Por: SentiLecto

As emissões mundiais de dióxido de carbono caíram 8,8% nos primeiros seis meses do ano, a maior queda já registrada em um primeiro semestre, devido aos conseqüência das limitações provocadas pelo coronavírus, mostrou um estudo nesta quarta-feira.

Temperaturas mundiais vão continuar a aumentar ao longo dos próximos cinco anos e podem provisoriamente subir para mais de 1,5 graus celsius além dos níveis pré-industriais, Faz 3 meses, alegou a Organização Mundial de Meteorologia. Os cientistas estabeleceram 1,5 graus celsius como o telhado para evitar um desastre climático.

Uma pesquisa publicada por um grupo de cientistas chino, França, Japão e Estados Unidos no periódico científico Nature Communications declarou que as emissões reduziram em 1,551 milhão de toneladas, ou 8,8%, na primeira metade de 2020 quando comparadas com o mesmo fase do ano passado.

França ), oficialmente República Francesa, é um país, ou, mais especificamente, um Estado unitário localizado na Europa Ocidental, com várias ilhas e territórios ultramarinos noutros continentes.

Tal diminuição encarna a maior da espécie em um primeiro semestre e a maior já provocada por uma retração econômica. A queda também foi maior do que a diminuição anual vista durante a Segunda Guerra Mundial, mas as emissões danosas são bastante maiores hoje do que então.

Os cientistas utilizaram dados baseados na atividade em tempo real e analisaram as tendências diárias, semanais e sazonais de emissões de CO2 antes e depois da pandemia de Covid-19 e da retração econômica que ela desencadeou.

O clima mais quente do que o normal visto na maior parte do Hemisfério Norte ainda significa que as emissões foram um pouco menores do que teriam sido na mesma época do ano passado.

Por outro lado, debarati Guha-Sapir, do Centro de Pesquisa em Epidemiologia de Desastres na Universidade de Louvain, Bélgica, que forneceu dados para o relatório, alegou: “Se este nível de crescimento de acontecimentos extremos de clima continuar ao longo dos próximos 20 anos, o futuro da humanidade realmente parece desolador”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, China, Brazil

Cities: Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Emissões mundiais de CO2 têm maior queda da história na primeira metade de 2020
>>>>>Surto de desastres naturais cobram um caro preço humano e econômico, diz ONU – October 12, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 emissões 0 80 NONE 2 as emissões: 1, as emissões danosas: 1
2 redução 0 80 NONE 2 a redução anual: 1, Tal redução: 1
3 queda 0 40 NONE 2 A queda: 1, a maior queda: 1
4 Bélgica 0 0 PLACE 2 Bélgica: 2
5 Guha-Sapir 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Guha-Sapir): 1, Guha-Sapir: 1
6 ano 0 0 NONE 2 o ano passado: 1, o ano: 1
7 cientistas 0 0 NONE 2 Os cientistas: 2
8 retração 0 0 NONE 2 a retração econômica: 1, uma retração econômica: 1
9 semestre 0 0 NONE 2 um primeiro semestre: 2
10 evitar catástrofe climática 0 100 NONE 1 evitar catástrofe climática: 1