Por: SentiLecto

Uma vacina contra a Covid-19 desenvolvida pelo Exército dos Estados Unidos deu começo aos primeiros testes em humanos na terça-feira . O Instituto de Pesquisa do Exército Walter Reed realiza a iniciativa em Silver Spring , em o estado de Maryland.

Pasternak realça que «as vacinas contra a Covid-19 não são «mágicas» e não são uma estratégia individual. Por isso, para saber se estão funcionando é preciso observar a população geralmente, e não individualmente.

Na quarta-feira 24 de março a Agência Nacional de Vigilância Sanitária concedeu, nesta quarta-feira, autorização para que o Instituto Butantan realize pesquisas clínicas com um soro hiperimune desenvolvido para o tratamento contra a Covid-19. Para começar as pesquisas, no entanto, o Butantan ainda precisava mandar informações adicionais exigidas pela agência.

Imunização: Ministério da Saúde quebra confidencialidade de contrato com a Pfizer

Faz 1 ano, o trabalho teve começo logo após o sequenciamento de o coronavírus. Os esforços iniciaram com uma equipe de dez pessoas que geraram 12 protótipos. Em seis meses, foi possível escolher uma vacina candidata aos testes.

— Desejamo vencer este combate, mas também desejamo vencer o longo combate. Mesmo que tenhamos as vacinas disponíveis dentro de um ano, quantas centenas de milhares de pessoas nos EUA e quantas milhões de pessoas em todo o mundo perderam suas vidas antes mesmo dos imunizantes estarem disponíveis? Antes que a próxima variante, o próximo fluxo, a próxima espécie de coronavírus aconteça, desejamo chegar a um ponto em que nossa vacina já esteja disponível — declarou Kayvon Modjarrad em entrevista a emissora ABC News. Kayvon Modjarrad é o diretor do setor de enfermidades infecciosas do Instituto.

Vacina: Butantan aguarda recebimento de matéria-prima chino para continuar com envasamento da CoronaVac

Por outro lado, — Sabemos que o goleiro é bom pelo histórico, as estatísticas de quantas defesas costuma realizar por jogo. Mas o bom goleiro sou pegado e coloco em um time com defesa ruim, não para de chegar bola, ele tomará gol. O mesmo ocorre com a vacina: fazendo isolamento social, terá furos, se não tem ninguém utilizando máscara.

As três vacinas já autorizadas para utilização nos EUA funcionam dando instruções genéticas para o corpo humano, fazendo com que o indivíduo produza a proteína que se encontra na superfície do vírus. Assim que o corpo cria a proteína, o sistema imunológico é advertido e começa a formar anticorpos. É uma forma segura de desencadear uma resposta imunológica semelhante à que uma pessoa teria após contrair o vírus. O imunizante do WRAIR, porém, pula as etapas de instrução genética e produção. A dose já inclui a proteína e um composto de reforço imunológico, o que leva a uma resposta mais rápida de anticorpos. Outro ponto positivo é que vacina não precisa de refrigeração especial.

Variantes: Cientistas descobrem nova variante do coronavírus com 18 mutações em BH

— Outras vacinas possivelmente vão proteger contra novas variantes, mas podem ter sua efetividade reduzida. O que vimos até agora nos testes com animais é que essa vacina não reduziu em nada contra as variantes e é eficaz contra outros coronavírus como o SARS-1 — explica Modjarrad.

— Ao longo de minha carreira de 30 anos, trabalhei em muitos lugares ao redor do mundo e em muitos ambientes diferentes, alguns mais árduos do que outros, alguns mais arriscados do que outros. Um dia eu estava no metrô e somente olhei para cima e vi um pôster do Walter Reed. Vi isso como mais uma chance de servir — evidenciou, quando me dei conta de que eles estavam tentando fazer um teste para a Covid-19.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, China, Bahrain

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Exército dos EUA desenvolve vacina contra a Covid-19 e começa testes em humanos
>>>>>Vacinados podem adoecer de Covid-19? Saiba o porquê – April 05, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 0 90 NONE 10 (tacit) eu: 8, eu: 1, me: 1
2 vacina 0 0 NONE 6 nossa vacina: 1, Vacina: 1, vacina: 1, essa vacina: 1, Uma vacina: 1, a vacina: 1
3 nós 16 50 NONE 5 (tacit) nós: 5
4 ponto 160 0 NONE 4 Outro ponto positivo: 2, um ponto: 2
5 variantes 0 60 NONE 3 as variantes: 1, novas variantes: 1, Variantes: 1
6 vacinas 50 0 NONE 3 as vacinas: 1, As três vacinas: 1, Outras vacinas: 1
7 proteína 0 0 NONE 3 a proteína: 3
8 testes 0 0 NONE 3 os testes: 2, os primeiros testes: 1
9 goleiro 160 0 NONE 2 o bom goleiro: 1, o goleiro: 1
10 autorização 0 0 NONE 2 autorização: 2