Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Luiz Fux

– Luiz Fux determinou a redistribuição da relatoria da investigação que apura se o presidente Jair Bolsonaro, que nome do novo ministro deverá ser conhecido ainda nesta terça-feira, informou a assessoria de jornalismo da Presidência do STF, tentou interferir no comando da Polícia Federal Luiz Fux é o presidente do Supremo Tribunal Federal . , e O caso que era governado pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou da corte este mês. O pedido havia sido exibido pela defesa do ex-juiz e ex-ministro da Justiça Sergio Moro na semana passada, e a resolução de Fux aconteceu um dia antes da sabatina do Senado com o mencionado por Bolsonaro para a vaga no STF aberta com a aposentadoria de Celso de Mello, o desembargador do Tribunal Regional Federal da Primeira Região Kassio Nunes. Na prática, com o despacho, Fux impedirá que Nunes assuma a relatoria do caso e toque uma investigação contra quem o mencionou para o Supremo. Pelo batalhão interno, o novo ministro herda todo o acervo de casos daquele que se aposentou. «A pedido dos advogados do ex-ministro Sérgio Moro, e em função da rapidez inerente a um investigação, ministro Luiz Fux determinou a redistribuição da investigação 4831 que estava sob a relatoria do ministro Celso de Mello. Ministro Luiz Fux é o presidente da corte. A redistribuição deve acontecer ainda hoje pelo sistema eletrônico do STF», declarou a nota da assessoria de jornalismo da Presidência do Supremo nesta terça-feira. Faz 6 meses, a investigação foi aberto em o final após declarações de Moro de que Bolsonaro tentou interferir em a indicação de posições para a PF, episódio que levou o então ministro de a Justiça a pedir demissão. Os inquéritos do caso estão em sua reta final. O plenário do STF deve decidir em breve se Bolsonaro vai prestar testemunho no caso pessoalmente ou por escrito — até o momento só houve o voto de Celso de Mello. Após a finalização das apurações, vai caber à Procuradoria-Geral da República decidir se ddelatao presidente, arquiva o caso ou pede novas diligências.

Faz 3 anos, quando faleceu o ministro Teori Zavascki, que cuidava de os processos de a Operação Lava-Jato, houve sorteio e Edson Fachin se tornou o novo relator, em 2017. A vaga aberta na Corte viria a ser ocupada por Alexandre de Moraes, que ficou com a maior parte dos processos de Teori, mas não com a Lava-JatoO sorteio pelo sistema eletrônico da Corte será feito já nesta terça-feira.Com isso, o caso, que era relatado pelo ministro Celso de Mello, que se aposentou na semana passada, não vai ficar com o Kássio Marques, mencionado por Bolsonaro para trocar Celso. Fux, que é presidente do STF, vai ficar de fora do sorteio. Assim, um dos outros nove ministros da Corte vai ser o relator

Na terça-feira 13 de outubro a defesa do ex-ministro da Justiça Sergio Moro pediu ao presidente do Supremo Tribunal Federal Luiz Fux para redistribuir a investigação sobre supostas interferências de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, por causa da aposentadoria do relator, o ministro Celso de Mello.

Luiz Fux é um jurista, professor universitário e juiz brasileiro, atual ministro e presidente do Supremo Tribunal Federal.

Jair Messias Bolsonaro é um capitão reformado, político e atual presidente brasileiro.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Pakistan

Cities: Moro

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Fux redistribui investigação de Bolsonaro sobre interferência na PF
>>>>>Fux determina sorteio para escolher novo relator de inquérito contra Bolsonaro – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Luiz Fux 0 0 PERSON 8 Luiz_Fux: 1, ministro Luiz_Fux (apposition: o presidente de a corte): 1, (tacit) ele/ela (referent: ministro Luiz_Fux): 2, Luiz_Fux (apposition: O presidente de o Supremo_Tribunal_Federal): 1, Fux: 3
2 Jair Bolsonaro 0 3 PERSON 6 Bolsonaro: 4, o presidente Jair_Bolsonaro: 2
3 inquérito 80 0 NONE 4 um inquérito: 3, O inquérito: 1
4 Celso de Mello 0 0 PERSON 3 o ministro Celso_de_Mello: 3
5 caso 0 0 NONE 3 o caso: 3
6 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
7 vaga 80 0 NONE 2 A vaga aberta: 1, a vaga: 1
8 final 50 0 NONE 2 sua reta final: 1, final: 1
9 Nunes 0 0 PERSON 2 Nunes: 1, (tacit) ele/ela (referent: Nunes): 1
10 a redistribuição de a relatoria de o inquérito 0 0 NONE 2 a redistribuição de a relatoria de o inquérito: 2