiu se a companhia em o Programa Nacional de Desestatização , mas o processo não progrediu desde então. Faz 3 anos, número de ministérios Enquanto pedia votos, Bolsonaro alegou que, seu governo teria, se fosse eleito » em o máximo » 15 ministérios. Entretanto, a administração iniciou com 22 pastas, número que subiu com a recriação do Ministério das Comunicações. O número voltou a 22 com a autonomia do Banco Central, mas ampliará novamente com a anunciada recriação do Ministério do Emprego e Previdência que, até então era uma secretaria do Ministério da Economia.

— A ministra da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, corre o risco de ficar ainda mais isolada no Palácio do Planalto com a chegada do senador Ciro Nogueira , convidado para assumir a Casa Civil. Deputada federal licenciada, Flávia tem sido alvo de críticas no governo e no Congresso por não assumir as rédeas da articulação política, sua principal função, principalmente no Senado, onde a CPI da Covid tem desgastado o presidente Jair Bolsonaro. Caso Ciro seja confirmado, Flávia vai ter a empresa no Planalto de um expoente do Centrão e um experiente negociador. Segundo integrantes do Planalto, a articulação política, ao menos no papel, vai seguir na Secretaria de Governo e não regressará oficialmente para a Casa Civil, como ocorria no começo do governo Bolsonaro. Entretanto, o próprio presidente já declarou publicamente que, na prática, Ciro vai participar da negociação com o Congresso: — Colocaremos um senador na Casa Civil que pode conservar um diálogo melhor com o Parlamento de Brasil — alegou Bolsonaro, sobre Ciro, na quinta-feira passada. — É uma pessoa que nos interessa pela sua experiência que pode, no meu compreender, fazer um bom trabalho.Em 1 ano, o Congresso estabeleceu os critérios para o fundo, em a Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2022 aprovada há duas semanas, e não um valor específico. Vai estabelecer-se esse valor só em a Lei Orçamentária Anual. Portanto, na avaliação de várias fontes da área econômica, é possível vetar os critérios do fundo e estabelecer um valor diferente na LOA.Governo dá ao PP altas posições no Departamento Nacional de Obras Contra as Secas e no Fundo Nacional e Desenvolvimento da Educação , que também abriga mencionado do PL. PSD leva a presidência da Funasa.

Faz 9 dias, o presidente Jair Bolsonaro declarou que era injusta a cobrança sobre parlamentares bolsonaristas que votaram em defesa do ampliação de o fundo eleitoral para R $ 5,7 bilhões, em o domingo 18 de julho. Ao deixar o Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, após quatro dias internado, Bolsonaro alegou que a eleição foi uma «casca de banana» dentro da Lei de Diretrizes Oçamentárias . Foi a primeira vez que Bolsonaro abordou o tema. Ele garantiu que dará um bom final» para essa questão, sinalizando que «quase R$ 6 bilhões» era um valor bastante alto. Compreenda: Fundão eleitoral de R$ 5,7 bilhões tinha que tornar próxima campanha a mais cara de todas Segundo o presidente, os parlamentares que votaram a Lei de Diretrizes Orçamentárias estavam sendo «injustamente» acusados de votar a ampliação do fundo. A eleição instituiu uma «saia justa» para parlamentares que apoiavam o presidente, já que muitos deputados que se declaravam contra o reajuste votaram em defesa do ampliação. — Os parlamentares aprovaram a LDO. era um documento enorme, com vários anexos, tem muita coisa lá dentro. Num projeto enorme, alguém botou lá dentro essa «casca de banana, essa jabuticaba» — alegou o presidente. Tratamento precoce: Bolsonaro defendia estudo sobre medicamento sem efetividade comprovada contra a Covid-19 Na quinta-feira, o Congresso aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias , que ampliou o valor calculado para o Fundo Eleitoral. A soma, de no mínimo R$ 5,7 bilhões, seria quase o triplo da última votação. Deputado Juscelino Filho incluiu no texto a previsão de um piso para o fundo. Deputado Juscelino Filho é o relator. O valor seria corespondente a 25% dos recursos destinados à Justiça Eleitoral em 2022, oriundos de emendas de bancadas estaduais e valores da renúncia da extinção de propaganda partidária que serão definidos pelo Tribunal Superior Eleitoral . Segundo técnicos do Congresso, esse valor daria em torno de R$ 5,7 bilhões. Faz 3 anos, o fundo foi de R $ 1,7 bilhão, em as votações de 2018. Sonar: Alvos de remoção de conteúdo, bolsonaristas buscavam redes sociais opções Bolsonaro declarou que muitos parlamentares tentaram realçar essa questão , mas se os atenderam não . Segundo o presidente, o culpado pela aprovação da ampliação foi o deputado Marcelo Ramos , que governou a sessão de eleição da LDO. — Ele que fez isso tudo, porque se tivesse realçado, talvez o resultado tivesse sido diferente. Então, cobria em primeiro lugar do Marcelo Ramos. E quem estava agredindo parlamentares que votaram pelo fundão, isso não era verdade — alegou. Bolsonaro alegou que o deputado «atropelou, ignorou, passou por cima» e não botou em eleição o destaque. — Obrigado aos parlamentares que votaram o LDO. Todos eles estavam sendo acusados injustamente de ter votado o fundão. Eu seguia a minha consciência, seguia a economia, e a gente buscará dar um bom final para isso daí. Afinal de contas, já antecipava: R$ 6 bilhões para fundo eleitoral? Pela