Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Logótipo

O sábado nublado não ofuscou o deleite do entregador de roupas Wiliiam Souza. O rapaz de 19 anos, após três dias preocupantes, pode abraçar o labrador Flock após seu desaparecimento. O labrador Flock é seu cachorro. O reencontro ocorreu no Quadrado da Urca, parada de embarcações, por ter sido um pescador a encontrar o cão, que estava no oceano, perto das Ilhas Cagárras.

– Fiquei super emocionada por terem encontrado Flock e por ter auxiliado de alguma maneira. Tinha um labrador igual a ele, Bart, que faleceu no ano passado e me deixou bastante triste. Me coloquei na pele do proprietário.

Flock foi um navegador web, que usou os motores WebKit e Gecko.

– Desde o momento em que entrei na embarcação, assoviei e ele já foi erguendo a orelha e balançando o rabo, meu coração disparou. Flock veio na minha direção, mordeu a coleira que estava na minha mão, mencionando que desejava que eu a colocasse nele. Fiquei muito emocionado – contou William, habitante da comunidade Cerró Corá, no Cosme Velho.

O rapaz estava acompanhado da namorada, amigos e familiares. Todos fizeram a maior celebração ao verem o cão. William agradeceu aos pescadores, que deram comida e água para Flock, que entrou no oceano e foi salvado – relatou o proprietário do cachorro, que acredita que o animal tenha escapado de casa para segui-lo: – Acho que ele foi pela faro me seguindo. – O pescador declarou que ficou impressionado com o quanto ele nadou. Foi de Copacabana até as Cagárras. Foi lá que o pescador escutou o latido. Eu trabalho em Botafogo, em uma lavanderia, e se o viu lá. Mas acho que ficou desnorteado com barulho, aglomeração, porque ele não é de rua, fica mesmo em casa. E acabou indo para Copacabana. Por algum motivo que não sei, ele entrou no oceano.

Copacabana é um bairro situado na Zona Sul do município do Rio de Janeiro, no Brasil.

– Se o constatou que está bem, somente cansado. E que perdeu peso esses dias. Mas, agora, estamos todos juntos, ele vai recuperar o que perdeu – declarou o entregador, que viu a vida volta a lhe sorrir: – Eu não tinha mais vontade nem de trabalhar. Mas tinha que, aos trancos e barrancos, seguir em frente. Agora, está tudo bem, o final não poderia ter sido mais contente.

Na sua vez, sonia, então, fez uma fotografia e mandou para amigas protetoras dos animais, que a postaram no Facebook. O mesmo fez William. Ambos os posts viralizaram e permitiram o final contente agendado para esta tarde.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Labrador salvado em alto-mar tem reencontro emocionante com seu proprietário
>>>>>Cachorro perdido é encontrado em alto-mar por pescador e será devolvido ao dono – November 07, 2020 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 60 75 NONE 15 (tacit) eu: 12, Me: 1, Eu: 1, me: 1
2 William 60 0 PERSON 12 ele (referent: William): 2, William: 2, o (referent: William): 1, William (apposition: morador de a comunidade Cerró_Corá): 1, (tacit) ele (referent: William): 1, (tacit) ele/ela (referent: William): 5
3 Flock 1 0 PERSON 10 ele (referent: Flock): 1, encontrado Flock: 1, (tacit) ele/ela (referent: Flock): 3, Flock: 4, o labrador Flock (apposition: seu cachorro): 1
4 Copacabana 0 0 PERSON 6 Copacabana: 3, (tacit) ele (referent: Copacabana): 1, ele (referent: Copacabana): 2
5 mar 0 0 NONE 3 o mar: 3
6 entregador 0 160 NONE 2 o entregador: 2
7 final 180 0 NONE 2 final feliz agendado: 1, final: 1
8 casa 0 0 NONE 2 casa: 2
9 coleira 0 0 NONE 2 a coleira: 2
10 cão 0 0 NONE 2 o cão: 2