Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – BRAlogo1

O estado do Rio chegou, nesta segunda-feira, à marca de pelo menos 100.162 pessoas vacinadas contra Covid-19 com a CoronaVac. O levantamento, divulgado no começo da noite, é feito pela Secretaria Estadual de Saúde por busca ativa, com base em dados que são mandados pelos municípios. Profissionais De este total , %88 formam ele de saúde, e 10% por idosos. Seis municípios ainda não informaram ao governo estadual a relação de imunizados. O total de doses calculadas somente com a CoronaVac neste primeiro período é de 232.521 aplicações, sendo 110.470 para a capital. Já a vacina de Oxford-AstraZeneca, que começa a ser utilizada na quarta-feira, calcula a imunização de 176.220 em território fluminense.

O balanço, no entanto, prejudica sistema de o Ministério da Saúde que teria que dar maior celeridade e detalhamento a o cadastramento de vacinados em o Programa Nacional de Imunizações , uma inoperância mas que, até o momento, enfrenta instabilidade, motivo pelo qual o levantamento dos dados no RJ é feito por meio de interlocução entre estado e municípios.

O Ministério da Saúde, no Brasil, corresponde ao setor governamental culpado pela gestão e manutenção da Saúde pública do país.

Algo que traduz bem este cenário perplexo é o fato de que, enquanto no documento do governo estadual, o município consta com 56.824 imunizados, no chamado Vacinômetro, da prefeitura, a capital aparece já com 77.678 vacinados — uma diferença de 20,8 mil pessoas. Questionados na semana passada, secretarias municipal e estadual de Saúde explicaram que os dados são atualizados em momentos diferentes por cada pasta.

O balanço, no entanto, exibe divergência grande em relação ao número divulgado, por exemplo, pela capital. No portal da prefeitura batizado de «Vacinômetro», o município informava, até a noite desta sexta-feira, que 51.319 pessoas foram vacinadas. Nos dados do estado, no entanto, a cidade do Rio aparece com 33.243 imunizados, cerca de 18 mil cariocas a menos.

Na desde que as vacinas contra Covid-19 começaram a ser distribuídas no país, segunda-feira 18 de janeiro as pesquisas sobre cadastros para vacinação dispararam na internet. Para uma pessoa ser vacinada, ela não precisava ter cadastro algum, mas era provável que governos estaduais arremessem plataformas a fim de coordenar filas e reduzi aglomerações durante as vacinações. O governo de São Paulo, por exemplo, arremessou um site nesse sentido e o governo do Rio confirmou que arremessaria sua plataforma, mas que ela não era necessária nesse primeiro período.

Há diferença apreciável, também, enquanto a prefeitura fala em 4.790, em municípios como Niterói, onde a SES alega ter 985 vacinados, e em Volta Redonda, onde os dados mandados ao estado dão conta de que todas as 3.933 doses da CoronaVac foram aplicadas, enquanto em seu site oficial, a prefeitura da cidade do aço fala em cerca de mil doses.

Uma semana após o começo do primeiro período da vacinação, seis municípios sequer informaram à SES sobre a quantidade de vacinados. São eles: Itaperuna, São João da Barra, São José do Vale do Rio Preto, São Sebastião do Alto, Saquarema e Seropédica.

Promotores pedem clareza e investigam acusações

Nesta segunda-feira, o Ministério Público do Rio , que investiga acusações de «fura-fila» na campanha de vacinação contra o novo coronavírus, entrou com uma Ação Civil Pública pedindo à Justiça para que a prefeitura do Rio passe a divulgar diariamente uma relação detalhada das pessoas vacinadas na capital.

A profissão foi enviado por meio da 1ª, 2ª, 3ª e 5ª Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva da Saúde da Capital. No documento, os promotores alegam que, desde o começo da vacinação em 19 de janeiro, buscas feitas em fontes abertas do município mostraram que «um incontável número» de profissionais da saúde não pertencentes ao grupo prioritário vem sendo imunizado, e, inclusive, publicando espontaneamente a vacinação nas redes sociais. O MP menciona exemplos, como trabalhadores de educação física e agentes administrativos dos centros municipais de Saúde.

Em pouco mais de dez dias, entre 11 e 22 de janeiro — fase em que os 92 municípios do estado começaram a vacinar os grupos prioritários contra a Covid-19 — o MPRJ alega que recebeu 243 acusações de supostas anormalidades na vacinação. Desse total, 33 foram de pessoas que teriam sido imunizadas ilegalmente. Os Centros de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Tutela Coletiva de Defesa da Saúde instauraram várias investigações para apurar as fraudes dos “fura-fila”. Diversos servidores de prefeituras do estado estão na mira do MP.

De acordo com a promotora Márcia Lustosa Carreira, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo, existem mapas de vacinação que foram mandados às 92 cidades junto com o informativo técnico da vacina que foi produzido pelo Ministério da Saúde. No documento existem campos para que sejam preenchidos os dados de cada paciente que recebeu a dosagem; como nome inteiro, CPF e outras informações. Entretanto, os promotores verificaram que a plataforma unificada para que introduzam-se os dados diretamente para o Ministério da Saúde não está funcionando. O cadastro está sendo feito manualmente e se o introduzirá posteriormente em a internet.

