Por: SentiLecto

A França superou nesta quarta-feira a marca de 4 mil mortes em decorrência da Covid-19, enfermidade provocada pelo novo coronavírus, segundo anunciou o diretor-geral de Saúde do país, Jérome Salomon.

A França registrou 3.523 mortes por coronavírus desde o começo da epidemia, das quais 499 aconteceram nas últimas 24 horas, segundo balanço divuJérôme Salomon que informou ainda que até agora houve 52.128 casos de infecção confirmados no país. Jérôme Salomon é o diretor-geral de saúde. Jérôme Salomon é o diretor-geral de saúde.

Faz 1 mês, houve hoje 509 óbitos a mais, aumentando o total para 4.032, em a comparação com o boletim exibido ontem.

Salomon explicou que estão sendo contabilizados somente os falecimentos que ocorrem em clínicas e que o objetivo do governo é exibi dados sobre todos os óbitos no país, por consequência da infecção pelo novo coronavírus ainda nesta semana.

O número de mortes conta somente aquelas registradas em clínicas e não em lares ou em casas de repouso, o que nos últimos dias ergueu dúvidas sobre a clareza do Executivo, que prometeu começar a incluí-las nesta semana.

No total, são 56.989 casos confirmados na França, 4.861 a mais do que na véspera.

Na sua vez, nas últimas 24 horas foram registradas 418 mortes, o que encarna o maior ampliação diário até hoje. Dos 44.550 casos confirmados, 20.946 pessoas estão hospitalizadas e 5.056 pacientes estão em tratamento intensivo, adicionou Salomon em entrevista coletiva.De acordo com os dados divulgados hoje, houve 4.027 novos óbitos, um recorde diário desde o começo da contabilização dos dados da pandemia. Com isso, o número de vítimas chega a 40.598.

As regiões mais afetadas até o momento são Île de France, em que está introduzida a capital, Paris, com 9.609 casos e 1.369 mortes.

Faz 1 mês, o governo de o país determinou o confinamento de a população, inicialmente por duas semanas, mas Faz 14 dias, prorrogou se o prazo já

Édouard Philippe garantiu que a reversão da medida não será feita de uma hora para outra e para toda a população, porque vai depender de como o vírus está circulando pelo país. Édouard Philippe é o primeiro-ministro.

CRISE ECONÔMICA.

O chefe do Executivo admitiu que a crise de saúde tem grandes possibilidades de ganhar a empresa de uma crise econômica em todo o país. Por isso, estão sendo desenvolvidas medidas para auxiliar as companhias e trabalhadores.

De acordo com o jornalismo, em um fase de três meses, esse pacote de suporte poderia implicar em gasto potencial de 11 bilhões de euros .

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: France, Brazil

Cities: Paris, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Covid-19 já provocou mais de 4 mil mortes na França somente em clínicas
>>>>>França registra quase 500 novas mortes por Covid-19 em 24 horas – March 31, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>França supera 3 mil mortes por Covid-19 – March 30, 2020 (EfeGeneric)
>>>>>Mortes provocadas pela Covid-19 no planeta superam marca de 40 mil, diz OMS – (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Salomon 0 0 PERSON 4 Salomon: 2, (tacit) ele/ela (referent: Salomon): 2
2 mortes 0 210 NONE 3 418 mortes: 1, 3.523 mortes: 1, 1.369 mortes: 1
3 A França 0 0 PLACE 3 A França: 2, a França: 1
4 casos 0 0 NONE 3 os 44.550 casos confirmados: 1, 9.609 casos: 1, 56.989 casos confirmados: 1
5 Édouard Philippe 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Édouard_Philippe): 2, Édouard_Philippe (apposition: O primeiro-ministro): 1
6 falecimentos 0 140 NONE 2 os falecimentos: 2
7 France Île de 0 0 PERSON 2 Île_de_France: 2
8 Jérôme Salomon 0 0 PERSON 2 Jérôme_Salomon (apposition: o diretor-geral de saúde): 2
9 coronavírus 0 0 NONE 2 coronavírus: 1, o novo coronavírus: 1
10 esta 0 0 NONE 2 esta: 2