Por: SentiLecto

ANYANG, China — A China pôs em quarentena, a partir desta terça-feira, os residentes da cidade de Anyang, na província de Henan, no momento em que o país busca conter vários pequenos surtos da Covid-19 e acaba de registrar os primeiros casos da variante Ômicron, mais contagiosa.

As autoridades de Anyang ordenaram a seus cinco milhões de habitantes, na segunda-feira, que fiquem em casa à noite e não dconduzamveículos particulares, informou a agência estatal de notícias Xinhua.

Se impôs a medida depois de Anyang ter em o Nordeste de o país . confirmado, em a segunda-feira, que dois de os casos registrados em a cidade faziam parte de a mesma cadeia de transmissão de a variante Ômicron registrada em a vizinha metrópole costeira de Tianjin, no Nordeste do país. Tianjin, que não impôs confinamento a sua população, cidade de 14 milhões de moradores que fica a somente 100 quilômetros de Pequim, teve 49 casos confirmados desde sábado. Os habitantes de Anyang se unem aos 1 milhão de confinados desde a semana passada em Yuzhou, na mesma província de Henan, e aos 13 milhões de moradores da cidade histórica de Xian, que entrou em sua terceira semana de quarentena.

Com a China enfrentando os piores surtos desde o meados do ano passado, as medidas de distanciamento social estão sendo recomeçadas faltando pouco menos de um mês para o começo da Olimpíada de Inverno de Pequim, cujas competições serão realizadas em grande parte na vizinha província de Hebei., mas estabeleceu limitações de viagens e arremessou um programa de testes em massa para auxiliar a evitar que a variante se dissemine.

A ampliação de casos também ocoore somente semanas antes da feriado da Ano Novo Lunar, uma fase de pico de viagens para milhões de chineses, e cidades em toda a China estão aconselhando as pessos a permanecerem onde estão.

Por outro lado, — Somente com uma alta cobertura de dose de reforço é que vamos conseguir conter o ampliação das internações e de óbitos, precisamos reforçar a necessidade de todos se vacinarem ao completar 4 meses da segunda dose. O que inquieta é que quem está internando são os não vacinados ou com vacinação incompleta — alerta.

Quando chegaram à China, o país também ordenou o cancelamento de mais de duas dúzias de voos regulares dos Estados Unidos após inúmeros passageiros terem testado positivo para a Covid-19.Mesmo que os sintomas não sejam tão graves, zhang Boli declarou na emissora estatal CCTV, nesta terça-feira, que a nova variante «não pode ser encarada com tranquilidade» quanto os das cepas anteriores. Zhang Boli é o conselheiro médico do governo de China para a Covid-19.

Está marcado para o próximo dia 12 de janeiro uma reunião entre os técnicos da prefeitura e o Comitê Científico do município. Nesta sexta-feira, vai ser vez dos experts que assessoram o governo estadual se reunirem para debater a rápida progressão da enfermidade.

— Encarando a Ômicron diretamente, descobrimos que a velocidade de transmissão é realmente bastante rápida — declarou Zhang Ying, funcionária do centro de controle de enfermidades de Tianjin, em uma entrevista transmitida na TV estatal. — Seja em termos de rastreamento da origem do vírus ou inquéritos epidemiológicos, a nova variante trouxe consigo desafios e obstáculos sem precedentes — alegou ela.

A China, que conserva sua política de buscar a eliminação dos contágios locais chamada de «Covid zero», relatou 192 novos casos confirmados de coronavírus em todo o país nesta terça-feira, acima dos 157 registrados um dia antes. Se os transmitiram de o total, 110 localmente, acima dos 97 de o dia anterior. No total, 87 casos foram confirmados na província de Henan.

A capital da província, Zhengzhou, fechou comércios não imprescindíveis como salões de beleza, proibiu jantares em restaurantes e impediu que os táxis e as plataformas de transporte operem em áreas sob quarentena, informaram as autoridades locais em uma reunião nesta terça-feira.

Se registrou nenhuma morte em os novos surtos em a China, o que conserva o total de óbitos desde o começo de a pandemia em 4.636. Além disso, a China registrou até o momento o total de 104 mil casos de Covid-19.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: China, United States, Korea

Cities: Zhengzhou, Yuzhou, Xian, Tianjin, Anyang

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>China põe terceira cidade em quarentena para conter propagação da Ômicron
>>>>>Ômicron: Rio já vive uma nova onda da Covid, alerta secretário municipal de Saúde – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a China 0 0 PLACE 9 A China chamada de Covid zero: 2, A China: 1, a (referent: toda_a China): 1, a China: 3, (tacit) ele/ela (referent: a China): 1, toda_a China: 1
2 Somente 40 60 PLACE 4 Somente: 1, (tacit) ele/ela (referent: Somente): 3
3 Ying Zhang 65 0 PERSON 3 Zhang_Boli (apposition: O conselheiro médico de o governo chinês para a Covid-19): 1, Zhang_Ying: 1, (tacit) ele/ela (referent: Zhang_Boli): 1
4 casos 0 0 NONE 3 49 casos confirmados: 1, 87 casos: 1, os casos registrados: 1
5 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
6 país 0 0 NONE 3 O país: 1, o país: 1, todo o país: 1
7 quarentena 0 0 NONE 3 quarentena: 3
8 variante 0 0 NONE 3 a nova variante: 2, a variante: 1
9 surtos 0 90 NONE 2 os piores surtos: 1, os novos surtos: 1
10 vez de os especialistas 180 0 NONE 2 vez de os especialistas: 2