Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – General Hamilton Mourão

O presidente Jair Bolsonaro, que promete desde março de 2020 exibi provas de fraude na votações, fez um novo ataque nesta quinta-feira ao Tribunal Superior Eleitoral e ao sistema eleitoral ao declarar que a apuração dos votos não pode ser feita por «meia dúzia de pessoas, de maneira secreta» em uma «sala lá do TSE». , mas ainda não fez isso. No mês passado, o TSE deu 15 dias para o presidente exibi evidências de anormalidades na urna eletrônica. Devido ao recesso judiciário, esse prazo vence no dia 2 de agosto.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

— Eu não estou acusando servidores do TSE. Eu não posso admitir que meia dúzia de pessoas tenham a chave criptográfica de tudo, e essa meia dúzia de pessoas, de maneira secreta, conte os votos numa sala lá do TSE. Isso não é aceitável — declarou Bolsonaro, em entrevista à rádio Banda B.

— O presidente Jair Bolsonaro confirmou nesta quinta-feira a reforma ministerial que vai fazer, com a designação do senador Ciro Nogueira e o deslocamento de Luiz Eduardo Ramos e Onyx Lorenzoni para outros ministérios. Bolsonaro inicialmente mencionou que iria designar «um senador», sem especificar qual, e evidenciou que a intenção é um «diálogo melhor» com parlamentares: — Colocaremos um senador na Casa Civil que pode conservar um diálogo melhor com o parlamento — declarou Bolsonaro, em entrevista à rádio Banda B. Depois, o presidente confirmou que Ciro Nogueira já aceitou o convite e elogiou a «experiência» dele: — A princípio, é ele. Conversei com ele já, ele aceitou — alegou. — É uma pessoa que nos interessa pela sua experiência que pode, no meu compreender, fazer um bom trabalho. Vai deslocar-se Ramos atual titular de a Casa Civil, para a Secretaria-Geral da Presidência, hoje ocupada por Onyx Lorenzoni. Já Onyx vai ir para o Ministério do Emprego e Previdência, que será recriado. Ao Ponto 22-7-21 Spotify Bolsonaro declara que não será feita «nenhuma mudança drástica» e alegou que a recriação do ministério não vai trazer novos gastos. O presidente negou que esteja recriando um ministério, afirmando que houve uma diminuição no número de pastas após o Banco Central ganhar autonomia. — Não vai afliçãozinha em nada nas finanças. Não vamos instituir posições. Bolsonaro também diminuiu a declaração de Ramos, ao jornal «O Estado de S. Paulo», de que não sabia da mudança e que foi «atropelado por um trem». O presidente declarou que Ramos utilizou uma «força de expressão» e que Ramos continua ministro. Bolsonaro e Ciro Nogueira