afeição de Deus — declarou o presidente. Bolsonaro: presidente tem alta médica após passar quatro noites no clínica em São Paulo Durante entrevista a jornalistas na saída da clínica em São Paulo, Bolsonaro ainda defendeu o ex-ministro Eduardo Pazuello das acusações de que ele prometeu a um grupo de intermediadores adquiri 30 milhões de doses da vacina CoronaVac por quase o triplo do custo negociado pelo Instituto Butantan. Bolsonaro declarou que Brasília era o «paraíso dos lobistas» e que todos » pressionavam por vacinas», e se recebeu muitas pessoas em o ministério. — Aquele pessoal se reuniu com o diretor responsável por possíveis compras lá no ministério e na saída ele conversou com o pessoal. Ele estaria dando entrevista, se fosse algo secreto, negociando algo superfaturado? estaria escondidinho lá no porão do ministério. Quando falava em propina, era «pelado dentro da piscina», e não gravando um vídeo para anunciar a assinatura de um memorando de entendimento para a compra — alegou o presidente. Sonar: Sites bolsonaristas divulgavam dados científicos falsos sobre Covid-19 Sobre a eleição da proposta de emenda à Constituição , que e estabeleciao voto impresso nas evotaçõesde 2022, o presidente ddeclarouque sepois que o ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso visitou o Congresso, ó d é eraque os líderes partidáriosmudaram os integrantes da cdelegaçãopara que eles votassem contra o voto impresso. Deputados bolsonaristas conseguiram protelar a eleição, que estava calculada para sexta-feira passada, na delegação especial da Câmara que analisava o tema, do parecer do relator, deputado Filipe Barros . — Eu não compreendia porque não desejavam voto auditável. seria que esse voto eletrônico era tão confiável assim? Nós desejávamo clareza nas votações. Não existiam eleicões sem clareza, isso era fraude — alegou.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>‘Carta branca’ para Moro, Centrão e número de ministérios: relembre as vezes em que Bolsonaro recuou no discurso
>>>>>Ida de Ciro Nogueira para o Planalto deixa Flávia Arruda ainda mais isolada – July 26, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Ciro Nogueira já chamou Bolsonaro de ‘fascista’ e defendeu Lula – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro confirma convite a Ciro Nogueira e diz que intenção é ‘diálogo melhor’ com Congresso – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Bolsonaro afirma que fará ‘pequena mudança ministerial’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>’Extra de R$ 2 bilhões vai ser vetado’, diz Bolsonaro sobre fundo eleitoral – (Extraoglobo-pt)
>>>>>De alvo de críticas na campanha a aliado do governo: o Centrão e sua relação com Bolsonaro – July 22, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Cármen Lúcia, do STF, nega pedido para que Lira analisasse impeachment de Bolsonaro – July 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Após briga com Bolsonaro, vice-presidente da Câmara pede cópia de processos de impeachment para ‘análise política’ – July 19, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Apesar de internação de Bolsonaro, Mourão embarca em viagem ao exterior – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que reajuste do fundo eleitoral foi ‘casca de banana’ na votação da LDO – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Lira defende semipresidencialismo a partir de 2026: ‘Surgiu antes da crise atual. Não é invenção minha’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Entenda por que o nome do deputado Marcelo Ramos está em alta em rede social – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro volta a atacar eleições e critica Lula – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Prefeitos da Baixada cogitam abandonar Bolsonaro em meio a queda de popularidade – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Não existe terceira via, está polarizado’, diz Bolsonaro sobre eleições de 2022 – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>‘Eu tenho limite, por que o Judiciário não pode ter limite?’, diz Bolsonaro – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro reafirma intenção de vetar fundo eleitoral, mas diz que palavra final será do Congresso – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Em dois anos e meio de governo Bolsonaro, Casa Civil pode ter quarto ministro – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 4 195 PERSON 36 O presidente Jair_Bolsonaro: 1, Ele (referent: Bolsonaro): 1, ele (referent: Bolsonaro): 3, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 13, Bolsonaro: 15, o presidente Jair_Bolsonaro: 3
2 presidente 60 0 NONE 14 o presidente: 11, O presidente: 1, presidente: 1, o próprio presidente: 1
3 eu 7 0 NONE 12 (tacit) eu: 10, Eu: 2
4 era 150 120 NONE 10 era injusta: 1, era verdade: 1, era fraude: 1, era: 6, era tão confiável: 1
5 Congresso 0 0 ORGANIZATION 7 o Congresso: 7
6 eleições 0 0 NONE 7 a votação: 3, as eleições: 2, votação: 1, A votação: 1
7 parlamentares 0 100 NONE 6 Os parlamentares: 1, muitos parlamentares: 1, os parlamentares: 4
8 valor 590 0 NONE 6 um valor muito alto: 1, o valor previsto: 1, Esse valor: 1, um valor específico: 1, esse valor: 1, O valor: 1
9 R 0 0 PERSON 6 R: 5, quase R: 1
10 fundo 0 0 NONE 5 Fundo eleitoral: 1, o fundo: 3, fundo eleitoral: 1