De acordo com o MPRJ, o registro dos vacinados com a primeira dose ainda vem sendo feito manualmente até que o sistema passe a funcionar efetivamente. O órgão alegou que, poderá dificultar ainda mais o controle da campanha já nos próximos períodos, quando maiores volumes de doses deverão ser aplicadas, se o problema não for solucionado a novos grupos.— Desde cedo falaram que diversos alunos de medicina, que acompanham alguns serviços na clínica, mas não atendem na linha de frente, estavam sendo vacinados. Na parte da tarde, eu vi pelo menos sete deles. A fila estava super desorganizada, não pediram meu CRM físico , nem minha matrícula na clínica. Basta dar o nome e os números de CPF e CRM — alega ela. — O problema é que aluno não tem CRM, então não sei como eles conseguiram vacina.Em Duque de Caxias, o secretário José Carlos de Oliveira, de 62 anos aplicou a primeira vacina em uma enfermeira. Em seguida, ele recebeu uma dose, aplicada por ela, se tornando a a segunda pessoa vacinada na cidade. Duque de Caxias tem mais de 964 mil moradores e vai receber, até o fim do primeiro período de imunização, um total de 11.230 doses. Procurado, o município afirmou que o secretário é médico, atua na linha de frente na guerrazinha à Covid-19, e que está presente assiduamente em toda rede pública de saúde da cidade.

Na semana passada, a Secretaria Estadual de Saúde já havia informado que vem realizando por busca ativa a relação de vacinados nos municípios fluminenses por conta do problema no SIPNI.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil, Gambia

Cities: Volta Redonda, Sao Jose, Niteroi, Barra

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Estado do Rio já tem mais de 100 mil vacinados e 88% dos imunizados são profissionais de Saúde; cheque dados
>>>>>Dos 58,4 mil vacinados contra Covid-19 no estado, 81% são profissionais da Saúde; veja os números da imunização – January 23, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Tudo que você precisa saber sobre a vacinação contra a Covid-19 no Brasil – January 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Ministério da Saúde pede ao Butantan entrega ‘imediata’ de 6 milhões de doses da vacina contra Covid-19 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Anvisa aprova uso emergencial de vacinas contra Covid-19 no Brasil – January 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Anvisa decidirá no domingo sobre autorização emergencial de vacina – January 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Butantan pede à Anvisa autorização emergencial de uso para vacina contra Covid-19 – January 08, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ministro sobre estratégia de adiar segunda dose da vacina contra a Covid-19: ‘Foco na redução da contaminação’ – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Vacinação: Paes diz que imunização contra a Covid-19 pode começar no dia 25 no Rio – January 08, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Entenda como é feito o cálculo que concluiu que a CoronaVac tem 50,38% de eficácia contra a Covid-19 – January 13, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Covid-19: Rio registra 118 mortes e 1,5 mil novos casos; média móvel de óbitos, em alta, é a maior desde julho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Saiba o que falta definir para que a vacinação contra a Covid-19 no Brasil comece no dia 20 de janeiro – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Anvisa aprova por unanimidade uso emergencial de vacinas contra Covid-19 no Brasil – January 17, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Cadastro, não obrigatório, para vacina contra Covid-19 será criado no Rio – January 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>Covid-19: no primeiro lote da vacina, Rio cobrirá 20% do grupo prioritário – January 18, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Ministério da Saúde estima ter 80 milhões de doses de vacina até abril – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Brasil tem maior média móvel de casos de Covid-19 desde a chegada da doença no país – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Alunos sem dispositivo eletrônico terão prioridade em aulas presenciais na rede estadual do Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Com 164 novas mortes, Rio chega a 11º dia seguido de alta na média móvel de óbitos – January 16, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Brasil registra 477 mortes por Covid-19, mas média móvel de óbitos fica acima de mil pelo terceiro dia consecutivo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Brasil aproxima-se da marca de 206 mil mortes por Covid-19, indica boletim da imprensa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Brasil ultrapassa marca de 206 mil mortes por Covid-19, indica boletim da imprensa – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>O que já se sabe sobre o início da vacinação contra Covid-19 no Rio? – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Conselho de Enfermagem recebe denúncia de tentativa de compra de vacina em fila, no Rio – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Secretários e até coordenadora de programa de saúde da mulher foram vacinados no Rio – January 21, 2021 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Na cidade do Rio, secretário afirma que, após o recebimento das doses, CoronaVac chegará a 450 pontos de vacinação em até 36 horas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Estado do Rio começa vacinação na quarta-feira; grupos da primeira etapa ainda serão definidos – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Primeiro lote de vacinas na cidade do Rio deve durar quatro dias – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 municípios 30 0 NONE 6 municípios: 2, os municípios fluminenses: 1, seis municípios: 1, os municípios: 1, Seis municípios: 1
2 José Carlos de Oliveira 0 0 PERSON 6 ele (referent: o secretário José_Carlos_de_Oliveira): 1, (tacit) ele/ela (referent: o secretário José_Carlos_de_Oliveira): 2, o secretário José_Carlos_de_Oliveira: 1, Duque_de_Caxias: 2
3 eu 50 0 NONE 5 (tacit) eu: 4, eu: 1
4 dados 0 0 NONE 5 os dados enviados: 1, dados: 2, os dados: 2
5 problema 0 320 NONE 4 o problema: 1, problema: 1, O problema: 2
6 MPRJ 0 0 ORGANIZATION 4 o MPRJ: 2, (tacit) ele/ela (referent: o MPRJ): 2
7 estado 0 0 NONE 4 o estado: 3, estado: 1
8 pessoas 0 0 NONE 4 100.162 pessoas vacinadas: 1, 51.319 pessoas: 1, pessoas: 2
9 município 30 0 NONE 3 o município: 3
10 CoronaVac 0 0 ORGANIZATION 3 a CoronaVac: 2, (tacit) ele/ela (referent: a CoronaVac): 1