Por: SentiLecto

Imagens de lugares com menos poluição têm circulado no mundo, dando uma certa esperança de que a pandemia global do coronavírus esteja, ao menos, nos dando essa notícia boa.

De acordo com esses levantamentos feitos em estágios específicos da pandemia em cada país, os profissionais de saúde representam algo entre 4% e 12% dos casos confirmados. Mas esses números pode variar muito, e não se tem que tirar finalizações precipitadas a partir deles.

Na sexta-feira 20 de março se o novo coronavírus era particularmente arriscado para os idosos ou para aqueles com doenças graves, o chefe da Organização Mundial de Saúde advertiu, nesta sexta-feira, aos jovens que eles «não eram imbatíveis», pedindo também que restrinjam sua vida social para conservar os mais frágeis.

Mas cientistas advertem que pode não ser bem assim.

Apesar da menor circulação de pessoas, do arrefecimento da economia e da coerente redução das emissões de gases do conseqüência estufa, há pontos que afetam negativamente sobre o clima nessa situação toda.

Primeiro, porque experiências passadas mostraram que essas reduções pontuais não levaram a mudanças a longo prazo.

Em segundo lugar, porque já estamos produzindo mais lixo, principalmente hospitalar. Em Wuhan, primeiro epicentro da crise na China, por exemplo, a quantidade de lixo aumentou quatro vezes.

Por outro lado, «O tamanho da carga viral quase sempre determina o resultado do combate entre o vírus e o sistema imunológico. Em experiências com diferentes doses de vírus em animais, por exemplo, os animais que recebem a maior carga viral são aqueles que vão ficar mais doentes.»

Terceiro: o consumo de energia nas cidades ampliou bastante, porque utilizamo mais gás e eletricidade ficando em casa.

O quarto ponto é algo que parece contraditório: as partículas de poluição tem seus vantagens porque têm um conseqüência de escudo contra os raios do Sol. Removê-las pode fazer com que o planetaaqueçae maisdepressae.

Não sabemos o que vai ocorrer, mas pode ser que essa crise nos force a rever a maneira como vivemos, talvez com menos danos ao meio ambiente.

Fonte: BBCBrasil-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: China

Cities: Wuhan

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Cinco motivos que explicam por que pandemia do coronavírus pode não ser boa para o meio ambiente
>>>>>Coronavírus: por que a covid-19 afeta tanto os profissionais de saúde? – (BBCBrasil-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 0 0 NONE 5 (tacit) nós: 5
2 animais 0 150 NONE 3 os animais: 2, animais: 1
3 aqueles 0 120 NONE 3 aqueles: 3
4 pontos 0 190 NONE 2 pontos: 2
5 a quantidade de lixo 0 95 NONE 1 a quantidade de lixo: 1
6 mais lixo 0 95 NONE 1 mais lixo: 1
7 o novo coronavírus era particularmente perigoso 0 70 NONE 1 o novo coronavírus era particularmente perigoso: 1
8 patologias graves 0 70 NONE 1 patologias graves: 1
9 as partículas de poluição 0 60 NONE 1 as partículas de poluição: 1
10 conclusões precipitadas 0 30 NONE 1 conclusões precipitadas: 1