Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Ícone de esboço

Seis dias depois de receber uma visita da filha numa clínica na Coreia do Sul, um paciente com câncer faleceu. Aquele encontro marcou a última vez que se viram, mas acabou redundando na condenação da filha pela Justiça. Segundo o Tribunal Distrital de Cheongju, a mulher quebrou a quarentena ao ter ido ver o pai e, por isso, precisa pagar uma multa de 1,5 milhão de wones .

Os documentos judiciais informam que a filha do paciente tinha chegado de viagem dos Estados Unidos, em 24 de abril de 2020, e precisava ficar duas semanas em isolamento por cautela, em razão da pandemia. No entanto, no dia seguinte ao desembarque, ela foi à unidade de saúde onde seu pai estava internado, com câncer, em estado crítico. Alguns dias depois, saiu o resultado do teste pelo qual ela passou no aeroporto, logo após sua chegada ao país: deu negativo para a Covid-19.

A postagem em questão — intitulada «Realizarei um ataque terrorista contra o aeroporto de Incheon às 11 horas do dia 1º de março» — continha asomente10 segundos, mas foi o muito para redundar em um inquérito internacional pela equipe de Polinesia Francesa de Incheon. O nome do vídeo foi depois modificado para «A razão pela qual eu gosto dos ataques terroristas de 11 de setembro».

Se determinou a sentença para a mulher, de 33 anos, como o pagamento de uma quantia que, de acordo com o jornal » The Korea Times «, é inferior em as penalidades comuns adotadas para o mesmo espécie de transgressão.O valor da multa pode ser definido em até 10 milhões de wones , com a sentença máxima podendo ser de até um ano de prisão.

The Korea Times é o mais antigo dos três jornais em língua de Inglaterra publicados diariamente na Coreia do Sul, juntamente com The Korea Herald e Korea JoongAng Daily.

Trecho da resolução judicial alega: «Não foi um crime leve quebrar a norma de auto-quarentena, considerando a gravidade da situação da Covid-19”. «Mas levamos em consideração o motivo de sua violação quando ela tentou encontrar seu pai pela última vez, e sua violação não disseminou o vírus».

Na sua vez, o garoto pode ser acusado formalmente pela polícia sul-coreana por violação da lei de segurança da aviação. Os investigadores tentam negociar com as autoridades norte-americanas a ida do menino ao país do leste-asiático.

«Nos sentimos mal em registrar a queixa, mas tivemos que fazê-lo devido assnormass»,declaroue um funcionário do Centro de Saúde Pública de Cheongju, informou o «Korea Times» nesta terça-feira, dia 2.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Furar quarentena multa Mulher para visitar pai com câncer terminal
>>>>>Garoto de 12 anos é acusado de postar na web ameaça de ataque a aeroporto na Coreia – February 26, 2021 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 140 0 NONE 7 (tacit) eu: 6, eu: 1
2 The Korea Times 0 80 PERSON 5 ela (referent: The_Korea_Times): 1, The_Korea_Herald: 1, (tacit) ele/ela (referent: The_Korea_Times): 1, The_Korea_Times: 2
3 nós 0 90 NONE 4 Nos: 1, (tacit) nós: 3
4 vez 0 5 NONE 4 sua vez: 1, a última vez: 3
5 precaução 0 0 NONE 3 ela (referent: precaução): 2, (tacit) ele/ela (referent: precaução): 1
6 razão 120 0 NONE 2 A razão: 2
7 sentença 90 0 NONE 2 a sentença máxima: 1, A sentença: 1
8 câncer 0 0 NONE 2 câncer: 2
9 mulher 0 0 NONE 2 a mulher: 2
10 o resultado de o teste 0 0 NONE 2 o resultado de o teste: 2