Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scale of justice gold

Passado o primeiro turno da votação municipal, ao menos 766 candidatos eleitos vão enfrentar outra disputa até a data de diplomação: a de confirmar na Justiça Eleitoral a regularidade do seu registro de candidatura. Quando há alguma espécie de pendência judicial que pode modificar o resultado do pleito, em todo o país, 305 prefeitos, 98 vice-prefeitos e 363 vereadores foram eleitos sub judice — — e, agora, dependem de um parecer favorável dos tribunais.

A bancada ainda pode, porém, conquistar prefeituras no segundo turno, já que estão na disputa nomes como Delegado Eguchi , em Belém; Delegado Pazolini , em Vitória; e Capitão Wagner , em Fortaleza.Faz 4 anos, o número de agentes de segurança que registraram candidatura para um de as posições de prefeito e vereador por o país aumentou %29 em as capitais desde a última votação municipal. Apesar do ampliação, somente 3% dos policias militares, civis, bombeiros e militares candidatos neste pleito foram eleitos até aqui. Levantamento do GLOBO em dados do Tribunal Superior Eleitoral mostra que dos 818 candidatos que disseram pertencer a essas categorias, foram 24 vitoriosos: 20 vereadores e quatro vice-prefeitos.

Na sexta-feira 06 de novembro – A crise começada com o apagão de energia que atinge 89% da população do Amapá gerou incerteza sobre a viabilidade das votações municipais no estado calculadas para a próxima semana. Ao menos três dos quatro candidatos a prefeito de Macapá mais bem posicionados nas pesquisas defenderam ao GLOBO que o primeiro turno seja protelado nas cidades que estavam sem abastecimento de energia. A avaliação era a de que há incerteza sobre quando o problema vai ser efetivamente resolvido e não é possível continuar com as atividades de campanha até o dia 15 de novembro. O desabastecimento iniciou da última terça-feira após um incêndio em uma subestação de energia localizada na Zona Norte da capital. Faltando nove dias para o primeiro turno do pleito, a última previsão do Ministério de Minas e Energia era que a energia seja estabelecida em todo o estado em até 10 dias. Leia: Hacker pediu pagamento de resgate em invasão aos sistemas do governo do DF, alegava secretário Antes do apagão, que já durava três dias, o estado registrava ampliação do número de casos e mortes por Covid-19. Npassada, a prefeitura de Macapá proibiu atividades de campanha nas ruas, com o objetivo de evitar aglomerações, e vetou a circulação de habitantes após as 21h. Parte dos candidatos já havia defendido o deferimento das votações por conta da explosão de casos de Covid-19. Entre os candidatos a prefeito da capital, defendiam o deferimento das votações o ex-governador João Capiberibe , conhecido como Capi, que liderava as intenções de voto segundo as últimas pesquisas, Patrícia Ferraz e Dr Furlan . O GLOBO não conseguiu contato com a campanha de Josiel Alcolumbre, que era irmão do presidente do Senado, Davi Alcolumbre , e tem o suporte do atual prefeito do capital, Clécio Luis , e do governador, Waldez Goes . Josiel estava empatado com Ferraz e Furlan em segundo lugar, segundo o Ibope. Procurado para comentar a chance de o pleito ser protelado, o Tribunal Superior Eleitoral alegou que qualquer providência que o TSE possa vir a tomar a respeito da crise energética no Amapá aconteceria a partir de solicitação a ser feita por parte do Tribunal Regional Eleitoral do estado. Se protelou a votação de este ano já em todo o país este ano de outubro para novembro em razão de a pandemia. Para fazer a mudança na data, foi preciso aprovar uma Proposta de Emenda Constitucional no Congresso. Capiberibe alegava que a situação era caótica e que as autoridades do estado e federais têm falhado na condução da crise: — A votação não tem como ocorrer. O governo tem obstáculo de aliviar a agonia das pessoas e não se tem informação de quando teríamos uma solução. Nenhuma autoridade vinha a público. estávamo mergulhado nas mais profundas trevas. A situação era dramática. As pessoas não conseguiam dormir com o calor, os alimentos estavam escassos. As pessoas também não têm dinheiro, porque os cartões, assim como os celulares, não funcionavam. As filas nos postos estavam infindáveis, inclusive com aglomerações. As pessoas estavam se sentindo abandonadas. Faz 6 dias, Dr. Furlan defendia que a votação seja data calculada para o segundo turno. — Esse mês nós tivemos uma ampliação brutal do número de casos de Covid. A campanha já estava sendo afetada pelos decretos da prefeitura proibindo manifestações políticas. As pessoas estavam com obstáculo de ter água e gelo, os comerciantes estavam perdendo totalmente suas mercadorias — pontuava o candidato. Por meio de sua assessoria, a candidata Patrícia Ferraz realçou que o deferimento das votações » seria a medida mais coerente e necessária no momento» e que «a segurança dos cidadãos vinha em primeiro». Também sublinhou que a ampliação de casos de coronavírus impossibilitava a execução do pleito. Nas redes sociais, a candidata também tem feito críticas ao governo do estado. votações

O Decreto instituiu A Justiça Eleitoral do Brasil n.

São três espécies de casos: aqueles em que deferiu-se a candidatura, mas o Ministério Público Eleitoral recorreu; os que tiveram registro indeferido na primeira instância eleitoral, mas o próprio candidato entrou com recurso; ou ainda aqueles em que a Justiça Eleitoral não analisou a situação da candidatura até agora. O GLOBO ergueu em a última sexta-feira os dados a partir das estatísticas de o Tribunal Superior Eleitoral. Os números podem mudar à medida que ose analisam os registros.

O Ministério Público Eleitoral não tem estrutura própria: Membros compõem ele de o Ministério Público Federal e de o Ministério Público Estadual.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mais de 700 candidatos eleitos têm pendências para resolver com a Justiça
>>>>>Eleições 2020: Bancada da segurança só elege 3% dos candidatos – November 18, 2020 (EntretenimientoBit)
>>>>>>>>>Mais de 15 mil candidatos vão às urnas domingo com pendências na Justiça eleitoral – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 6 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
2 candidatos 0 0 NONE 5 os 818 candidatos: 2, os candidatos: 1, os quatro candidatos: 1, 766 candidatos eleitos: 1
3 pessoas 0 40 NONE 4 As pessoas: 4
4 eleição 0 0 NONE 4 A eleição: 2, a última eleição municipal: 1, a eleição: 1
5 nós 0 50 NONE 3 nós: 1, (tacit) nós: 2
6 GLOBO 0 15 ORGANIZATION 3 o GLOBO: 2, O GLOBO: 1
7 Patrícia Ferraz 60 0 PERSON 3 Ferraz: 1, (tacit) ele/ela (referent: a candidata Patrícia_Ferraz): 1, a candidata Patrícia_Ferraz: 1
8 o adiamento de as eleições 50 0 NONE 3 o adiamento de as eleições: 3
9 Ministério Público Eleitoral 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele (referent: O Ministério_Público_Eleitoral): 1, O Ministério_Público_Eleitoral: 1, o Ministério_Público_Eleitoral: 1
10 aqueles 0 0 NONE 3 aqueles: 3