Na sexta-feira 09 de julho — Ministro Luís Roberto Barroso rebateu os ataques » deploráveis quanto na maneira e ao conteúdo» feitos pelo presidente Jair Bolsonaro nesta sexta-feira. Ministro Luís Roberto Barroso é o presidente do Tribunal Superior Eleitoral .Em nota, o ministro rebateu em cinco pontos as ameaças feitas por Bolsonaro, e declarou que a «denúncia leviana de fraude no processo eleitoral era ofensiva a todos» os ministros que já presidiram a Corte eleitoral. «Faz 25 anos, desde a implantação de as urnas eletrônicas nunca se documentou qualquer episódio de fraude. Nesse sistema, foram eleitos os Presidentes Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva, Dilma Rousseff e Jair Bolsonaro. Como se constatava singelamente, o sistema não só era íntegro como permitiu a alternância no poder», declarava a nota encaminhada àoijornalismo Ainda na nota, o presidente do TSE alegava que a execução de votações, na data calculada na Constituição, era pressuposto do regime democrático. Alegava: «Qualquer atuação no sentido de impedir a sua ocorrência violava princípios constitucionais e configurava crime de responsabilidade». Em desvantagem em pesquisas de intenção de voto, o presidente Jair Bolsonaro voltou a colocar em dúvida a segurança das votações nesta sexta-feira, novamente sem exibi provas. Bolsonaro repetiu que há a chance de não serem realizadas eleições em 2022 e chamou de «idiota» e «imbecil» o presidente do Tribunal Superior Eleitoral , Luís Roberto Barroso. — Não tenho medo de votações. entregava a faixa a quem ganhar. No voto auditável. Nessa maneira, corremos o risco de não termos votação no ano que vem. Porque era o futuro de vocês que estava em jogo — declarou Bolsonaro, em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada. De acordo com o presidente, os institutos de pesquisas participariam de uma fraude ao lado do TSE para beneficar Lula: — Daí vinha os institutos de pesquisas, fraudados também, botando ali o nove dedos lá em cima. Para que? Para ser confirmado o voto fraudado no TSE — declarou, adicionando depois: — Já estava certo quem será presidente no ano que vem. A gente deixará entregar isso? Bolsonaro defendia que era preciso imprimir um registro do voto, após a eleição na urna eletrônica. Ele, contudo, jamais exibiu nenhuma prova de fraude no modelo atual. O presidente também agrediu Barroso, declarando que os argumentos dele contra a proposta de voto impresso eram de um «estúpido» e «idiota»: — era uma resposta de um estúpido. Eu lamentava falar isso de uma autoridade do Supremo Tribunal Federal. Só um bobinho para fazer isso aí. Quando Dilma Rousseff venceu Aécio Neves, bolsonaro também voltou a declarar, sem provas, que houve anormalidade nas votações de 2014 , e declarou que «a fraude estava no TSE». O próprio Aécio que declarou de Bolsonaro contestou a afirmação não acreditar que tenha acontecido fraude em aquela votação. O próprio Aécio é deputado federal.

Ferramentas tecnológicas de as urnas eletrônicas garantem a segurança , equipamentos físicos e sistemas de auditagem abertos a qualquer cidadão. Uma das maneiras de garantir a segurança da eleição são testes públicos em que «hackers» tentam invadir o sistema das urnas e identificar possíveis vulnerabilidades.

O jornal «O Estado de S. Paulo» publicou reportagem nesta quinta feira alegando que Walter Braga Netto teria feito uma ameaça e condicionado as votações de 2022 ao voto impresso, proposta defendida por Bolsonaro. Walter Braga Netto é o ministro da Defesa. De acordo com a publicação, Braga Netto mandou o recado aArthur Lira por meio de um interlocutor que não teve o nome revelado. Arthur Lira é o presidente da Câmara.

Na sua vez, — O cirurgião Antonio Luiz Macedo alegou neste sábado que a previsão de alta do presidente Jair Bolsonaro é para este domingo. Mas o médico do presidente declarou que ainda não há hora definida para a alta. De acordo com o expert, o sistema digestivo de Bolsonaro já está funcionando. E o quadro de saúde é “bastante bom”. — Qualquer um de nós que tem uma cirurgia abdominal pode ter obstrução — alegou Macedo na porta do Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde Bolsonaro está internado desde a semana passada. Atualmente, o presidente passou a receber alimentação cremosa «não fermentativa» . O próximo passo consiste em alimentação pastosa. — A cremosa precisa de uma colher para pegar. E a pastosa um garfo. Ambas precisam de mastigação — declarou o médico. Assim que tiver alta, o presidente poderá regressar às atividades “com cserena, ddeclarao médico. Bolsonaro vai poder, por exemplo, realizar andadas. Quando questionado sobre o regresso ao trabalho, Macedo declarou que o presidente não poderá recomeçar suas atividades profissionais neste domingo, mas sim na segunda-feira. Ainda que não vai haver, macedo declarou , a longo prazo, limitações alimentares para o presidente. De acordo com Macedo, as orientações para casos cono o de Bolsonaro são mascar bem a comida, comer alimentos leves e fazer exercícios. Atividades como caminhar de moto, por outro lado, têm que esperar até que o presidente esteja bem de saúde. Boletim médico divulgado na tarde deste sábado informou que o presidente continua exibindo melhora clínica e laboratorial. Pela manhã, Bolsonaro alegou em uma mensagem de vídeo que “está bem” após ser internado na quarta -feira em decorrência de uma obstrução intestinal. Também em vídeo, o presidente apareceu comendo sopa — parte de seu processo de reintrodução alimentar. A gravação deste sábado aconteceu ao longo da inauguração de uma agência bancária em Missão Velha . Bolsonaro participou remotamente do acontecimento. — Estou bem, graças a Deus. O problema que eu tive foi em função da facada que eu recebi em 2018. Uma questão de aderência, de quando em quando frear o intestino. E dificilmente precisa realizar a cirurgia, graças a Deus não me foi preciso. Estou louco pra voltar a trabalhar, rever os amigos e voltar pro seio da família. E botar o Brasil pra caminhar — alegou o presidente na gravação. Ainda na manhã deste sábado, Bolsonaro recebeu a visita do vice-líder do governo no Congresso, o deputado federal Cezinha de Madureira . — O presidente enviou hoje. Está bastante animado, não vê a hora de voltar para Brasília. Ele tem que ter alta entre amanhã e segunda-feira. Os médicos querem segurar um pouco mais, mas já deseja ir trabalhar — declarou Madureira, se o movimenta .Em desvantagem nas pesquisas eleitorais, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar, sem provas, na chance na fraude nas votações e ainda agrediu o líder da disputa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva . Bolsonaro declarou que «não podemos admitir votações suspeitas» e questionou quem deseja a volta de Lula, que, segundo ele, «arrebentou» o país.

