Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Daniel Soranz

Faz 1 mês, cerca de 5,5 mil profissionais de saúde de o Rio precisaram,. A informação é do secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. O número inclui médicos, enfermeiros, técnicos e outros profissionais, como farmacêuticos e maqueiros. De acordo com Soranz, o total de afastamentos corresponde a cerca de 20% da força de trabalho da secretaria.

Daniel Ricardo Soranz Pinto é um médico sanitarista e pesquisador brasileiro.

A definição de saúde tem implicações legais, sociais e econômicas dos estados de saúde e enfermidade.

— A maior parte dos afastamentos foi por Covid, agora. Isso gera sim muita pressão sobre o sistema como um todo, mas nós estamos conseguindo suprir essa força de trabalho, e muitos desses profissionais já estão voltando às atividades — explica.

Com a ampliação do número de casos de Covid no Rio e o surgimento da variante Ômicron, cariocas estão correndo aos postos para se vacinar. Segundo o painel da prefeitura do Rio, nos últimos dois dias, foram aplicadas 1.853 primeiras doses. Soranz detalha o perfil dessas pessoas.

— São pessoas que se viram obrigadas a se vacinar por conta da pré-requisito do passaporte ou que se viram, nos últimos dias, em uma situação difícil com parentes e amigos por conta da Covid-19. Foram pessoas influídas por fake news e ideologias das mais absurdas. Não faz o menor sentido a gente ainda ter cariocas que não se vacinaram. É inaceitável.

Soranz assinala que 43% dos internados no Rio nas últimas semanas não tomaram nenhuma dose da vacina e 93% deles não estavam com esquema vacinal inteiro.

Por outro lado, — A primeira estratégia é a dose de reforço. Precisamos que o carioca vá fazer o reforço. Pedimos a todos que tenham completado 4 meses da segunda dose compareçam ao posto para se vacinar. Também desejamo animar as pessoas irem aos polos se testarem. Precisamos que as medidas restritivas que estão valendo continuem sendo satisfeitas, como a utilização obrigatória de máscaras em locais fechados, o que tá ocorrendo bastante pouco. Intensificaremos a cobrança — alega Soranz.

Na sexta-feira 24 de dezembro a cidade do Rio investigava 28 casos suspeitos da variante Ômicron, informava o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz. Se descartaram outros oito casos em as últimas semanas. O município já identificou uma amostra da nova cepa do coronavírus, de uma americana que viajou para o Brasil. Por enquanto, a cidade seguia transmissão comunitária da Ômicron.

— Na clínica, todas elas se arrependem de não terem se vacinado. As vantagens da imunização estão super evidentes.

Nesta quinta-feira, a prefeitura inaugurou um novo polo de testagem na Cidade Nova. Se o vai inaugurar já em esta sexta-feira, outro em frente a o Hospital Municipal Miguel Couto, em a Gávea, Zona Sul do Rio. Se o vai inaugurar em o domingo um em Guaratiba, Zona Oeste, ao lado do Centro Municipal de Saúde Alvimar de Carvalho. E na semana que vem outros dois polos também têm que ser abertos.

Transmissão na própria cidadeTransmissão na própria cidadeO ampliação, no entanto, ainda não reflete nas taxas de internação de casos graves tanto na rede pública quanto privada. Nesta terça-feira, pro exemplo, haviam 24 pessoas internadas por Covid na rede pública cidade e outras quatro aguardando a transferência por um leito.

— Estamos com uma habilidade de 6 mil testes por dia, desejando aumentar para 10 mil. Todas as unidades tem um arsenal de testagem bastante grande, bem estruturado. Então não tem risco de faltar testes aqui no Rio. Desejamo dobrar essa habilidade ao longo das duas próximas semanas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Cerca de 20% dos profissionais de saúde do município do Rio foram afastados com influenza e após chegada da Ômicron
>>>>>Ômicron: Rio confirma terceiro caso da variante – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Rio confirma terceiro caso da variante Ômicron – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Gamma, Delta e Ômicron: Entenda o atual cenário da Covid-19 no Rio – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 30 0 NONE 9 (tacit) nós: 8, nós: 1
2 Daniel Soranz 0 0 PERSON 7 Daniel_Soranz: 2, Soranz: 4, (tacit) ele/ela (referent: Soranz): 1
3 pessoas 0 115 NONE 5 pessoas: 2, as pessoas: 1, pessoas influenciadas: 1, 24 pessoas internadas: 1
4 o Rio 0 0 PLACE 4 o Rio: 4
5 Covid 0 0 PERSON 3 Covid: 3
6 medidas 0 120 NONE 2 as medidas restritivas: 2
7 americana 0 0 NONE 2 uma americana: 2
8 casos 0 0 NONE 2 casos: 1, Outros oito casos: 1
9 número 0 0 NONE 2 o número: 1, O número: 1
10 o secretário municipal de saúde 0 0 NONE 2 o secretário municipal de Saúde: 2