Antônio Hamilton Martins Mourão GCRB • GCMM • Gcmd é um general da reserva do Exército Brasileiro e o atual vice-presidente do Brasil, desde 2019.

Já o vice-presidente Hamilton Mourão, apesar de também defender o voto impresso, declarou que é «lógico» que o Brasil vai ter votações no ano que vem mesmo sem o voto impresso. Mourão declarou que o país não é uma «república de banana» e questionou quem iria «proibir votação».

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Em novo ataque ao TSE, Bolsonaro critica apuração feita por ‘meia dúzia de pessoas de maneira secreta’
>>>>>Bolsonaro confirma convite a Ciro Nogueira e diz que intenção é ‘diálogo melhor’ com Congresso – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bolsonaro tem previsão de alta para este domingo, diz médico do presidente – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Bolsonaro volta a atacar eleições e critica Lula – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Prefeitos da Baixada cogitam abandonar Bolsonaro em meio a queda de popularidade – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>‘Não existe terceira via, está polarizado’, diz Bolsonaro sobre eleições de 2022 – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>‘Eu tenho limite, por que o Judiciário não pode ter limite?’, diz Bolsonaro – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro reafirma intenção de vetar fundo eleitoral, mas diz que palavra final será do Congresso – July 20, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Bolsonaro diz que reajuste do fundo eleitoral foi ‘casca de banana’ na votação da LDO – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Aumento do fundo eleitoral deve beneficiar grandes partidos e políticos com mandatos, dizem especialistas – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Jair Bolsonaro 0 65 PERSON 31 O presidente Jair_Bolsonaro: 1, ele (referent: Bolsonaro): 3, (tacit) ele/ela (referent: Bolsonaro): 6, Bolsonaro: 16, O presidente Jair_Bolsonaro em a: 2, o presidente Jair_Bolsonaro: 3
2 eu 38 80 NONE 21 Eu: 3, (tacit) eu: 15, eu: 2, me: 1
3 presidente 80 90 NONE 16 o presidente: 11, O presidente: 4, presidente: 1
4 era 140 80 NONE 6 era preciso: 1, era íntegro: 1, era: 3, era ofensiva: 1
5 nós 18 0 NONE 6 nos: 1, nós: 1, (tacit) nós: 4
6 eleições 10 0 NONE 5 as eleições: 1, as eleições de 2022: 1, eleições: 2, eleições suspeitas: 1
7 Onyx Lorenzoni 0 0 PERSON 5 (tacit) ele/ela (referent: Onyx): 2, Onyx_Lorenzoni: 2, Onyx: 1
8 TSE 0 0 ORGANIZATION 5 TSE: 1, o TSE: 4
9 fraude 0 160 NONE 4 uma fraude: 1, a fraude: 2, fraude: 1
10 Hamilton Mourão 50 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: o vice-presidente Hamilton_Mourão): 2, o vice-presidente Hamilton_Mourão: 1, Mourão: 1